empreendedor individual

Empreendedor individual: quais as regras para se tornar um

Em momentos de crise e com a alta taxa de desemprego no Brasil, trabalhadores autônomos estão querendo regularizar seus negócios. Para sair da informalidade muitos optam por se tornar um empreendedor individual. O MEI nada mais é do que a regularização do trabalho mediante o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Pensar em formalizar o trabalho geralmente acompanha o pensamento de que será gasto muito dinheiro para isso, mas na verdade não é bem assim. Desde 2008, com a lei do Microempreendedor Individual (MEI) aprovada, é possível regularizar o trabalho dos pequenos empresários, além de terem acesso aos benefícios da previdência social. Tudo isso com uma carga tributária baixa.

Veja também: fórmula de lançamento: entenda o que é e como funciona

Empreendedor individual

Como ser um empreendedor individual?

O processo para se tornar um empreendedor individual é rápido, fácil e não tem taxa de aquisição. Se você acha que precisa separar uma papelada, agendar um horário e enfrentar uma fila para poder fazer seu MEI, pode ficar calmo. É possível pedir seu MEI pela internet, sem toda aquela burocracia e taxas exorbitantes.

Passos para tirar o MEI

Para você se tornar um empreendedor individual basta alguns cliques e já sai com seu MEI.

1- Primeiro é necessário entrar no site do Portal do Empreendedor.

2- Logo na página inicial à esquerda terá a frase “Microempreendedor Individual QUERO SER”, você precisa clicar.

3- Abrirá uma tela com várias opções em que você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre MEI. A primeira opção “formalize-se” é para você fazer a inscrição.

4- Preencha as informações pedidas.

5- Coloque sua ocupação e -caso houver – coloque a segunda ocupação.

6- No momento de colocar o endereço de seu negócio é necessário verificar junto à prefeitura se é possível exercer sua atividade nesse local.

7- Com tudo devidamente preenchido envie o formulário de inscrição.

8- Depois do formulário enviado você já é um nome empreendedor individual.

Feito essa parte e agora você já sendo um microempreendedor individual é preciso se atentar as regras e direitos que o MEI te garante.

Obrigações de um microempreendedor Individual

Aqui vale salientar que para fazer a inscrição do MEI, o empreendedor individual é isento de taxas. E tem as taxas de obrigações tributárias mais baixas. Essas taxas são chamadas de Documento de Arrecadação Simplificada (DAS), que são cobradas mensalmente e garante que o empreendedor está em dia com as obrigações tributárias.

Para gerar o DAS basta entrar no Portal do Empreendedor, tudo isso para descomplicar a vida do empreendedor individual. Sem que tenha a necessidade de passar por filas e esperar pela burocracia. Para efetuar o pagamento basta comparecer no Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, lotéricas e bancos estaduais.

Quer ser MEI?

Com todas essas informações é possível começar já a ser um empreendedor individual. Mas você sabe se a atividade que você faz é aceita pelo MEI?

São mais 470 atividades aceitas que englobam cabeleireiro, comerciante, diarista, mecânico, entre outros. Para tirar suas dúvidas veja aqui as atividades permitidas.

 

EADSummit

Eadsummit


Categorias