como dar e receber feedback

Entenda a melhor forma de como dar e receber feedback

“Feedback” é uma ferramenta empregada por executivos, líderes e profissionais de Recursos Humanos para informar acerca dos pontos de evolução e involução no trabalho de um ou mais colaboradores, com o objetivo de ajudá-los a se desenvolverem.

Mas você sabe mesmo como dar e receber feedback?

Na prática, uma sessão de feedback alinha o comportamento dos colaboradores com a metodologia de trabalho da organização tendo como objetivo a entrega de serviços e produtos cada vez melhores aos clientes.

Existe até a prática de sessões de feedback motivacional, para estimular a melhoria contínua dos colaboradores, atrelada a uma boa avaliação de desempenho e feedback construtivo.

Contudo, atualmente, o feedback é visto com receio pelos colaboradores, que se sentem ameaçados pelos alguns gestores, e em contra partida o fornecedor do feedback teme magoar o colaborador e piorar seu comportamento e produtividade.

Por outro lado, há gestores que não sabem como dar e receber feedback e acabam utilizando termos grosseiros e até humilhando o colaborador. Também há pessoas que possuem dificuldades em receber o feedback, por mais que ele seja passado da forma mais delicada possível.

Por isso, aqui vão algumas dicas para que as sessões de feedback na sua organização sejam as mais proveitosas possíveis tanto para os colaboradores quanto para os líderes.

6 dicas de como dar e receber feedback

Não sabe nem como começar um feedback? Confira nossas dicas e aprenda:

  1. Treinamento técnico: fazer um levantamento de necessidade de treinamento de feedback é importante. Eduque seus colaboradores e líderes sobre como dar e receber feedback por meio de treinamentos presenciais ou via EAD;
  2. Crie um clima amigável: trate as pessoas com respeito, como em uma boa família. Como diria o autor de “Lovemarks”, Kevin Roberts, “sem respeito não há amor”. Comece sempre com um elogio sincero, pois comprovadamente ele é mais eficaz no desenvolvimento profissional do que uma crítica;
  3. Use um ambiente restrito: faça a reunião em uma sala separada do ambiente de trabalho, distante dos demais colaboradores, a fim de evitar constrangimentos;
  4. Plano de metas: avalie objetivamente, com argumentos e fatos concretos baseados em um plano de metas e nos resultados reais do colaborador;
  5. Critique indiretamente: a crítica direta destrói a autoestima das pessoas. Por isso, procure não criticar o colaborador diretamente, isto é, apresente cases similares à situação atual para que ele possa se identificar dentro dela por si mesmo. Fale, por exemplo, sobre os seus próprios erros do passado como forma de exemplificar os erros atuais do colaborador e gerar melhores resultados e, de quebra, mais integração entre você e ele;
  6. Elogie: todos os progressos, por menores que sejam, devem ser elogiados para que o colaborador se sinta motivado a produzir mais e melhor.

Outra dica importante para uma boa sessão de feedback é fazer como os profissionais de Coaching, isto é, faça um treinamento de feedback elaborando perguntas para que você vai usar para que o colaborador possa tirar as respostas de dentro dele mesmo, o que lhe proporcionará ainda mais motivação para cumprir suas metas.

Treinando fazer essa lista, sua sessão de feedback será muito mais proveitosa e você aprenderá, cada vez mais, como dar e receber feedback.

 

CTA Ebook produtividade

banner ebook produtividade

 


Categorias