“Academy e University”: como funcionam cursos online em uma estratégia de Inbound Marketing7 min read

Vídeos são os conteúdos mais consumidos na internet. Segundo pesquisa da TIC Domicílios publicada pela Agência Brasil, 71% dos usuários de internet no Brasil preferem consumir conteúdos em vídeo em vez de textos ou outros formatos.

Eu trouxe esse dado do post “Como aumentar sua audiência com cursos online” que escrevemos anteriormente para reforçar o potencial dos vídeos e cursos online como marketing de conteúdo em estratégias de Inbound Marketing.

Entenda como funcionam os cursos online em uma estratégia de Inbound Marketing

Há quem discorde, mas conquistar uma base de leads no mercado digital é o “arroz com feijão” do Inbound Marketing. Embora conseguir o e-mail de um lead seja o início de uma nutrição, a dificuldade não está no volume!

Não há uma alta complexidade em atrair desconhecidos e transformá-los em leads, mas sim, encontrar os potenciais clientes, construir uma base engajada e, principalmente, avançar leads no funil e qualificá-los, com conteúdo extremamente relevante e envolvente.

Não sei se você conseguiu visualizar o cenário, mas imagine um analista ou coordenador responsável pelo ROI de marketing de uma empresa. Ele trabalha diretamente com a geração de MQL, SQL, OPPs e VENDAS.

A essa altura do campeonato, todo profissional de Inbound Marketing ou Growth Hacking que se preze, já deve ter testado inúmeras ações.

Como normalmente é estruturada uma campanha de Inbound Marketing

A estratégia de marketing de conteúdo normalmente se inicia com conteúdos de atração: redação, blogposts, planilhas, e-books, whitepapers, webinars e outros.

Campanhas de mídia paga: paid social, Google Adwords (Search, Display, remarketing, branding), anúncios em diversos formatos, testes A/B, peças, alterações em formulários, e por aí vai. 

Um blogpost de topo de funil, um e-book, um checklist, um webinar, um case de sucesso e por fim, uma conversa com um consultor!

Caramba, já tenho uma jornada perfeita! Isso deve funcionar…  Mas aí você começa a analisar a concorrência, faz benchmarking com empresas que são referência no seu segmento e vê que você não tem feito NADA diferente.

Seu conteúdo pode até ser extraordinário, mas, caramba… os leads não se tornam MQL.

Isso ocorre, em muitos casos, por dois motivos:

  1. Seu conteúdo é muito parecido ou igual ao da concorrência.
  2. Você não utiliza estratégias de Growth Hacking para melhorar.

 

Então, como destacar-se da concorrência, gerar novos leads, realmente educá-los  e convertê-los em consumidores, sendo que o marketing de conteúdo está saturado de PDFs e formatos tradicionais?

Já que “inovar é fazer diferente, aquilo que todo mundo faz igual”, surge uma oportunidade: cursos online possuem um potencial gigantesco frente o marketing de conteúdo tradicional. Vou te explicar porquê!

1. Por que PARAR de fazer conteúdos tradicionais? Academy vs E-Book, Whitepaper

Se você precisa vender um SAAS por exemplo, provavelmente ele será cool, moderno, tecnológico e… complexo! Esse é o primeiro problema que você irá enfrentar:

Como explicar de maneira clara para minha base os benefícios de usar meu produto/serviço? Você pode por exemplo, criar uma biblioteca de conteúdo, que deve ser educacional, motivacional e organizada.

Porém, essa não é a única solução para atrair, nutrir e  apresentar informações sobre seu produto/solução.

Uma base de conhecimento que contenha apenas formatos em PDF, planilhas, tutoriais e templates não garante que seu lead esteja lendo, usando ou aplicando o conhecimento.

Existem outros motivos que também podem levar um lead a se frustrar com o que você enviou a ele, em troca do seu e-mail:

  • Seu conteúdo é difícil de ler
  • O texto é muito longo e cansativo
  • Ele não conta com recurso em áudio e vídeo
  • Você ofertou diferentes níveis de dificuldade no mesmo conteúdo (topo meio e fundo de funil)

Para explicar melhor, trouxe um comparativo de utilizar cursos online x outros formatos de conteúdo, que você deve estar acostumado a utilizar ou até mesmo consumir.

