acelerador digital

Toda empresa deseja ter Leads qualificados, afinal, eles representam uma excelente oportunidade de venda. 

Na prática, os leads são potenciais clientes que concedem os próprios dados em troca de alguma recompensa oferecida pela sua empresa, demonstrando interesse em fazer negócio e/ou confiança.

O que é um lead?

Diferentemente dos visitantes, os leads são potenciais clientes que fornecem seus dados em troca de algum benefício concedido pelas empresas.

Esse fornecimento de dados consiste em informações de contato como: 

  • E-mail;
  • Telefone; 
  • Nome.

Essas informações ajudam a empresa a ter mais abertura para se comunicar de forma personalizada com essa pessoa, conforme as informações colhidas.

Qual a relevância na geração de leads nos negócios?

A partir do momento em que o visitante se torna lead, ele passa a integrar o funil de vendas e, a partir disso, a empresa pode entrar em contato com esse lead para aprofundar a relação, convencendo-o a fazer negócio com a sua empresa, além de fidelizá-lo.

Para os leads avançarem nas etapas do funil é importante fazer investimentos em estratégias de inbound marketing para se destacarem. 

Com o tempo, passam a ter ótimos cases de sucesso, tornando-se uma referência no mercado.

O que é inbound marketing?

O inbound marketing, em português, marketing de atração, é um conjunto de estratégias baseadas na criação e compartilhamento de conteúdos qualificados.

Esses materiais devem ser voltados para um público-alvo específico, considerando suas necessidades e visando conquistar a permissão de se comunicar com os leads de forma direta e, com o tempo, ter um relacionamento duradouro.

Basicamente é por meio dessa estratégia que as pessoas vão até a sua empresa, confiando e esperando encontrar soluções, confiando nas abordagens e atraídos pela mensagem da marca e as soluções apresentadas.

A partir disso, fica mais fácil apresentar soluções e transformar os clientes em promotores da marca.

Diferenças entre inbound marketing e outbound marketing

O outbound marketing é a maneira tradicional de se fazer marketing.

Neste caso, as pessoas estão acostumadas a interagirem com ações que interrompem atividades cotidianas, como contato por telefone, anúncios nos veículos de comunicação, estandes de vendas, entre outros.

O custo dessas ações costuma ser alto e não é sempre que se consegue medir os resultados das campanhas de outbound.

Já no inbound, as estratégias são baseadas no diálogo constante entre o consumidor e a empresa. Ou seja, é uma ação que considera a interação, confiança e interesse mútuo.

Para isso, utiliza de conteúdos para chamar atenção do público utilizando e-mail, blog e redes sociais como canal de comunicação e divulgação.

O custo dessas ações costuma ser menor comparada às de outbound e os resultados podem ser medidos de forma precisa no curto e longo prazo.

As principais características do inbound marketing são: maior engajamento, comunicação aberta, continuidade, relacionamento duradouro e produtos e serviços que podem ser encontrados por pessoas interessadas na marca.

Vantagens do inbound marketing

Investir nas estratégias de inbound marketing é importante para as empresas, pois agrega as seguintes vantagens:

  • Ajuda no alcance do público certo;
  • Agrega poder de persuasão;
  • Permite aproximação com os clientes;
  • Reduz custos;
  • Proporciona um ciclo de vendas mais curto;
  • Possibilita análise dos resultados em tempo real;
  • Aumenta o ticket médio.

Processos e estratégias de inbound marketing

O inbound marketing possui quatro etapas: atração, conversão, venda e encantamento. De forma mais detalhada essas etapas consistem em:

  1. Atração

Considerada a fase número um, consiste em obter tráfego qualificado para os canais utilizados no seu negócio. 

Basicamente, na primeira etapa do inbound o importante é atrair visitantes curiosos e transformá-los em visitantes regulares por meio de conteúdos de valor.

  1. Conversão

A meta é conseguir um grande número de visitantes e converter o máximo deles em leads, ou seja, ter oportunidades reais de negócio.

  1. Venda

Após a nutrição de leads por meio dos conteúdos relevantes, é necessário avaliar quais leads estão no estágio ideal do funil para realizar o fechamento da venda.

  1. Encantamento

Apesar de ser visto como o ponto principal do relacionamento, o relacionamento com o cliente não termina na realização da venda. 

As empresas que sabem disso e investem em um bom processo de pós-venda, visando encantá-los, conseguem torná-los em promotores da marca e atrair novos consumidores.

Com relação às estratégias de inbound marketing mais utilizadas, é possível ressaltar:

  • Produção e distribuição de conteúdos informativos ricos;
  • Criação de landing page;
  • Elaboração de formulários;
  • Envio de e-mail marketing;
  • Técnicas de copywriting;
  • Uso de software de automação de marketing.

Essas são apenas algumas das estratégias de inbound que podem ser aplicadas no seu negócio para aumentar a geração de leads, vendas e excelentes resultados no seu nicho de atuação.

Portanto, o inbound marketing tem um papel muito importante para o alcance e credibilidade das empresas, gerando novas oportunidades de vendas, destaque no mercado e ótimos ganhos.


Categorias