criar conteudo

Criar conteúdo para seu curso online: O Guia Mais Completo

Aqui na Eadbox já falamos sobre como criar conteúdo para seu curso online, mas hoje vamos especificar ainda mais e trazer um guia bem completo sobre isso. Agora vamos mostrar algumas maneiras de redirecionar a produção de seu curso online, vídeos, entrevistas e algumas ferramentas que farão você ganhar tempo e a atenção dos seus alunos.

 

Redirecionamento de conteúdo

Quais conteúdos você pode redirecionar? Acredite ou não, todo conteúdo que você produziu pode ser reaproveitado. Essas mudanças podem ser feitas de várias maneiras, uma delas seria publicar a sua primeira aula do curso no YouTube criando um novo público, ou ler um post do seu blog e enviá-lo para o SoundCloud. Esses seriam dois exemplos de redirecionamento de conteúdo.

Porém, algumas pessoas acreditam que fazer isso é de certa forma injusto ou desonesto, pois é um conteúdo já apresentado aos alunos e estes podem não gostar pois já pagaram por aquele módulo. Vale lembrar que os cursos online estão disponíveis para fornecer um atalho para o resultado final desejado.

Se formos totalmente sinceros, qualquer um que seja um pouco autodidata pode aprender um conteúdo pela internet e de graça, só seria necessário separar os canais confiáveis daqueles que não são seguros. O que vai fazer essas pessoas comprarem o seu curso e não aprender por conta própria é o formato e a facilidade de ter todo o seu conteúdo apresentado em um só canal.

A dica é não redirecionar todo o seu conteúdo de uma só vez e só em uma ferramenta, o importante é divulgar seu material em diversos formatos para que seus alunos possam ter maior acesso e quem sabe também conseguir atingir um público maior com essas transformações.

Com o tempo você pode passar a atualizar e renovar o seu curso. Pode acontecer de seu vídeo não ficar perfeito para colocar no final do seu curso, sendo necessário mudar de canal, como o YouTube ou colocar no seu blog para atrair mais clientes.

Se você oferece parte de seu curso de graça, isso não traz menor valor ao conteúdo apresentado aos seus alunos, e ainda pode despertar interesse suficiente para converter a audiência daqueles que estavam decidindo se iriam comprar ou não o seu curso.

 

Por que você deveria adaptar o seu conteúdo?

Não podemos gastar todo o nosso tempo escrevendo posts, ainda mais sabendo que a criação de conteúdo leva tempo e muitas vezes isso nós não temos. É aí que entra o redirecionamento de conteúdo, pois com todo o material pronto, basta modificá-lo e escolher quais serão as plataformas online usadas.

Se você for ativo e fornecer valor à várias propriedades online será capaz de atingir um público maior e conquistar novos clientes enquanto trabalha para apresentar o conteúdo. Veja algumas dicas:

 

– Libere seus horários

Redirecionando o seu conteúdo, você libera o tempo que seria gasto criando novos materiais para focar em outros projetos que irão te ajudar a crescer em seu negócio. Com esse horário livre você poderá focar na criação de webinars, e em outro curso online ou projeto que requerem mais tempo e foco do que os posts gerais.

Falando de Webinars, passa por nossa Academia E-learning e aprende ainda MAIS com nossos Webinars.

CTA Academia 1

Conhecer Academia Eadbox

– Permaneça e aumente o seu negócio

Infelizmente, a maioria dos empreendedores de conteúdo não podem dar ao luxo de contratar uma equipe de busca, o que faz com que você se esforce ao máximo para apresentar um conteúdo completo e de boa qualidade por conta própria.

Colocar sistemas para agilizar o seu processo de redirecionamento de conteúdo, faz com que você economize tempo e tenha maior facilidade para assimilar o trabalho com a pressão de organizar tudo. Faça com que o conteúdo trabalhe por você e não o contrário, pois você é a sua equipe e esta trabalhando por vários.

