cursos online como vender no twitter

Curso online: Como vender pelo Twitter

Saber fazer o uso das redes sociais para o seu curso online é fundamental. O Twitter é uma das principais redes sociais do mundo e conta com mais de 250 milhões de usuários ativos. Se a plataforma experimenta estagnação fora do Brasil, por aqui seu sucesso continua crescente. Segundo a empresa, o salto da rede foi de 139% em 2015. As empresas de educação a distância que têm plataformas digitais de ead, como o EadBox, possuem uma ferramenta poderosa para desenvolver suas estratégias de vendas.

Grande parte de sua popularidade se deve ao formato inovador. Por permitir publicações de apenas 140 caracteres, o Twitter é descrito como uma rede de microblogging. O que significa? Ele usa estrutura semelhante a de um blog, que é atualizado por ‘posts’, mas a diferença é que este conteúdo é muito mais curto que em outras redes sociais. Assim, o Twitter permite enviar mensagens curtas proporcionando dinamismo e rapidez no contato entre empresa e consumidor.

Também não exige uma relação de reciprocidade entre os usuários, ou seja, não é necessário que dois usuários sejam amigos para um seguir o outro, ao contrário do que acontece, por exemplo, com o Facebook.

O uso do Twitter por empresas é variado, e depende, em grande medida, dos objetivos a serem alcançados. No entanto, o Twitter é muitas vezes usado como um meio de divulgação e comunicação. Companhias costumam recorrer a esta ferramenta de comunicação para postar atualizações de seu negócio ou indústria.

CTA cursos online

como produzir e distribuir cursos online

Como utilizar o Twitter para vender meu curso online?

Existem diferentes maneiras de uma empresa utilizar esta mídia social para vender seu curso online. O mesmo vale para pequenos produtores de conteúdo. Vamos à elas:

 

Canal promocional

O uso mais comum é como canal promocional. É importante para uma empresa promover seus serviços entre o público. Assim, o Twitter pode ser uma grande ajuda para encontrar novas oportunidades entre os usuários da rede social.

Além da publicação de notícias e atualizações sobre a empresa, também é frequentemente utilizado como um método de promoção de conteúdo gerado, especialmente aqueles que são postados pela empresa em outras plataformas.

É especialmente importante se familiarizar com o emprego de ‘hashtags’. Tal funcionalidade facilita a busca de assuntos em meio à grande quantidade de conteúdo publicado diariamente.

Diferentemente de outras redes sociais, o Twitter tem constância maior.
Praticamente não se corre o risco de se tornar chato ou maçante pelo número de postagens realizadas. Com isso, a empresa pode adotar a plataforma com um sentido promocional, além de canal de atendimento e de comércio eletrônico.

 

Canal de atendimento

O Twitter está se tornando cada vez mais um sistema de atendimento ao cliente. O imediatismo, a facilidade de resposta e a simplicidade atraem os clientes e incentivam a sua comunicação com as empresas, o que facilita a resolução de problemas e sana possíveis dúvidas sobre a marca.

O Twitter é projetado com base em uma comunicação direta de duas vias entre os usuários. São precisamente essas características que o tornam uma das melhores ferramentas de suporte ao cliente dentro das empresas hoje.

Porém, é fundamental monitorar a ferramenta pra saber o que é dito sobre nossa marca. Assim, é possível identificar comentários sobre a companhia, mesmo reclamações ou problemas, e buscar a resolução imediata, cortando uma possível crise na reputação.

 

Características próprias

Segundo Richard Alfonsin, vice-presidente de vendas do Twitter, existem estratégias próprias da ferramenta que podem fazer de seu uso comercial um sucesso. A primeira é a capacidade de conhecer o que se está falando de determinada empresa ou produto. Com uma pesquisa simples, é possível encontrar menções, citações e críticas ou elogios diretos a um produto ou serviço, o que agiliza e barateia pesquisas de opinião e posicionamento de mercado e permite a elaboração de estratégias com mais assertividade.

Outra característica é a autenticidade. Para Alfonsin, o Twitter só funciona quando há humanidade e abertura à interação. Ou seja, as pessoas só procuram e estabelecem contato direto, que pode ser convertido em venda , quando uma marca que se faz presente na ferramenta passa a imagem de abertura, diálogo, em outras palavras, quando ela age com uma pessoa. Ou seja, se você é um produtor de conteúdo que está utilizando vídeo aulas para trabalhar a sua imagem, o Twitter é a ferramenta de comunicação certa pra você.

Outro fator a ser considerado é a periodicidade. Apesar de ser mais flexível e permitir uma maior ‘presença’, desconsiderar a constância é um erro em qualquer ambiente virtual. Mesmo com perfil oposto ao do Facebook em suas características, por exemplo, ainda assim o Twitter gera a conexão e o relacionamento usando o ‘costume’ dos usuários. As pessoas tendem a se conectar e a se acostumar com postagens com intervalos regulares, com constância e com relevância.

Amplificar a presença da empresa também é importante. Após estabelecer uma presença orgânica, que vêm unicamente por meio de posts e interações entre a empresa e o público, uma maneira de aumentar o número de seguidores é recorrer aos anúncios. O Twitter vende dois tipos, um em que a empresa entra como sugestão no item ‘Quem seguir’ e outro em que são colocados ‘tweets’, que nada mais é que a postagem na rede, patrocinados na linha do tempo das pessoas.

Em qualquer rede social, e o Twitter também é uma ferramenta de comunicação de massa dessa ordem, é importante saber medir seu público alvo. Mesmo a ferramenta sendo poderosa e importante, um jeito fácil, rápido e barato de divulgar a empresa, ela não conseguirá sanar a falta de conhecimento sobre quem são os potenciais compradores de seu produto ou serviço. De nada adianta nada estar lá se seus clientes não forem adeptos da tecnologia.

Influência é uma palavra chave no Twitter. É importante descobrir quem são as pessoas ou empresas mais populares de seu mercado, aqueles que acumulam seguidores e formam a opinião de muitos usuários.

Há de se entender que construir a própria imagem na rede leva tempo, e não se faz de um dia para o outro. Portanto, buscar diálogo com usuários, humanizar as publicações, se mostrar aberto, atender às demandas dos consumidores são alguns princípios fundamentais para impulsionar vendas no Twitter.

Quer saber mais sobre como utilizar as redes sociais para vender o seu curso online? Então fique ligado aqui no blog da eadBox.

CTA Trial

Banner_Testar-Grátis-Eadbox


Categorias