Como controlar a ansiedade: veja essas práticas que podem ajudar

ansiedade é um mal que vem atingindo boa parte da população atualmente e está atrapalhando o lado profissional de muita gente. Frequentemente ela é confundida apenas com uma preocupação com o que pode acontecer. Mas nem sempre é só isso.

Estar em estado de ansiedade é, antes de mais nada, uma manifestação de comportamentos físicos com fundo psicológico. Por exemplo, uma pessoa ansiosa pode apresentar taquicardia, suor frio, falta de ar e tensão muscular. É uma resposta física do próprio corpo a um medo iminente, mesmo que ele não exista de fato.

Muitas vezes é difícil encontrar o causador da ansiedade e, em um âmbito geral, nos é ensinado a suprimir esse estado. É comum escutar que é necessário ser forte e resiliente. Contudo, em casos como esse, é importante investigar a fundo a raiz do problema e pensar em como controlar a ansiedade, se ela te atrapalha no dia a dia.

como controlar a ansiedade

Como controlar a ansiedade?

Para nosso corpo funcionar, muitos hormônios são acionados. Com a ansiedade funciona da mesma forma. Quando uma pessoa está se sentindo ansiosa, ela geralmente pode ter dois tipos de respostas: comportamentais (somáticas) e cognitivas.

As respostas somáticas acontecem porque é liberado o hormônio da adrenalina, que faz com que nosso corpo reaja como se estivesse em situação de emergência. É responsável por todos os respondentes comportamentais. Já o cognitivo é dirigido pelo hormônio cortisol, que tem a reação muito parecida com  a adrenalina. Mas como resposta mental, como deturpação no processo de pensamentos.

Para que você consiga superar momentos de ansiedade sem sofrer tanto as consequências, siga as dicas que separamos. É normal se sentir acuado nessas situações, mas é importante lembrar que é passageiro.

Aceite a situação

A mente é capaz de ser extremamente criativa, inclusive durante momentos de ansiedade. Portanto, é necessário entender que passar por isso significa sua mente trabalhando em cima dos seus medos. O primeiro passo é prestar atenção ao seu medo e quais as causas que desencadeiam essas reações.

Por exemplo, “tenho que apresentar uma proposta em uma reunião importante e acredito que meu projeto não irá ser aprovado”. Então comece a pensar o que te leva a imaginar isso e quais as possibilidades de contornar essa situação.

Tenha tempo para si mesmo

Muitas vezes a falta de tempo, causada pela quantidade de obrigações do dia a dia, fazem com que as pessoas tenham menos tempo para cuidar de si mesmas. Isso faz com que a rotina se torne exaustiva e sua qualidade de vida diminua consideravelmente.

Dessa forma, tente organizar seus horários para que sobre um momento para fazer coisas que gosta e que te relaxam. Isso auxilia na melhora da saúde mental e psicológica.

Veja também – Procrastinar: entenda o que é e como evitar essa prática tão comum

Faça exercícios físicos

Não existe um exercício físico ideal, o melhor é aquele que você gosta e se sente bem fazendo. Isso estimula o gasto da energia acumulada que a ansiedade proporciona. Além de que você estará tirando um tempo para si, o que é ótimo.

 

Essas dicas podem ser colocadas no âmbito individual e coletivo, como em equipes de trabalho, por exemplo. Aprender como controlar a ansiedade faz com que a longo prazo as situações fluam melhor.

 

EADSummit

Eadsummit


Categorias