LMS

Como Mudar de LMS

Como migrar de ou para LMS?

Passo a passo para aderir ao Learning Management System ou trocar de plataforma

 

LMS é a sigla em inglês para Learning Management System (Sistema de Gestão da Aprendizagem), que nada mais é que um software ou plataforma online próprio para criar, armazenar e disponibilizar cursos de e-learning para vasto público.

Quem já usa uma plataforma LMS pode migrar para outra que traga mais vantagens tanto para a sua escola quanto para os seus alunos. Já quem ainda atua com aulas presenciais pode migrar seus cursos para uma plataforma LMS e aderir a Educação à Distância (EAD).

Se você pretende se engajar em qualquer uma das duas opções citadas no parágrafo anterior, tente seguir estes 5 passos para obter sucesso:

  1. Briefing: o briefing é um documento escrito no qual você identificará os problemas que o levam a querer migrar de ou para LMS, os seus objetivos com a nova plataforma, a estrutura e os recursos necessários para a mudança. Essas informações lhe mostrarão se a migração é ou não viável;
  2. Raf: se a operação de troca for viável, o próximo passo é a construção de um raf ou rascunho da nova plataforma, com todos os cursos e recursos necessários para que ela funcione. É nesta fase que você deverá desenvolver um layout e definir a usabilidade das ferramentas que serão usadas pelos estudantes;
  3. Desenvolvimento: uma vez que o raf tenha sido aprovado, inicia-se a produção efetiva da plataforma LMS e a inserção dos cursos conforme o planejado. Esta é, sem dúvida, a parte mais demorada do processo;
  4. Implantação: trata-se do lançamento dos cursos online para que o público possa acessá-los. É a inauguração da interface online da plataforma de cursos de e-learning;
  5. Manutenção: este passo compreende a visualização das estatísticas de acesso dos cursos com a finalidade de produzir melhorias em aspectos como conteúdo, acessibilidade, usabilidade, agilidade e outros itens. A manutenção ideal é aquela que é feita periodicamente.

Caso você ache que obter o know-how para fazer esta mudança sozinho seja muito custoso e difícil, lembre-se que poderá contratar um consultor para auxiliá-lo em todo o processo de migração.

Categorias