tipos de microfone

Tipos de microfone: quais os melhores para sua videoaula

Para quem está começando na área audiovisual, investir em equipamentos é necessário. Mas com tantos tipos de microfone disponíveis no mercado, fica difícil saber qual é o ideal para o seu negócio. Em um primeiro momento, optar pelo mais barato pode ser bem atrativo, contudo nem sempre é a melhor opção. Portanto, se você quer começar na área audiovisual ou trocar seus equipamentos, veja nossas dicas para acertar no melhor microfone.

Veja também: como montar um home studio gastando pouco?

 

tipos de microfone

 

Como escolher dentre os vários tipos de microfone?

Não existe uma resposta certa para isso. O melhor microfone do mundo pode simplesmente não ser o que se encaixa com as suas necessidades. Por exemplo, se você faz gravações externas, um microfone de mesa não é o ideal para você. Existem limitações que interferem na usabilidade de acordo com como ele será usado, isso independente da qualidade do áudio gravado. Por mais que o microfone de mesa tenha uma qualidade boa, fica quase impossível usá-lo em cenas externas, não é mesmo?

Então, antes de sair escolhendo entre os mais variados tipos de microfone tente responder a essas duas perguntas:

  • O que eu pretendo gravar?
  • Quanto eu posso investir?

Essas duas perguntas vão nortear a escolha do microfone ideal para a sua necessidade e orçamento. A primeira vai ser a base da escolha entre os tipos de microfone, pois cada um vai ter especificidades. Pense se você irá gravar apenas a voz (locução), instrumentos, cenas externas ou mesmo se vai precisar de um microfone que seja fácil de mover.

A segunda refere-se ao valor que você está disposto a pagar. Pode parecer óbvio, mas não é tão simples assim. Por mais que possa investir uma quantia alta, talvez o microfone mais caro não seja o melhor para o que você precise. Muitas vezes um microfone caro tem uma qualidade muito maior, isso é verdade. Mas pode haver outros com uma qualidade semelhante e com o preço mais em conta. Então, é necessário colocar na balança a qualidade do microfone e o valor que está no mercado.

Agora, para que você possa escolher o ideal para você, conheça os tipos de microfones:

Diferença entre os tipos de microfone

Geralmente, quando falamos em microfone, lembramos quase que automaticamente dos que cantores e apresentadores de TV usam. Mas existem outros tipos desse equipamento que se diferenciam pela forma como captam o som. São eles:

  • Unidirecionais – captam o som de uma direção apenas;
  • Bidirecionais – o som é captado nas duas direções. Mesmo que o apresentador ou locutor esteja de costas;
  • Omnidirecionais – captam o som do ambiente todo.

Além disso, os microfones se diferenciam pelos dinâmicos e condensadores. O dinâmico é capaz de suportar pressões altas. Portanto, esse é o tipo ideal para quem deseja gravar instrumentos mais graves e altos como a bateria, por exemplo.

Já os condensadores são capazes de captar o som com riqueza de detalhes. É excelente para quem precisa de uma qualidade de som mais fina, para captar vozes humanas ou mesmo uma orquestra. Os microfones condensadores, por sua vez, precisam – obrigatoriamente – estar conectados à energia elétrica, pois demanda um uso de energia maior.

Bom, agora que você já sabe o básico sobre as diferenças dos tipos microfone, conheça alguns modelos. Atualmente no mercado existem vários modelos. Os mais comuns são os de lapela, os portáteis e os direcionais. Veja a diferença entre eles e escolha o que mais se adapta às suas necessidades.

Microfone profissional

Microfones desse segmento podem ser dinâmicos ou condensadores. A principal diferença dele para os demais tipos de microfone é a qualidade de som. Além disso ele proporciona uma captação de áudios sem ruídos.

Para quem trabalha na área e necessita de altíssima qualidade, o microfone profissional é ideal. Porém, é necessário fazer uma pesquisa de mercado para ver o melhor custo benefício, já que o investimento será grande.