– Mostre que você conhece o assunto

Quando você tem uma quantidade grande de conteúdo publicado sobre o mesmo tema, o que vai acontecer quando começar a redirecionar o conteúdo para outras ferramentas, o público vai começar a enxergá-lo como autoridade no assunto. Isso pode te impulsionar para se tornar um SEO e você terá um maior tráfego de busca da sua página.

– Criar atualizações de conteúdo

Atualizações de conteúdo são recursos gratuitos e de alto valor que você dá para o seu público em troca de seu endereço de e-mail. O aprimoramento de conteúdo pode se transformar em um e-book, tutorial de tecnologia, minicursos, ou qualquer outro desse tipo. Felizmente se você já tiver criado o conteúdo, então ele deve ser fácil de adaptar em sua futura atualização.

 

 

Como redirecionar o seu conteúdo

post-29

Conteúdo do curso

Com todo o trabalho duro e preparação que você vai dispor para a criação de um curso online, é necessário priorizar e redefinir um monte de conteúdo para obter maiores investimentos.

 

– Use palestras individuais como atualizações de conteúdo: alguns produtores de conteúdo preferem incluir uma atualização de conteúdo a cada post, levando mais tempo para a criação dos mesmo. Alguns optam por palestras, pois por meio delas é possível ter uma atualização perfeita do curso e assim enviá-la para uma página de destino, criando um call to action.

– Criar uma série de blog: se o seu curso é projetado para mover alguém do ponto A ao ponto B em um determinado número de passos, você pode estruturar uma série de blog usando o mesmo tipo de esquema.

– Delinear um webinar: montar um webinar com o mesmo tema do seu curso online é uma ótima maneira de ganhar liderança.

 

CTA Ebook Promover

Banner_Ebook-Planejar-promover-cursos-online_Eadbox

 

 

Conteúdo de vídeo

Se você criou vídeos para o seu curso online ou canal de YouTube, saiba que você pode redirecionar o conteúdo das seguintes maneiras:

– Criar uma transcrição de seu vídeo: se você estiver interessado em ensinar da melhor maneira o seu público em como fazer algo através de vídeo, você pode então transcrever o que você está dizendo e oferecer isso como uma atualização de conteúdo;

– Escrever um post de blog em torno de seu vídeo: você pode levar as coisas um passo a frente da transcrição e formatá-lo em um post de blog;

– Script para um podcast: reutilize o seu roteiro de vídeo e grave um podcast para enviar ao SoundCloud ou hospedar em seu site. Muitas pessoas preferem podcasts ao invés de todas as outras mídias online, assim você pode capturar facilmente um público inteiramente novo;

– Criando um vídeo promocional: se você cortar e emendar seu vídeo para promover sua marca e sua oferta, isso vai lhe poupar tempo. Por exemplo, você pode filmar uma rápida introdução e depois é só trabalhar com o conteúdo que você já criou;

– Crie uma conta do YouTube: baixar alguns de seus vídeos do curso para o YouTube pode fazer com que você chame a atenção dos usuários de lá, e sempre que você fizer uma atualização de um vídeo em seu curso, será possível carregar o original para o seu canal.

 

Conteúdo de blog

Isso vai muito além do mérito da execução de um blog, também é necessário manter o conteúdo de seu curso online. E o conteúdo do seu blog pode ser facilmente reaproveitado.

– Grave você lendo o seu post: um monte de pessoas acreditam que não têm tempo para ler posts, mas eles com certeza terão o prazer de ouvir podcasts ou SoundClouds enquanto eles cuidam de suas tarefas diárias. Chame a atenção desse público, oferecendo uma versão em áudio de seus posts do blog.

– Transforme o seu post em um vídeo: indo um pouco mais longe, você pode gravar um vídeo inteiro onde você explica o que estavam ensinando com o seu post. Seu blog pode servir como um roteiro de classificação, e a partir daí você só terá que bater o recorde.

