herospark-midi-banner-venda-seu-produto-digital

Mesmo antes da pandemia, as ferramentas de videoconferência já eram importantes para a maioria dos profissionais. Hoje, elas se tornaram realmente essenciais.

Pensando nisso, a Eadbox preparou uma lista com as 5 melhores ferramentas de videoconferência grátis para você avaliar os recursos oferecidos por cada uma delas e descobrir qual atende melhor a sua demanda.

Além das chamadas de vídeo, as ferramentas listadas aqui também oferecem outros recursos, como compartilhamento de tela, bate-papo, gravação de chamadas, entre outros.

A seguir, confira as 5 ferramentas que podem fazer a diferença em seu trabalho como produtor digital.

1. Zoom

O Zoom é uma das plataformas mais populares da atualidade. O app sempre foi muito conhecido no meio corporativo, mas com a pandemia ele se tornou ainda mais popular em ambientes escolares e familiares.

As reuniões podem ser acessadas pelo navegador, pelo app para computador ou pelo app para dispositivos móveis.

No Zoom é possível realizar reuniões com até 100 colaboradores (na versão gratuita). Inicialmente, era possível realizar reuniões de apenas 40 minutos por vez.

Agora, o tempo é ilimitado, sendo ótimo para aulas online, reuniões mais extensas, etc.

Entre outras funcionalidades, o Zoom permite:

  1. Criar grupos para enviar arquivos de texto, áudio e imagem para os membros;
  2. Compartilhamento de tela;
  3. Possibilidade de colocar o microfone dos participantes no mudo;
  4. Ativação do “modo webinar”, em que é possível expandir a audiência para até 10 mil participantes com direito apenas de visualizar;
  5. Ativar legendas automáticas;
  6. Gravar a tela.

Além da versão gratuita, existem as opções Profissional, Corporativo e Empresarial.

2. Microsoft Teams

O Microsoft Teams é o aplicativo de videoconferência que faz parte do pacote Office da Microsoft, substituindo o antigo Skype.

Com a pandemia, a Microsoft tornou a ferramenta gratuita, permitindo o acesso de todos os usuários com conta na Microsoft.

O limite de participantes por chamada, que antes era 100, foi estendido para 300. Já as reuniões, que antes eram de 1 hora, também foram estendidas, sendo possível realizar encontros individuais ou em grupo por até 24 horas.

Entre outras funcionalidades, o Microsoft Teams oferece:

  1. Agendamento de reuniões;
  2. Compartilhamento de tela;
  3. Anotação;
  4. Armazenar até 10 GB por equipe;
  5. Armazenar 2 GB por usuário em contas particulares;
  6. Conectar-se com aplicativos como Trello e Evernote;

Apesar de ser gratuito, para ter acesso a alguns recursos é preciso recorrer à versão paga.

imagem de uma mulher de costas, usando uma das ferramentas de videoconferências

3. Google Meet

O Meet é uma ferramenta do Google que conta com três tipos de planos: a versão gratuita, o plano Google Workplace Essentials e o Google Workplace Enterprise.

O programa tem similaridades com o Zoom e o Microsoft Teams, mas busca se diferenciar dos concorrentes oferecendo interações com outros serviços do Google. 

Por exemplo, é possível integrar a plataforma com o Google Calendar, sincronizando reuniões programadas.

Isso traz mais praticidade para quem trabalha online, já que ele “avisa” quando houver uma reunião agendada pelo Meet.

O Google Meet funciona tanto pelo computador, utilizando o navegador, quanto por dispositivos móveis, por meio de app próprio. 

Ao se conectar, o usuário pode permitir a captação de vídeo e áudio, sendo possível transmitir ambas as possibilidades separadamente.

Os recursos disponíveis incluem legendas, recurso para levantar a mão, enquetes e perguntas, fundo de tela, gravações das reuniões, etc.

No plano gratuito, é possível juntar até 100 pessoas ao mesmo tempo. As reuniões têm duração máxima de 24 horas e todos os participantes podem utilizar a função de compartilhamento de tela.

4. Join.me

O Join.me é uma ferramenta com funcionamento um pouco diferente: após se cadastrar, o usuário deve definir um link pessoal, que se tornará a sua sala de reuniões permanente.

Para criar reuniões, ele deve enviar essa URL para outros participantes, que devem clicar no link, informar seu nome e aguardar a aprovação do dono da sala.

O app conta com as versões gratuita e paga, e está disponível para uso diretamente pelo navegador, com extensão para Chrome e para dispositivos móveis, por meio de app próprio.

Outro ponto positivo é que é possível ter acesso a 15 dias de teste da versão Premium. Caso não haja interesse em pagar por ela, a conta é revertida para a versão gratuita automaticamente.

A versão gratuita permite 10 participantes por transmissão, cinco transmissões de vídeo, compartilhamento de tela, transferência de arquivos, ligação pela Internet, entre outros recursos.

5. Cisco Webex

Similar ao Zoom, o Cisco Webex também pode ser utilizado pelo navegador ou por dispositivos móveis. 

Assim como no Join.me, ao fazer o login, o usuário recebe uma URL pessoal que poderá ser permanente.

Acessando a página de perfil, basta preencher os campos com o título da reunião, data e horário do encontro e o e-mail dos participantes.

Depois, o sistema gera e envia automaticamente um convite com um link, senha da reunião e o número de discagem para quem for participar por telefone.

Entre as funcionalidades do Cisco Webex, estão: 

  1. Comando por voz no viva-voz com o Google Assistant e o Google Home Hub;
  2. Possibilidade de entrar diretamente do seu calendário ou widget personalizável;
  3. Agendamento de reuniões ou reprodução de gravações diretamente do aplicativo;
  4. Layouts de vídeo personalizáveis e planos de fundo virtuais;
  5. Compartilhamento de tela com todos os presentes;
  6. Gravar as chamadas em MP4;
  7. Definir ações específicas, como habilitar uma sala de espera para que os convidados possam esperar online enquanto a reunião não inicia. 

Então, gostou das dicas? Já utilizou alguma dessas plataformas para realizar videoconferências? Se você for um produtor digital, não deixe de aproveitar todas as especificidades dessas ferramentas para criar reuniões de alta qualidade com seus clientes ou alunos.

Outra ferramenta ideal para produtores digitais é a HeroSpark, que tem tudo o que você precisa para criar um negócio digital lucrativo em um só lugar.

Pela ferramenta, é possível hospedar cursos online, ebooks, mentorias e outros produtos digitais, criar landing pages, automatizar emails, montar clubes de assinatura e muito mais. E o melhor: a plataforma também é gratuita. Não deixe de conferir.

herospark-bottom-banner-venda-seu-produto-digital

Categorias