Microfone semi-profissional

Os microfones semi-profissionais têm uma boa qualidade, porém um pouco abaixo dos microfones profissionais. São ótimos para quem trabalha no ramo e precisa de uma ferramenta de qualidade, mas não tem como investir em equipamentos profissionais.

Microfone lapela

O microfone de lapela é muito utilizado em programas de TV e gravações externas, já que são fáceis de serem utilizados. São aqueles que ficam presos por uma presilha na camisa ou camiseta de quem está falando. Esse modelo não é exatamente o mais barato. Em média, os de boa qualidade saem em torno de R$580. Contudo, é possível encontrar modelos por preços mais acessíveis.

O microfone lapela, por ser omnidirecional, capta o som em todas as direções. Mas é necessário que ele esteja o mais próximo possível da boca, pois o som é captado pela distância e não somente pela direção em que está sendo propagado. Quanto mais próximo da boca, melhor a qualidade de áudio e menor a captação de ruídos externos.

Portanto, se você precisa de um microfone que te dê uma liberdade maior, o de lapela é o ideal, já que não é necessário carregar um gravador junto.

Microfone Bluetooth

O microfone Bluetooth ó ótimo para quem precisa de mais liberdade, já que não possui fios e pode ser ligado a praticamente todos os aparelhos, através da tecnologia bluetooth. Pode ser conectado até mesmo a um celular e usar um aplicativo que faça a gravação, não sendo necessário o uso de gravadores.

No mercado é possível achar esse tipo de microfone a partir de R$ 100. Mas é preciso se atentar a proximidade dos aparelhos, pois qualquer interferência pode prejudicar a qualidade do som.

Microfone Boom ou shotgun

Esse é um dos tipos de microfone mais utilizados em programas de TV e cinema. São microfones direcionais, portanto precisam estar apontados para o local em que será gravado o som. Diferente do microfone de lapela, o direcional é maior e pode ser usado acoplado em câmeras profissionais ou em um monopé. Isso pode ser um fator limitador para quem precisa de um pouco mais de mobilidade ou não tem tanto espaço assim.

Entretanto, se você precisa de um microfone que seja capaz de eliminar os ruídos externos, ele é o ideal. Pode ser utilizado em ambientes internos e externos, basta deixá-lo direcionado para o som, para uma captação mais limpa.

Os microfones direcionais têm um custo mais elevado no mercado, sendo em torno de R$3 mil. Então, é necessário colocar na balança quais são suas necessidades reais, para aí sim tomar a decisão de compra.

Microfone USB

Com a profissionalização dos youtubers, tornaram-se necessários microfones que fossem mais fáceis de serem utilizados. No caso de quem grava vídeos em frente ao computador, nada melhor do que um microfone ligado a USB.

Se sua ideia é gravar sentado, sem a necessidade de movimentar-se ou trocar de local com frequência. No mercado é possível encontrar esse microfone em torno de R$ 600, dependendo do modelo escolhido.

Microfone Blue Yeti

Blue Yeti é uma marca de microfones que proporciona autoridade para quem está usando. A liberdade de manuseio é completa, sendo possível mudar as configurações para facilitar o uso.

Outro ponto forte desse microfone é que a entrada dele é por USB, dispensando o uso de gravadores. O preço no mercado varia de acordo com o modelo, mas é possível encontrar a partir de R$ 600.

Microfone sem fio

Esse tipo de microfone geralmente é dinâmico e direcional, ou seja, não captam sons de fora. Portanto, têm menos sensibilidade, o que prejudica um pouco a qualidade de som.

É ótimo para quem precisa carregá-lo para todos os cantos, como em shows, palestras ou apresentações.

A necessidade é o principal direcional na hora da escolha

Agora que você já conhece como os diferentes tipos de microfone funcionam e os modelos existentes no mercado, já é possível escolher o ideal para você. Só não se esqueça de colocar na balança a necessidade e o investimento a ser feito.

 

CTA ebook cursos online

ebookcursos-online


Categorias