Dicas para engajar alunos em cursos online.

7 Dicas para Engajar Alunos em Cursos Online

Engajar e controlar o nível de evasão dos seus alunos é uma grande preocupação que você deve ter ao administrar cursos online.

Ao projetar um curso online ou misto, deve-se considerar os diferentes tipos de interatividade, como a interação aluno e conteúdo ou a interação instrutores e colegas. Este design do curso é um fator crítico na determinação da qualidade, quantidade e tipo de interatividade.

Por isso, a Eadbox separou 7 dicas para você utilizar em seus cursos online:

1 – Conhecimento novo ligado ao velho.

A motivação dos alunos na aprendizagem aumenta quando o novo aprendizado está conectado com o conhecimento que eles já tem. Quando um novo conhecimento desperta um outro conhecimento já existente dos alunos, eles podem organizar e entender este novo conhecimento com mais facilidade; assim, estarão mais engajados em seu processo de aprendizagem.

2 – Pergunte quais são os objetivos de seus alunos

Conhecer os objetivos dos alunos em um curso permite que você entenda quais materiais devem ser desenvolvidos, como devem ser desenvolvidos e como devem apresentados aos alunos. Isto ajuda a personalizar a aprendizagem dos alunos, uma vez que eles sentem uma sensação de controle sobre o processo cognitivo. Isso ajudará a construir um relacionamento entre docente e discente, uma vez que os alunos começam a perceber o seu interesse nos objetivos deles. Além disso, estas informações podem ajudá-lo a criar exemplos mais relevantes e condizentes com a realidade do aluno, prática esta que torna-se eficaz no processo de valorização da aprendizagem.

3 – Tenha em mente os objetivos dos seus alunos

Ao projetar ou criar os materiais, assim como no ensino em sala de aula, você sempre deve ter os objetivos dos alunos em mente. Saber no que os alunos focam ajudará a fornecer apoios estratégicos, quando necessário. Assim, eles perceberão um progresso na aprendizagem. Quando os alunos sentem que estão aprendendo, eles se tornam mais interessados e engajados no curso. Então, você pode estimulá-los a querer cada vez mais!

4 – Ofereça um espaço para compartilhar desafios.

Os instrutores devem estar sempre cientes sobre o que seus alunos estão passando, sempre considerando a diversidade entre estes alunos; alguns possuem um rápido aprendizado, outros não. Se os alunos encontram dificuldades em compreender certos conceitos ou fazer uma determinada tarefa, ofereça um meio para que eles compartilhem suas dificuldades com você ou com a turma. O simples uso de ferramentas de chat ou e-mails para o tutor, mostra para o aluno que você está pronto para apoiá-lo no processo de aprendizagem. Mesmo assim, ainda existirão aqueles que são mais reservados, nestes casos, o uso de fórum pode ser uma boa pedida. Publique as dúvidas mais frequentes, ou a resolução de problemas mais complexos. Isso faz com que o aluno não se sinta o único a ter dificuldades. Você como instrutor deve proporcionar um ambiente de confiança para seus alunos, então mostre que eles não estão sozinhos em sua jornada de aprendizagem.

5 – Interaja com seus alunos

Esteja sempre perto de seus alunos, seja através de transmissões ao vivo, através de chats online, fórum, e-mail. Faça com que seus alunos sintam a sua presença, ajudando-os quando necessário ou elogiando-os por seus esforços – uma boa dica aqui é utilizar o menu conquistas da plataforma Eadbox.

6 – Mostre-lhes como aprender.

Como a aprendizagem online é um “mundo” novo para alguns alunos, eles podem não estar plenamente preparados e conscientes da transição a ser feita em seus hábitos de estudo. Lembre-se que se você projetar aulas online para alunos adultos, para alguns, esta pode ser a primeira experiência com um curso online. Com isso, torna-se indispensável uma diretriz clara de aprendizado. Pergunte sobre o seu ritmo de aprendizagem, acompanhe o progresso deles através de avaliações e pesquisas.

7 – Use cenários condizentes com a realidade.

Os alunos precisam saber que aquilo que eles estão aprendendo é aplicável em sua realidade. Eles estarão mais engajados se encontrarem relevância no que estão aprendendo. Em qualquer contexto, você pode criar estudos de caso ou situações da vida real que impulsionam a motivação e interesse dos alunos em conhecer mais. Por isso que existem, por exemplo, os experimentos de química e física nos colégios.

Engajar alunos não é uma tarefa simples, principalmente num ambiente online. Um processo pedagógico deve ser construído e moldado, utilizando sempre boas ferramentas online. Então veja aqui mais algumas dicas sobre como estruturar cursos online e como engajar alunos nestes cursos.

Estrategias e Ferramentas para Engajar Alunos em Cursos Online.

Como Lançar seu Curso Online da Maneira Certa.

Categorias