herospark-midi-banner-venda-seu-produto-digital

Um dos maiores gargalos no mundo empresarial, seja ele físico ou digital, é o setor financeiro. 

E você, empreendedor digital, tem ideia do por quê? 

Em pesquisa realizada pelo SPC, foi registrado que mais da metade dos entrevistados não controlam sua vida financeira!  

Podemos imaginar que a escassez de conhecimento financeiro leva à falta de domínio, seja na vida pessoal ou no mundo dos negócios, concorda? 

Então, diante do cenário acima, leia este artigo e entenda como melhorar a saúde financeira da sua empresa. Você vai se amarrar! 

Planejamento Financeiro para o Negócio Digital

Sabe aquele bordão que diz: “Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”? 

Pois é… você que é empreendedor não pode esquecer dele. 

Saber diferenciar a vida pessoal (Pessoa Física – PF) da vida empresarial (Pessoa Jurídica – PJ) é o básico para começar quaisquer tipos de negócios, principalmente o digital.

Então, aproveita e confere aqui 3 dicas bem bacanas para manter a saúde financeira, da sua empresa, equilibrada: 

  1. Não misture o cartão de crédito PF com PJ;
  2. seja cauteloso e realista ao estipular a retirada mensal fixa (pró-labore) na sua empresa;
  3. não pague contas da PF pela empresa e vice-versa.

Seguindo esses conselhos, você já terá uma boa base para se aprofundar no Planejamento Financeiro

O que é Planejamento Financeiro?

Quando você pensa em abrir uma empresa digital, o planejamento estratégico vem em primeiro plano, certo? 

E as ações: definir metas, determinar prazos e calcular os recursos para investimento no  produtos/serviços servirão de guias. 

Mas, para que suas estratégias estejam organizadas e ajustadas, o planejamento financeiro terá que fazer parte do processo. 

Afinal, é o plano financeiro que vai fazer você enxergar: 

  • A viabilidade, por exemplo, da compra de um equipamento para iniciar o negócio; 
  • ou quando/quanto poderá ser investido em um produto/serviço, que ainda não é positivo para a empresa.

Mas, o que é planejamento financeiro? 

  • É a capacidade que o empreendedor tem de traçar metas com a finalidade de equilibrar a saúde financeira da sua empresa.

Vamos a um exemplo prático: 

Sua empresa digital deseja lançar um produto/serviço no mercado com inovação e tecnologia de ponta; mas para isso precisa adquirir um novo equipamento.

Você, então, coloca na ponta do lápis o valor do equipamento. 

Em seguida, consultando o planejamento financeiro, vai observar as metas, prazos e  calcular quanto vai ganhar e quanto vai ter de despesas para implantação. 

É exatamente nessa hora que você vai perceber se vai ser possível adquirir o novo apetrecho ou não. 

E aí você se questiona: 

Será viável agora? Ou será necessário aguardar mais um pouco, quando alcançarei uma margem de lucro maior

Vai mais a fundo ainda: que tempo devo aguardar: três ou quatro meses?

Sim, somente com o planejamento financeiro concebido, as respostas virão! É ele que vai possibilitar que você visualize este prazo sem arriscar a saúde financeira. Sacou?

A importância do Planejamento Financeiro

Pense que o plano financeiro vai nortear sua empresa em pontos estratégicos, como: 

  • Fluxo de caixa; 
  • em quais atividades internas e externas poderão causar risco à empresa; 
  • nas operações bancárias (melhor hora para investir/resgatar).

Você vai poder acompanhar os resultados da sua empresa mensalmente. Com clareza nos objetivos, tomando decisões com eficácia, eficiência e com mais assertividade. 

Saindo na frente dos concorrentes! 

A esta altura você deve estar se perguntando: E como faço para organizar financeiramente minha empresa?

É o nosso próximo estágio! Confere com a gente! 

5 passos para ter um bom planejamento financeiro

Raio-X da empresa

Aqui é necessário detalhar cada gasto e cada ganho da empresa. 

Diagnosticar todos os produtos/serviços. Especifique seus pontos fracos e fortes e conheça financeiramente cada um deles: 

  • qual deles tem melhor receita, e, em que prazo consigo aumentar ainda mais essa receita?
  • qual deles tem maior gasto? E, como conseguir reduzir as despesas, a fim de torná-lo positivo?

Traçando objetivos

Após a análise acima, é chegada a hora de traçar objetivos. 

  • Onde minha empresa pretende chegar? Quantos produtos/serviços desejo lançar, e, em quanto tempo? Como mensurar?

Mas, é importante traçar metas com objetivos alcançáveis. Lembre que existem forças internas e externas, assim como, as oportunidades, estudá-las é essencial! 

Abra uma conta no banco para sua empresa

Um bom controle financeiro começa com total separação de pessoas física e jurídica.

Então nada adianta se você não abrir uma conta exclusivamente para sua empresa. Nela você poderá ter um espelho exato de como anda a vida financeira empresarial. 

Terá total conhecimento do que possui, e de como proceder nas operações bancárias. 

Controle Financeiro

Se você: 

  • Cumpriu as etapas acima; 
  • elaborou, cuidadosamente, o planejamento estratégico; 
  • sintetizou e organizou: despesas gerais, receitas e gastos por produtos/serviços…

… sua gestão do controle financeiro vai ser tranquila. 

Abaixo segue conjunto de ações para um planejamento de sucesso: 

  • Controle entradas e saídas;
  • avalie relatórios financeiros;
  • verifique saldos bancários e reservas financeiras.

Fluxo de Caixa

Os registros no fluxo de caixa que vão espelhar sua empresa. Alimentá-lo diariamente, fará você assimilar a realidade de sua empresa. 

Ou seja, é aqui que você vai saber se está tendo bons resultados ou não.

Você pode acompanhar esse registro desenvolvendo uma planilha no Excel, ou adquirindo um software próprio para esta função. 

Mas, caso não tenha recursos disponíveis por agora, já existem algumas ferramentas gratuitas, online, para você operar. 

Hmmm… se você se preocupa com todos esses pontos acima, é porque você deseja ter uma empresa redondinha, não é mesmo?

E, para que isso aconteça sem percalços, é importante lembrar que existe um parceiro forte para essa hora: o consultor contábil financeiro. Veja aqui!

Consultor Contábil e Financeiro é um contador hitech

Aqui, vale lembrar a importância de reunir três forças: gestão administrativa, contábil e financeira. 

Pois é… o contador pode ser seu grande parceiro! Ele vai tirar de letra em ações como: 

  • pagar boletos e impostos em dia; 
  • aplicar a burocracia exigida com inteligência e rapidez; 
  • estudar a legislação vigente, a fim de viabilizar o melhor funcionamento de sua empresa; 
  • analisar o melhor regime de tributos para sua empresa, e por aí vai…

Ao contratar um escritório de contabilidade, se assegure que eles sejam hitech como você!  

Ah! E, que opere junto à Contabilidade Digital e que ao contratá-lo você possa contar, também, com o sistema BPO Financeiro

herospark-bottom-banner-venda-seu-produto-digital

Categorias