Conheça o que é um LMS (Learning Management System) e seus benefícios

LMS

Durante a última década, foram desenvolvidos softwares poderosos para o gerenciamento de bancos de dados complexos, para serem utilizados em conjunto com frameworks digitais, gerenciamento de currículos, materiais para treinamento e ferramentas de avaliação. Esta tecnologia é conhecida como um Learning Management System (LMS).

Uma indústria de quase um bilhão de dólares, produtos e softwares LMS permitem que as organizações desenvolvam cursos eletrônicos inteligentes e que possam entregá-los com alcance e flexibilidade incomparáveis. O LMS oferece aos usuários a capacidade de gerir o seu uso continuado ao longo do tempo. Um LMS oferece um equilíbrio incrível entre funcionalidade e facilidade de uso. Ele fornece uma interface fácil, simples, mas moderna.

O LMS tornou-se uma ferramenta poderosa para as empresas que se especializam em recursos humanos e formação, escolas de extensão e qualquer organização, que procura obter uma melhor compreensão sobre a educação continuada de sua força de trabalho e de consultoria. O seu impacto foi sentido principalmente fora das instituições de ensino tradicionais, embora as mesmas forças tecnológicas e de mercado estejam mudando drasticamente, também, em salas de aula.

Abaixo está uma rápida avaliação de alguns dos aspectos comuns da indústria do LMS, alguns de seus pontos fortes e limitações, e uma espiada no que o futuro reserva.

Componentes de um LMS

Não existe uma definição padrão da indústria ou norma publicada que defina os componentes de um LMS, mas várias características são comuns:

  • Criação de listas de classe, controle sobre os processos de registro, bem como a capacidade de criar listas de espera.
  • Upload e gerenciamento de documentos com o conteúdo curricular.
  • Entrega de conteúdo do curso através de interfaces baseadas na web, permitindo, na maioria das vezes, a participação remota do instrutor ou aluno.
  • Criação e publicação de calendários de cursos.
  • A interação entre os alunos, através de mensagens instantâneas, e-mail e fóruns de discussão.
  • Métodos de avaliação e testes (como a criação de quizzes pop).
  • Sistema de gestão da formação completa com relatórios de fácil compreensão e utilização.
  • Sistemas LMS usados ​​em ambientes de treinamento corporativo muitas vezes têm recursos adicionais, que satisfazem os objetivos relacionados com a gestão do conhecimento e avaliação de desempenho, tais como:
  • inscrição automática e lembretes para cursos obrigatórios;
  • opções para acesso de gerente, como aprovar materiais ou participação;
  • integração com os sistemas de recursos humanos, para a elegibilidade a cargos, acompanhamento, metas de desempenho e prioridades corporativas similares;
  • controle sobre o acesso e agrupamentos de classes, de acordo com um critério estabelecido, como a geografia, a participação em um projeto particular ou níveis de habilitação de segurança.

Vantagens de um LMS

Como várias inovações de tecnologia da informação nas últimas décadas, o Learning Management System é capaz de adicionar um nível de eficiência para sistemas de aprendizagem de uma organização, com uma série de outros benefícios, como:

  • Fácil adaptação e reutilização de materiais ao longo do tempo;
  • Mais opções para criadores de cursos online, como: formatos de conteúdo, design instrucional e técnicas para a avaliação.
  • Criação de escala de economia, que torna o desenvolvimento e manutenção do conteúdo menos onerosos para as empresas, uma vez que dependem de terceiros;
  • Melhorias no desenvolvimento profissional e avaliação, permitindo às empresas obter mais valor de recursos humanos, capacitando indivíduos com ferramentas adicionais para o autoaperfeiçoamento.

O futuro do LMS

Embora ainda numa fase relativamente incipiente, o LMS continua a evoluir e adaptar-se a novos desafios de aprendizagem e capacidades tecnológicas, incluindo:

Novos usos para o conteúdo de e-learning, que vão desde as artes até comunicações de marketing;
Ambientes de aprendizado mais intuitivos e fáceis de usar;
Acessos aos cursos por meio de dispositivos móveis como smartphones e tablets
Maior integração entre plataformas de software de colaboração, como Google Apps e Microsoft Outlook;
Maior integração com softwares de gestão, como ERP e CRM;
Migração de armazenamento de dados, para métodos baseados em rede, vulgarmente conhecido como “a nuvem”;
Uma maior integração com sistemas de software de gestão de talentos;
As tendências atuais em tecnologia e negócios estão favorecendo o aumento de aplicações de colaboração baseadas na web, design orientado ao usuário e outros recursos que muitas vezes são agrupados sob o termo “Web 2.0”. Invertendo ainda mais as formas tradicionais de interação entre professores e alunos, e permitindo que uma grande quantidade de conteúdo a ser criado e gerido mais facilmente, o futuro do LMS parece ser um processo dinâmico.