– Transforme suas mensagens em um e-book: se você tem oito mensagens que tratem de diferentes aspectos sobre o mesmo tópico, será possível redirecionar esse conteúdo para um e-book. Reúna os oito postos juntos, crie uma capa e adicione um CTA em todas as oito mensagens que as pessoas possam negociar seus e-mails para ter acesso ao e-book.

– Transforme seu blog em uma palestra ou curso: se você está criando um curso online sobre um tópico em que você é uma autoridade, as chances de que você tenha escrito sobre ele uma ou duas vezes é maior. Você pode tomar esses lugares para delinear uma palestra para o seu curso online.

– Escreva um post mais aprofundado: se você tem um post com muito conteúdo e que seja extenso, considere dividir por objetivos. Por exemplo, eu poderia escrever um post inteiro sobre webinars no conteúdo redirecionado do blog.

– Use seu blog para validar uma ideia de um curso: se você está querendo criar um curso online, mas não sabe por onde começar, a primeira coisa a fazer é pensar em uma ideia. Mas não qualquer ideia, tem que ser a melhor! Você vai precisar se preparar para discutir sobre uma ideia que o seu público vai se interessar, e não há melhor maneira de fazer isso do que descobrindo sobre o que eles já tem interesse.

Para que você não tenha problemas, verifique pelo google analytics quais são os seus posts mais populares e quais são as chances de você converter qualquer um deles em um curso com perfil de sucesso. Isso é muito mais fácil quando se tem um blog, pois só é necessário verificar o que o seu público gosta de ler.

– Delinear um SlideShare: pegue um post que você já escreveu e use-o para delinear um Slideshare. Slideshares são subestimados e subutilizados, porém eles podem conduzir grande tráfego para o seu curso online ou blog.

– Envie um post antigo: você pode ter criado um post maravilhoso que grande parte de seu público não visualizou. Você pode redirecionar esse post republicando o mesmo no seu blog ou enviando como uma newsletter. É muito simples, basta redirecioná-lo em outra plataforma ou modificá-lo.

– Criar um infográfico: infográficos são perfeitos, pois podem ser compartilhados. Eles mostram o seu ponto de vista de uma forma fácil e concisa e pode direcionar o seu público. Além disso, para criar infográficos não é necessário ter formação em uma área específica, você mesmo pode montá-los com programas grátis de design.

– Mostre quais são seu posts de destaque via tweeter: parte das tarefas de blogger é promover o seu conteúdo, e ao invés de aperfeiçoar os tweets, você pode copiar e colar suas frases favoritas de seu post e adicionar um link.

– Utilizar a introdução no seu boletim informativo: crie o conteúdo do curso para você e use a introdução de seu blog para motivar as pessoas a clicarem no seu boletim informativo. Você precisa enviar as newsletters regularmente para manter sua lista sempre atualizada, mas isso pode consumir muito tempo se tiver que criando conteúdo semanal.

– Utilizar a introdução para promover o seu post: como uma newsletter, você pode publicar a introdução no Facebook, Inbound, Growhack, ou qualquer outro site que você gostaria de promover. Isso vai despertar interesse e curiosidade suficiente para encorajar as pessoas a clicarem e lerem o post por completo.

– Use tags para descrever as imagens: sua descrição deve fornecer uma boa ideia sobre qual o valor do assunto do seu blog,  e copiando e colando isso nas tags de suas imagem, você vai salvar tempo e essa descrição também vai aparecer no Pinterest.

 

Se você entrou para ler este Artigo, também vai gostar do Webinar Como Criar Cursos Online Gastando Pouco;

perdomoenilson

 

 

 

Conteúdo de mídia social

Não há muito para redirecionar lá, mas isso pode ser feito!

