Sway

Sway: crie apresentações incríveis para seu curso EAD

Sway é uma das ferramentas mais utilizadas entre pessoas que buscam serviços de storytelling, ou apresentações. Lançada há cerca de dois anos pela Microsoft, ela integra o pacote Office. Porém, não é uma nova versão do PowerPoint, apesar de ter proposta similar. O Sway serve mais como uma alternativa a ele do que como um concorrente.

Uma de suas grandes vantagens é sua capacidade de ser portátil, de estar em smartphones e tablets, por exemplo. Foi desenvolvido pela gigante americana seguindo sua nova orientação: cloud first, mobile first. Ou seja, a meta é atender à crescente demanda por mobilidade e portabilidade de informações e conteúdos.

Então o Sway é um PowerPoint para a internet?

Segundo a Microsoft, o objetivo do Sway é transmitir conceitos de forma rápida, fácil e clara. Ao contrário do PowerPoint, é principalmente para apresentar ideias na tela ao invés de para uma audiência. Tutoriais, apresentações de tópicos e relatórios interativos, são o tipo de soluções que ele entrega. Suas apresentações são suportadas na nuvem e podem ser facilmente compartilhadas ou incorporadas em sites.

A interface do Sway é baseada em um enredo, em que os usuários adicionam uma série de cartões, ou slides. Esses cartões são preenchidos com conteúdo, com diferentes cartões para diferentes tipos de conteúdo. Podem também ser agrupados em seções. A informação destinada a ser a narrativa do usuário pode ser facilmente adicionada, removida, editada ou reordenada. Essa flexibilidade permite que as histórias criadas no Sway sejam mais fluidas que as apresentações de PowerPoint.

Outra vantagem deste software é que ele não depende de uma instalação para funcionar em desktops ou laptops. Apesar de existir o aplicativo para diferentes sistemas operacionais, o Sway é funcional em seu site na internet.

Sway

Automaticidade

Outra grande característica do Sway é sua capacidade de ser automático. Para alguns, tal característica pode parecer uma restrição, mas na verdade é uma forma de facilitar a tarefa. Um tema geral de um Sway pode ser selecionado pelo usuário e alguns ajustes adicionais podem ser feitos. Porém, o mecanismo de design incorporado escolhe como o seu cartão se parecerá. Em outras palavras, os usuários têm pouco controle sobre a formatação de elementos individuais. Ao minimizar a quantidade  de ajustes, o aplicativo é mantido simples e otimizado para criar apresentações rapidamente. O algoritmo por trás do design do Sway faz as apresentações parecerem coerentes e otimiza o design para visualização em diferentes dispositivos.

Criação de conteúdo

Ao contrário do PowerPoint, não há opção para criar conteúdo no próprio Sway. Toda mídia que precisar ser incorporada tem que ser carregada no programa. Os conteúdos podem ser carregados diretamente de uma variedade de fontes. Isso ajuda a simplificar o processo de criação, e minimiza o tempo gasto na produção. As fontes incluem YouTubeFacebook Flickr, por exemplo, além de outras plataformas, como o próprio Office (WordExcelPowerPoint), e outros programas.

Isso significa que uma apresentação do Sway pode ser esboçada no Word, ou uma apresentação em PowerPoint pode ser convertida em uma história do Sway, com cabeçalhos, textos e mídia automaticamente divididos em cartas e seções. O Sway também pode ser compartilhados para coautoria e colaboração.

Veja também: como criar curso online: 5 dicas para você criar o seu.

Formas de apresentação

O usuário escolhe  se o Sway deve ser visualizado como rolagem vertical, horizontal ou em um modo de apresentação. Isso fornece flexibilidade em como a apresentação será feita, como será incorporada em um site ou como a ferramenta de apresentação será demonstrada.

Uma vez que um Sway é concluído, é possível reproduzi-lo no modo de visualização desejado e compartilhá-lo. As apresentações podem ser divididas através da galeria pública do Google Docs, por exemplo, via mídias sociais, como um link, ou como uma peça de mídia incorporável.

Um dos principais atrativos atuais do Sway é a sua capacidade de ser incorporado a outras plataformas. Por exemplo, produtores de conteúdo para plataformas de ensino a distância, como a Eadbox, tem se beneficiado das facilidades da ferramenta para ampliar sua interatividade e o dinamismo de suas aulas.

Como usar o Sway em plataformas de ensino a distância

Professores, ou tutores, podem criar planos de aula usando o Sway com todos os recursos organizados relacionados à lição. Os recursos on-line são criados na nuvem, como notas, apresentações, mídias, entre outros. Tais aspectos podem então ser adicionados e removidos do plano, fornecendo links para recursos externos, referências e aprofundamentos.

Então, o professor pode compartilhar essas lições dentro de suas aulas. Tal princípio está diretamente ligado à metodologia empregada pelo ensino a distância. Um treinamento feito na plataforma Eadbox segue tais princípios de composição e compartilhamento de conteúdos. Apesar de ter, em grande parte, uma série de conteúdos que são continuamente reproduzidos, o ensino a distância permite flexibilizar a propagação de informações através de ferramentas incorporadas nas aulas.

E o Sway é uma delas, já que pode ser facilmente manipulado por produtores de conteúdo. Outra característica que trás o Sway para dentro da plataforma Eadbox é sua fácil incorporação. Com um código de inserção, disponibilizado na própria ferramenta, é possível colocar a história criada dentro da plataforma.

Para inserir na plataforma Eadbox é bem simples, veja:

sway-ensino-a-distancia

E tal combinação de funcionalidades é sinérgica com o ensino a distância e sua utilização. O desenvolvimento da tecnologia e a propagação da internet têm levado as ferramentas a serem cada vez mais portáteis. Hoje, é possível ter aula à distância em qualquer dispositivo que tenha acesso a internet, como tablets smartphones. Da mesma forma, o Sway é uma ferramenta criada visando tal mobilidade. Portanto, tal união é uma forma de facilitar o acesso do aluno ao conteúdo disponibilizado da maneira mais portátil possível.

O Sway na plataforma Eadbox

Pelas características apresentadas do Sway, e pelas peculiaridades do sistema de ensino a distância, é possível correlacionar as duas coisas. A tendência do ead está em sua portabilidade, já que é uma forma de ensino que desde seu princípio valoriza a flexibilidade. O grande desafio do uso das plataformas está em como aliar a demanda por conhecimento com a portabilidade  crescente sem perder a eficácia. E neste âmbito o Sway tem se mostrado efetivo na tarefa. Consegue juntar portabilidade, simplicidade, facilidade, clareza, interatividade, o que ajuda a prender a atenção do aluno.

Experimente usar o Sway com seus alunos e conte para a gente como foi!

CTA Trial

trial


Categorias