Entenda como você pode implementar o eLearning em sua empresa de maneira efetiva.

Você sabe o que é elearning ou Educação a Distância (EAD)? Trata-se de uma forma de ensino que permite a um indivíduo realizar cursos longe de uma sala de aula física, sem a presença de um professor, utilizando-se de recursos impressos ou eletrônicos.

O Elearning, por sua vez, é um ramo do EAD que emprega apenas recursos eletrônicos como computadores, notebooks, tecnologias móveis e a internet para a capacitação de pessoas dentro das
empresas.

Utilizado no Brasil por organizações como a Impacta, a IBM, o Grupo Solera e o Buscapé, entre outras, o Elearning tem a finalidade de treinar colaboradores, clientes e fornecedores em processos de trabalho, operação de máquinas, políticas de segurança, liderança e outras competências.
A saber, os motivos pelos quais estas empresas investem em Elearning são muitos. Eis alguns deles:

  • Eliminação dos custos com salas de aulas físicas e instrumentos de suporte;
  • Os cursos podem ser ministrados em diferentes locais simultaneamente;
  • As salas de aula virtuais comportam público muito maior que as salas físicas;
  • Relatórios de acesso permitem aos gestores mudarem cursos e estratégias;
  • Responsabilidade ambiental por meio da eliminação do uso do papel;
  • Redução dos custos de treinamento;
  • Cruzar dados de qualidade dos processos de produção para otimizar os cursos.

Por outro lado, os colaboradores que têm acesso aos cursos de Elearning também contam com
benefícios:

  • Mais controle sobre o ritmo de aprendizado;
  • Interface e botões intuitivos, que não requerem manual de instrução para usar;
  • Troca de experiências com colaboradores de qualquer lugar do mundo via fórum e salas de
    bate-papo;
  • Cursos interativos com áudio, vídeo, texto, avatares, ilustrações e outros recursos que
    facilitam o aprendizado;
  • Inclusão digital para colaboradores que ainda não usam computadores.

Além do mais, quando uma empresa investe no desenvolvimento de seus colaboradores, eles se sentem mais motivados para o trabalho, o que se torna um diferencial competitivo em um mercado cada vez mais voraz.

 

Pois bem, a esta altura você deve estar se perguntando, “como faço para implementar um programa de Elearning na minha organização?”. É o que veremos a seguir.

 

O primeiro passo para implementar um programa de Elearning é solicitar que um consultor analise a demanda de treinamentos na sua empresa e verifique se eles podem ser realizados por meios eletrônicos.

Em seguida, deve-se escolher uma dentre várias plataformas de Learning Management System (LMS), também chamadas de Sistema de Gestão da Aprendizagem (SGA), que nada mais são do que softwares com os quais os cursos serão produzidos e posteriormente utilizados pelos colaboradores.

Alguns destes softwares podem oferecer suporte para realização dos cursos em notebooks, desktops, smartphones, tablets e outras tecnologias, o que facilita ainda mais o acesso por diferentes públicos e nos mais diversos locais e situações.

Quanto à utilização, é fato que os gestores das empresas não poderão solicitar que os seus colaboradores realizem os cursos quando estiverem fora do horário de serviço, pois isso pode ser configurado como trabalho precário.

Por fim, após a implementação de um programa de Elearning por meio de uma plataforma LMS, a empresa terá que manter um corpo de gestores para dar suporte aos colaboradores, criar novos cursos, otimizar os treinamentos existentes e aplicar as provas entre outras atividades.

 

CTA Trial

Banner_Testar-Grátis-Eadbox