Como criar um curso online

Como criar um curso online

O mercado de curso online não para de crescer no Brasil. Desde a população da internet banda larga, a curva de crescimento desta modalidade de ensino é vertical. Mas não são apenas as grandes instituições de ensino que estão se aproveitando deste mercado. Existe uma brecha muito grande para produtores de conteúdo.


Se você está interessado em desenvolver a sua própria vídeo aula para começar a viver disso, ou até mesmo utilizar como um complemento de renda, mas está pensando se vale a pena ou não começar neste negócio pois teria que investir muito dinheiro, vamos te convencer neste texto de que você não precisa de muito investimento financeiro para começar. A maior parte de investimento será do seu tempo. Neste texto vamos te mostrar como montar o seu primeiro curso online. Papel e caneta na mão? Então vamos lá!


trabalhando


Por onde eu começo meu curso online?


A primeira coisa que você precisa fazer é definir um tema. Qual assunto que você tem domínio suficiente para que as pessoas sejam interessadas em ouvir você falar sobre? Esta é a primeira questão. A dica aqui é escolher um tema que você seja apaixonado. Já notou que quando falamos sobre algo que gostamos nós estamos sempre empolgados? Pois é essa empolgação que ajuda a manter o seu aluno ligado o tempo todo na sua vídeo aula.


Agora que você escolheu o tema, você precisa identificar quem é o seu público alvo. Quantos anos ele tem, qual é a classe social, região do país que mora. Vamos combinar que esta parte é bem chata, mas invista o tempo necessário, pois ela é extremamente importante para que o seu curso online seja um sucesso. Uma forma de fazer isso é através da criação de personas, que nada mais são do que representações de um público específico. Clique no link abaixo e acessa a ferramenta Eadbox Aluno Ideal e crie agora as suas personas.


Como criar meu curso online?


Você não precisa ser um professor para montar o seu próprio curso online, mas existem alguns truques que vão fazer com que a sua vídeo aula tenha uma boa execução e fique fácil seu aluno compreender. O seu aluno possui um objetivo claro, que você identificou quando criou o seu público alvo. Por exemplo, quem compra um curso online de violão para iniciantes quer aprender a tocar violão.


A primeira coisa que você precisa fazer é estruturar as suas aulas em tópicos, de modo com que todos eles, quando somados, façam com que o seu aluno conclua o objetivo. Após dividir em tópicos, separe-os na maior quantidade de tópicos possível, mas lembre-se que cada um destes tópicos deve ter uma lição para que o seu aluno complete o objetivo pelo qual ele comprou o curso. Um curso online não precisa ser grande, mas sim efetivo. Ficar horas falando sem transmitir conhecimento não vai fazer o seu curso melhor.


Preparando o lançamento do seu curso


Agora que você já possui a temática e as aulas preparadas, as pessoas precisam saber que o seu curso existe. A maneira mais eficaz de fazer isso é através do marketing de conteúdo. Através dele, você desenvolve uma quantidade de conteúdo que atrai os seus prospects (futuros alunos) para dentro do seu site. Sua missão é despertar o interesse e a necessidade do visitante do seu site a querer consumir o seu conteúdo, então você apresenta para ele o seu curso online.


Estratégias de funil de vendas e compreender como funcionam as principais redes sociais, como Twitter, Instagram, YouTube e Facebook são importantes para que você compreenda como que funcionam as estratégias de marketing de conteúdo para atrair os seus primeiros clientes. Também vale dar uma olhada em como funciona o Google AdWords e o Facebook Ads.


Luz, câmera e ação


Agora é a hora para se preparar para gravar as suas vídeo aulas. Você vai perceber que ter dividido o seu conteúdo em tópicos e sub tópicos vai ajudar você a manter um bom ritmo durante a gravação. Você grava um sub tópico, para, respira, toma uma água e a gravação vai ficando cada vez mais natural, além do fato de você não correr o risco de se perder durante a gravação.


Câmera


Falando em gravação, você não precisa investir dinheiro com uma câmera de última geração. Os próprios smartphones de hoje fazem gravações em alta definição. Se você for investir em algo, invista em um microfone lapela para celular, que custa entre R$100,00 e R$150,00. Entretanto, se você conseguir fazer as suas gravações em um local que não tenha barulhos ou ruídos, com pessoas conversando e carros passando, o próprio celular será capaz de fazer a captação de áudio e vídeo.


Veja também: Montando um estúdio de gravação com seu orçamento


Importante! Faça testes antes de começar a gravar “para valer”. Grave e vá para o software de edição e tente corrigir o áudio e o vídeo. Analise como pode melhorar e só então comece a gravar. Gravar em pequenos blocos e verificar a gravação também é uma boa estratégia para evitar o desapontamento. Imagine que você gravou toda a sua vídeo aula e, no fim, percebe que o enquadramento não ficou bom, ou que tinha algo tampando a lente?


A plataforma ideal para o seu curso online


Por último, mas não menos importante, para que você consiga vender as suas vídeo aulas você precisa de uma plataforma ead. É lá que o seu curso online vai estar hospedado e onde os seus alunos vão conseguir acessar as suas aulas. Além de um painel intuitivo para seu aluno e uma ferramenta completa para os produtores de conteúdo, a plataforma é integrada com diversas opções de pagamentos para os seus clientes. Ficou curioso sobre a plataforma e como ela pode beneficiar o seu negócio? Clique no link abaixo e conheça nossa academia com uma grande variedade de cursos que irão orientar você na criação de cursos online, como lucrar com eles e te ajudar a conhecer um pouco mais sobre a plataforma EadBox.


CTA Academia 1

Conhecer Academia Eadbox


Categorias