– Coloque imagens em seus posts: este é um dos truques mais usados para blogs pessoais. Em vez de tirar fotos novas, você percorre o feed do Instagram e verifica se é possível reutilizar uma das fotos já publicadas. Isso vai oferecer aos seus leitores do blog a oportunidade de gostar da imagem ou de seguir você diretamente no blog.

– Use elogios como depoimentos ou prova social: se alguém te escrever que fez o seu curso e que adorou a experiência, não deixe de fazer uma postagem com a permissão da pessoa em suas redes sociais.

– Utilize a partilha de automática: quando você posta no seu instagram você pode ter essa imagem automaticamente compartilhado no Facebook, Tumblr ou Twitter apenas alternando um botão. Se você está tentando manter-se ativo em toda a mídia social esta é uma maneira fácil de adicionar de forma consistente.

– Recicle tweets: cada vez que você adicionar novos conteúdos no seu blog ou encontrar um outro blog que poste conteúdo de interesse do seu público alvo, você pode adicioná-lo como um link e direcioná-los para a página. Mas a melhore maneira de fazer isso, é utilizar o conteúdo desse outro blog, modificando e colocando a fonte, assim o seu público vai continuar em sua página e o conteúdo ainda será de boa qualidade.

 

 

7 passos para fazer com que o seu curso cresça

 

12passos
1 – Oferecer uma parte de seu material como atualizações de conteúdo: se você criou uma pasta de trabalho você pode puxar páginas individuais para oferecer uma atualizações de conteúdo dentro de seus posts.
Depois de todas essas dicas, ainda é possível seguir os 7 passos abaixo para criar um webinar:

2 – Baixar vídeos para sua conta do YouTube: se você criou uma quantidade razoável de vídeos para o seu curso online, considere colocar alguns em seu canal do YouTube. Eu não carregaria um monte deles, muito menos mais do que 5 vídeos, faça isso apenas com uma quantidade suficiente para que o público possa ver do que você é capaz e que eles passem a comprar de você.

3 – Fique com os scripts de seus vídeos e os transforme em posts: se os seus vídeos tiverem um script pronto ou pelo menos um esboço dele, você pode ir e transformar esse conteúdo em um post com muita facilidade. Alterando a formatação e adicionando algumas imagens, irá fazer com que você leve muito menos tempo do que a criar do zero um novo post.

4 – Recolha feedbacks dos alunos e crie depoimentos: se você já tinha vendido o seu curso e tinha alunos já utilizando o conteúdo, você pode reunir alguns feedbacks e criar depoimentos. Estes testemunhos podem ser usados em sua página de vendas ou quaisquer canais de comunicação que você tem, a fim de estabelecer a confiança e credibilidade.

5 – Criar um mini curso: você pode formatar o primeiro modelo do seu curso em um curso de e-mail de mini para atrair mais estudantes e despertar maior interesse em sua oferta final.

6 – Dê um curso antigo de graça: se você criou uma versão 2.0 de um dos seus cursos anteriores, não deixe que o trabalho duro e o conteúdo ir sejam jogados fora, reutilize. Exemplo, você pode oferecer esse curso gratuitamente para crescer a sua lista de e-mail.

7 – Criar um pacote de cursos: unir vários cursos e vender esse pacote mais barato do que o valor total dos cursos individuais lhe permite sair com uma nova oferta, sem criar um novo curso.

 

Se você conseguiu que seus clientes ganhem tempo e consigam aprender com o seu conteúdo, você já está acima de muitos empreendedores de conteúdo. Pense dessa forma: se você ofereceu um valor que seja adequado para o seu conteúdo e foi capaz de entregar um produto incrível, os seus alunos com certeza vão agradecer e ficar feliz pelo valor pago, é assim que você cria clientes fiéis, mostrando que o seu conteúdo é bom e que todo conteúdo que o foi compartilhado ao longo do curso os ensinou a se tornarem melhor.

 

CTA Demonstração 1

Banner_Demonstração_Eadbox_2

 

Categorias