importância do marketing para seu negócio

Você sabe a importância do marketing para seu negócio?

Por que o Marketing é importante para o meu negócio?

O que nos difere das máquinas é a capacidade de ter sensações, despertar desejos e sentir emoções. São características como essas que distinguem uma Ferrari de um Mercedes, um Picasso de Romero Britto e um Lionel Messi de Cristiano Ronaldo. Ambos funcionam, mas poucos emocionam. Essa é tarefa do marketing. Ir além da venda de um produto ou serviço e provocar um sentimento.

Mas afinal de contas o que é Marketing?

Philip Kotler, maior autoridade no assunto, afirma que:  “Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. O Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro”.

De uma forma simplificada podemos dizer que a arte do marketing é fazer com que o cliente não apenas compre seu produto, mas também se apaixone pelos valores que você entrega a ponto de divulgar para outras pessoas. O resultado disso é o aumento exponencial das receitas.

Porque Marketing é importante  para o meu negócio?

Para justificarmos a importância do marketing no seu negócio é necessário dividir esse caminho em 5 passos para definir uma jornada de sucesso que vai desde o desejo, passando pela compra e finalizando na promoção do seu produto ou serviço.

Atenção! Promoção e oferta são coisas diferentes.

Não podemos confundir promoção com oferta. Promoção é o ato promover, divulgar, falar bem de algo ou alguém. Já oferta pode se caracteriza pela aquela famosa frase: “pague 2 leve 3”.

 

Vamos aos 5 Passos.

Passo 1:  Para as pessoas saberem sobre o meu negócio

Segundo a sabedoria popular, quem não é visto não é lembrado. Não basta apenas ter um negócio genial, é necessário que as pessoas saibam o que você está fazendo. Um exemplo clássico é o Iphone. Pra muita gente a Apple inventou o smartphone com o lançamento da primeira versão do seu celular inteligente em 2007.  Porém essa inovação foi apresentada em 1992 pela IMB com o IBM Simon Personal Communicator que era um smartphone com tela touchscreen de 4,5 polegadas e memória de 1MB. Ficou curioso? Dá uma olhada nesse vídeo do Tecmundo. O diferencial é que Steve Jobs sabia gerar desejo nas pessoas. Desafio você a ver esse vídeo do lançamento do Iphone e não querer comprar.

Passo 2: Para atrair clientes para o seu negócio

Na era da globalização, dificilmente somos os únicos em um segmento de negócio. Para todo Snapchat tem um Instagram, para toda Cola Cola existe uma Pepsi, no caminho de um Mc Donalds sempre haverá um Burger King. Empresas como essas têm produtos parecidos. O que vai determinar a escolha do cliente é a habilidade que cada empresa tem para identificar e atrair o seu cliente. A marca de refrigerantes Dolly faz isso muito bem. Muita gente acha as propagandas da marca infantil, inocente ou até mesmo bizarras (veja os vídeos). Mas isso é puramente intencional. Eles não querem brigar com as gigantes do ramo. A empresa sabe claramente quem é seu público. Os consumidores da marca não estão interessados em estilo de vida. Os consumidores da marca assimilaram fácil que refrigerante barato é “dollynho”. A prova é um faturamento que chega a 700 milhões de reais por ano.  Nesta parte da jornada de compra o cliente é bombardeado com várias mensagens de publicidade. Quanto mais informações você tiver sobre qual é o perfil do seu cliente, maior a chance dele dar o próximo passo que é buscar mais informações sobre o seu produto.

Passo 3: Para ter informações sobre seu negócio

O tempo em que um consumidor comprava um produto cegamente ficou no século passado. Acabou com a democratização da internet. Certamente antes de você comprar um celular você deve ter visto um vídeo no Youtube ou procurado se existem reclamações sobre ele no site Reclame Aqui. O mundo mudou e é assim que as pessoas consomem hoje em dia. Já não é suficiente contratar uma celebridade para dizer que algum produto ou serviço é bom. Os consumidores querem ver a opinião de pessoas como eles para ter certeza se vão comprar ou não. E não tem nada mais frustrante do que sentir o desejo de comprar algo e não encontrar informações suficientes sobre determinado produto. Pensando bem até tem sim. Quem nunca passou pela situação de ir a uma loja física e fazer umas duas ou três perguntas e ouvir do vendedor aquela frase clássica “eu vou ver o que diz no manual”?  Se seu cliente não encontrar informações necessárias certamente a jornada de compra será interrompida no meio do caminho.

Passo 4: Para comprar o seu negócio

Essa  é a fase que cliente e vendedor ficam felizes. O cliente pelo desejo e satisfação e o vendedor pela venda concretizada. Porém a jornada não acaba aqui. Apenas vender não é suficiente. Nesta etapa o cliente está na fase que podemos chamar de experiência do usuário. Se ele não gostar certamente ele vai  “xingar muito no twitter”, ou  vai falar pra muita gente no boca a boca que não gostou. O fato dele consumir não quer dizer diretamente que ele gostou. Muitas vezes ele não tem outra opção. As operadoras de telefonia são a maior prova. Reportagem do jornal O Globo mostrou que elas ainda são as campeãs de reclamações. A jornada só fica completa quando ele compartilha com outras pessoas a boa experiência que teve com seu negócio.

importancia do marketing: O globo

Passo 5 : Para recomendar seu negócio

Se você cumpriu todos os passos anteriores com êxito, nesta fase o cliente vai fazer apologia do seu negócio. E muitas vezes de forma gratuita. Se ele gostou vai continuar compra da marca, recompra a marca e recomenda. Consumidores satisfeitos, com o tempo passam a defender seu negócio como se fosse dele, estabelecendo uma relação até mesmo afetiva com alguns produtos, marcas ou empresas. A esses clientes chamamos de evangelizadores, pessoas que vão espalhar o seu negócio pelo fato de terem conseguido completar a jornada de compra, tornando-se fiéis ao seu produto ou serviço.

Mas ainda não acabou!

Se você deseja aumentar a suas vendas, esse processo deve ser feito constantemente ao ponto de ir além de uma simples metodologia e se tornar uma cultura dentro da sua empresa. Se você gostou desse post eu quero te indicar esse ebook gratuito sobre 5 MANEIRAS DE MOTIVAR E ENGAJAR COLABORADORES.

Agora boa leitura, bom relacionamento com seus clientes e boas vendas.


Categorias