Instrucional

Como Criar Treinamentos Para Novos Colaboradores

Desenhando Treinamentos para Novatos

 

Como Desenhistas Instrucionais ou responsáveis por desenhar treinamentos, frequentemente nos deparamos com a necessidade de ajudar novatos em uma nova habilidade ou conteúdo em uma área particular ou mesmo em uma função com o objetivo de alcançar novos níveis de competência.

Um erro comum é partir de um pressuposto que o novato aprende da mesma forma que o profissional experiente. E, definitivamente eles enxergam o trabalho de forma diferente, e consequentemente irão aprender de forma diferenciada.

E, se a forma de pensar de um iniciante é diferente de um profissional mais experiente, as estratégias de instrução também deverão ser diferentes.

Hoje vamos olhar para o cérebro de um novato. Em breve vou publicar outro post sobre um profissional experiente.

O Novato possui pouca, ou nenhuma referência sobre o conteúdo

Quando uma pessoa não tem experiência em um assunto ou alguma prática específica, ou mesmo que tem uma quantidade limitada de conhecimento, é o mesmo que dizer que a pessoa tem uma rede limitada de referências ou esquemas relacionados com aquela área de conteúdo.

Supondo que conseguimos olhar para dentro do cérebro de um novato, encontraremos um pouco de informação aqui, outra imagem mental lá, mas não uma rede coerente de conhecimento e práticas que provavelmente encontraremos ao procurar no cérebro de um especialista. (que certamente já teve o tempo necessário para formar esta rede)

Por exemplo, um novato em trabalhando em uma atividade de vendas, ou mesmo, em uma atividade mais técnica, como gerenciamento de projetos, ele (ou ela) podem ter uma noção de como fazer um cronograma do projeto, ou fazer a apresentação de um produto uma vez que a maioria dos profissionais de hoje já tiveram que planejar ações em um momento ou outro, ou mesmo atuar já tiveram contatos como novos clientes.

Mas isso não representa uma rede de conhecimento. O conhecimento não está estruturado. Uma característica importante para o Designer Instrucional, quando está trabalhando com produtos para novatos; o novato ainda não construiu uma rede significativa e organizada das estruturas mentais relacionados ao assunto.

 

A Definição do que é Óbvio

Outro ponto importante é a definição do que é óbvio. Para um profissional experiente, muitos detalhes da função ou daquele grupo de conhecimento são irrelevantes, quando na verdade para um iniciante, eles podem ser (e normalmente são) essenciais.

Memória e Recuperação de informações

Quando as estruturas de conhecimento têm lacunas e a informação não está bem estruturada e organizada, a recordação da informação pode ser um pouco mais complexa. Uma das razões que justifica esta dificuldade de recordar as informações é que o novato tem poucos caminhos mentais para guardar e recordar as informações. Novamente, o papel do Designer Instrucional aqui se torna mais relevante em apoiar este processo. Não só fornecendo novas informações e conteúdos, mas apoiando em como o aluno pode organizar o conteúdo.

Modelos mentais

Outra coisa interessante notar como nós olhamos ao redor do cérebro novato é que não existem modelos mentais relacionados ao tema em questão ou podemos ver alguns modelos mentais incompletos ou imprecisos.

Um modelo mental é uma ideia generalizada sobre como algo no mundo funcionam em uma situação, um sistema ou um evento. Com os modelos mentais adequados, uma pessoa pode prever o que provavelmente vai acontecer como resultado de uma ação, o que ajuda na resolução de problemas. Uma especialistas razão são bons solucionadores de problemas é que eles construíram modelos mentais sofisticados em seu domínio.

Pense na primeira vez que você usou um smartphone. Você provavelmente tinha alguma noção, mas um modelo mental ações ainda confuso de como fazer da melhor forma. Então você fez as primeiras ligações. Cadastrou os seus contatos. E começou a construir modelos mentais mais precisos de como utilizar  o aparelho.

Então, depois de um tempo, você trocou por um aparelho novo. E você, não começou do zero,  o seu modelo mental, e principalmente a sua confiança, ajudou você a descobrir como usar de formar até mais rápida que aconteceu no primeiro aparelho.

Uma característica importante dos novatos é que muitas vezes eles têm modelos mentais incompletos, e até mesmo errados sobre alguma área de conteúdo, o que dificulta a sua capacidade de resolver problemas simples. Os especialistas, por outro lado, possuem uma série de recursos e experiências que podem aprimorar com os novos conteúdos.

Para um Designer Instrucional, a visão de quem é o público, e qual a sua experiência é muito importante, pois permite que o programa seja direcionado de forma a apoiar o processo de evolução e aprendizado

 

Categorias