herospark-midi-banner-venda-seu-produto-digital

Saber o que é CTA, ou Call to Action, pode fazer a diferença no sucesso da sua estratégia de marketing digital. Elas são chamadas que convidam seu público-alvo a tomar alguma ação e a avançar no funil de vendas.

O CTA pode indicar a comprar, assinar a um serviço, responder a uma enquete, seguir nas redes sociais, entre outras possibilidades.

Eles estão em quase todo lugar na internet, então é provável que os seus concorrentes também façam. Por isso, é preciso ser atraente e persuasivo nesses convites. Neste post, vamos tirar suas dúvidas sobre o que é CTA e sobre como fazer da melhor maneira. Boa leitura!

O que é CTA

A tradução literal de CTA é chamada para ação. E é justamente o que ele faz: incentiva o leitor a fazer algo.

Sabe quando você acessa um site e vê algum botão escrito “Comece agora” logo depois da apresentação de um produto? É um CTA.

Ou então quando o último parágrafo de um texto é um convite para seguir o autor nas redes sociais? Também é uma chamada para ação. 

Esses são alguns dos exemplos mais comuns. Todos oferecem alguma proposta de valor ao visitante.

Elas guiam o leitor pelo que ele deve fazer para continuar a experiência com a empresa. Por exemplo, consumindo o conteúdo, recebendo materiais exclusivos ou se tornando cliente. 

Motivos para usar CTA

A principal razão é que bons CTAs melhoram a conversão do seu site ou produto. Ou seja, elas podem aumentar o faturamento da empresa.

Imagine que você está escrevendo um blog post sobre como preparar um curso online e tem um e-book completo sobre o assunto. Você sabe que os seus visitantes vão gostar, então você quer compartilhar com eles. Para isso, pode fazer o seguinte:

  • Esperar que ele procure o e-book no seu site.
  • Pode colocar o arquivo como hiperlink no meio do texto.
  • Pode escrever um parágrafo explicando porque vale a pena baixar o e-book.
  • Pode incluir um popup ou banner com o link para baixar.

As duas primeiras ações vão ter pouco resultado. Concorda? Afinal, quanto mais você mostra o produto, maiores são as chances de alguém clicar nele. 

Seguindo essa linha, você também pode incluir CTAs no e-book para direcionar o cliente a entrar em contato com um consultor ou a conhecer algum plano específico. 

As possibilidades são várias, mas o importante é transmitir clareza com clareza a sua proposta de valor. 

O que é CTA dentro do funil de vendas

Sendo bem sucinto na explicação: seu público-alvo passa por um funil antes de comprar com você. Muitos estão no topo do funil de vendas, mas são poucos que chegam ao final e viram clientes.

Seus times de vendas e marketing devem fazer todo o possível para que a maioria dos clientes atravesse todo o processo. Os CTAs são uma das formas de guiar o cliente a tomar alguma ação positiva em relação à sua empresa.

Interação com o público

A chamada de ação também é um bom modo de divulgar o seu conteúdo, principalmente nas redes sociais. 

Por exemplo, se você quiser divulgar um produto nos stories da sua empresa no Instagram, precisa usar uma CTA para apresentar a oferta ao seu cliente. É o famoso “arrasta pra cima!”. 

Se você tiver menos de 10 mil seguidores, precisa fazer isso nas publicações do perfil. Por isso as frases “confira no link da bio” ou similares são tão comuns nas legendas dos posts.

Isso é especialmente útil para fazer com que alguém interessado no seu segmento de mercado consuma conteúdos de várias plataformas. Pode convidar quem segue o Instagram a entrar no grupo do Telegram, por exemplo.

Como fazer um bom CTA

Agora que já sabe o que é CTA e para que serve, vamos listar um passo a passo simples para você aplicar essa estratégia na comunicação da sua empresa.

Em geral, sempre que produzir conteúdo você precisa ter em mente em qual etapa do funil de vendas o cliente está. Por exemplo:

  • Se o seu cliente está interessado no seu segmento, mas ainda não conhece a sua empresa, ofereça os serviços relevantes para ele.
  • Se ele já conhece a empresa, convide a conversar com um consultor.
  • Se já comprou, convide a dar um feedback.

Com base nisso, você pode definir o objetivo do seu CTA. 

Depois é só usar a persuasão na hora de escrever ou criar o design.

Definindo o objetivo

“O que eu quero que o leitor faça?”

O objetivo da call to action sempre será a resposta para essa pergunta. Para te ajudar, vamos listar alguns exemplos comuns:

  • Visitar outras páginas do seu site;
  • Se inscrever na sua newsletter;
  • Fazer o download de algum material;
  • Conhecer uma landing page;
  • Compartilhar conteúdo em uma rede social;
  • Seguir as suas redes sociais;
  • Assistir a um vídeo;
  • Participar de um evento;
  • Fazer um teste gratuito;
  • Comprar um produto.

Agora, vamos ver na prática:

Se você gostou desse conteúdo, queremos te apresentar uma novidade bem legal: a EADBox agora é HeroSpark! É uma plataforma completa para hospedar e lançar produtos digitais. Conheça alguns recursos gratuitos, como criação de landing page e automação de e-mail.

herospark-bottom-banner-venda-seu-produto-digital

Categorias