Holerite: o que é e como fazer

Esse documento, que alguns chamam de holerite, outros de contracheque, é um dos mais importantes de contratações, tanto para a empresa quanto para o colaborador. Ele é obrigatório e deve ser entregue aos funcionários todos os meses.

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância do holerite ou quer aprender como fazer essa documentação, esse post foi feito para você.

 

holerite

 

O que é holerite?

O holerite é um documento que comprova o pagamento mensal ao colaborador pelos serviços prestados, conforme contrato de trabalho.

É nele que estão descritos com detalhes quais são, as porcentagens e os valores de todos os recebimentos e deduções. Atrelado à folha de pagamento, o holerite deve conter também os dados da empresa contratante. Além dos dados do funcionário e dados referentes ao recebimento mensal.

Veja também – Danfe: o que é e como funciona

Qual a importância do holerite?

O contracheque é de extrema importância para o controle dos recebimento, tanto para a empresa, como para os funcionários.

Para o colaborador, ele garante segurança completa do que recebe, do que é descontado e dos porquês de todos esses valores. Além disso, esse documento serve para comprovação de renda em muitas situações. Como a abertura de contas bancárias, financiamentos, empréstimos, para fins de imposto de renda etc.

Para a empresa, é um respaldo de que a mesma está cumprindo todas as suas obrigações como contratante. Também uma forma de fazer um controle individual e ter o histórico do que está sendo pago para cada colaborador.

Aprenda a fazer 

Para fazer um holerite, recomenda-se usar a folha de pagamento como base, para não ter nenhum erro com os dados e valores. Recomenda-se usar um sistema de suporte para gerar o documento.

O holerite precisa ter as informações cadastrais da empresa contratante e do funcionário em questão. Tais como nome, endereço, número e série da carteira de trabalho, cargo e natureza da função.

Leia também – Balanço Patrimonial: entenda o que é e sua função nas empresas

Além disso, devem estar indicados os recebimentos, com o valor bruto do salário de registro em carteira, a quantidade de dias trabalhados e faltas horas extras, adicionais noturnos e adiantamento (se houver). Nas deduções, devem constar as informações de desconto de Imposto de Renda, contribuição do INSS, contribuição sindical, convênio médico, porcentagem de vale-alimentação, vale-transporte e outros benefícios.

Normalmente os cálculos são todos feitos automaticamente pelo sistema de suporte.

Depois de incluir todos os dados, o holerite deve ser gerado e impresso em duas vias. A entrega pode ser pessoalmente, enviado por correio ou por sistema. O uso do holerite online é uma opção interessante para empresas com um grande número de funcionários.

 

Não deixe de fazer o holerite para ter as informações em histórico, controle de pagamento para a empresa, controle de recebimento para o colaborador.


Categorias