2. Vantagens Academy x Outros formatos

Academy/University Outros formatos (eBook, Infográfico, Planilha)
Estatística de conteúdo                 X
Mobile friendly                 X                                 X
Consumido em um celular                 X
Recurso de vídeo/animação                 X
Recurso de texto e imagem                 X                                 X
Fácil de ser compartilhado                 X                                 X
Conteúdo escalável                 X                                 X
Permite acesso offline                 X
Estatística do leitor                 X
Engajamento                 X
Emissão de certificado                 X
Quizzes                 X
Segmentação de audiência                 X

 

Acredito que esse comparativo já seria suficiente para te convencer a criar um curso online para educar seu mercado. Mas prefiro trazer alguns exemplos de usos da metodologia que você provavelmente já conheça.

Grandes empresas de marketing já utilizam essa técnica para geração e nutrição de leads. Você já deve ter feito algum curso de Inbound Marketing da Hubspot, do RD Station ou já ouviu falar da Universidade Rock Content.

Até mesmo Google e Facebook possuem seu portal de educação com cursos online. Se as empresas especialistas em marketing digital estão atuando com essa metodologia, é sinal de que funciona. Ou, no mínimo que você deva testar também.

3. Por que iniciar uma estratégia de Academia/Universidade?

Provas sociais

Segundo dados do Hubspot, mais de 149 mil profissionais já foram certificados pelo Hubspot Academy. A Rock Content, especializada em marketing de conteúdo, já tem 95485 alunos na Universidade Rock Content e a cada 15 minutos um novo profissional é certificado.

Esse é outro ponto muito importante para quem procura alcançar autoridade. Certificar um lead é afirmar para outros que podem confiar no que você tem a oferecer. Que, se o que você tem a ensinar é tão relevante, seu serviço é, no mínimo, eficaz!

 

Academia como Lead Scoring

Você pode utilizar seu curso online como Lead Scoring, ou seja, o engajamento do seu lead com suas videoaulas são métricas de qualificação.

O score (nota) do lead se dá por métricas de envolvimento e perfil (quantidade de vídeo assistido, porcentagem do curso completado + propriedades do lead).

Simples e muito mais assertivo do que um download de um material ou número de cliques e aberturas de um e-mail, não é mesmo?

Estruturar por momento etapa do funil

Topo de Funil

Um lead que acessou seu conteúdo, assistiu a um webinar ou baixou algum conteúdo rico, começa a assistir a um curso online. Nessa trilha de aprendizado, ele conta com 10 vídeos, por exemplo.

Muito bem! Até o 3º vídeo, o conteúdo é introdutório, ensina conceitos, metodologias e noções básicas.

Meio de Funil

Quando o lead avança para videoaulas mais complexas, entende-se que ele atinge um nível de engajamento maior, ou seja, o conteúdo passa a ser de meio de funil.  

Ao final do curso, é possível introduzir um aprendizado mais aprofundado, saindo do intermediário para o avançado.

Fundo de funil

Você pode trazer exemplos de utilização da sua solução/ferramenta/plataforma, casos de sucesso, ou ofertar uma demonstração ou um trial após o final do curso, como um conteúdo de fundo de funil.

 

Dessa forma, você pode usar cursos online para aumentar sua audiência, qualificar leads em sua base, nutrir e educar com mais assertividade e consequentemente, diminuir a jornada do lead!

Uma vez criado, um curso online pode ser escalado rapidamente, atingindo pessoas em todos os cantos do mundo. O seu esforço é grande no começo para preparar o conteúdo, gravar e disponibilizá-lo no ar, isso é verdade.

Porém, depois de tudo pronto, dificilmente você terá que “reinventar a roda” e regravar seu curso completamente. Será necessário garantir suporte e criação de relacionamento com esse potencial cliente — e isso pode ser feito perfeitamente via automação de e-mails.

Para colocar tudo isso pra rodar, você vai precisar de uma plataforma para hospedagem de seus cursos. Se você quer saber mais, confira neste post “Quais ferramentas são importantes na plataforma EAD?“.

Você também pode se inscrever para conversar com um de nossos especialistas sobre cursos online em estratégias de Inbound Marketing se inscrevendo aqui.

E aí, o que você tem feito para tornar seu marketing de conteúdo mais estratégico?


Categorias