A internet chegou para revolucionar a forma de trabalhar. E a profissão de afiliado está conquistando cada vez mais pessoas. A disseminação desse novo meio como facilitador faz com que as pessoas tenham cada vez mais confiança para realizar transações financeiras online. 

Neste novo universo, há uma forma de empreendedorismo digital que une infoprodutos, anunciantes, produtores de conteúdos e consumidores: o programa de afiliados. Para quem não sabe, esse modo de empreender usa a tecnologia e inovação como base de seus negócios e assim lucra com condições mais flexíveis e simples de trabalho. 

O programa de afiliados ganhou bastante popularidade nos últimos anos e pode ser a porta de entrada para quem quer trabalhar em casa e ganhar dinheiro com a Internet. 

Quer saber tudo sobre esse assunto e descobrir se o programa de afiliados é perfeito para você?

Então acompanhe o texto a seguir! 

O que é programa de afiliados?

Um programa de afiliados é uma estratégia clássica de marketing e surgiu bem antes da Internet. O que mudou é que os meios digitais potencializaram essa forma de venda que, basicamente, funciona unindo criadores de conteúdo com vendedores (ou produtores).

O cadastro pode acontecer em um site que agrega vários tipos de programa de afiliados ou no site das próprias marcas. Lá, os interessados se inscrevem para divulgar os produtos através dos próprios sites, blogs ou redes sociais.  

Cada parte deste programa tem um papel definido. A marca quer comercializar seus produtos em outros meios além do próprio site e anúncios online e offline, aumentando as vendas e o alcance dentro da Internet. 

E não tem regra sobre o que pode ser vendido ou não no universo dos programas de afiliados. Há desde infoprodutos (ebooks e videoaulas), consultores e até “gigantes” do e-commerce, como Amazon e Submarino. 

Já o papel do afiliado é usar a sua plataforma para divulgar e vender os produtos. Isso pode acontecer através de resenhas ou banners no seu site/blog. Se ele consegue realizar uma venda, ganha uma comissão em cima do produto. O registro da compra é realizado através de um link especial, e cada afiliado possui uma sequência dentro do endereço virtual para que as lojas possam rastrear de onde veio àquela venda. 

Programa de afiliados: benefícios para os dois lados 

Quando pensamos em grandes lojas, no primeiro momento pode não fazer sentido o porquê elas participarem de um programa como esse. A Amazon, por exemplo, é um dos maiores sites do mundo e por si só já consegue alcançar muitas pessoas. Fica então o questionamento: por que ela tem o seu próprio programa de afiliados? 

A resposta é bem simples: propaganda praticamente gratuita se você refletir sobre o quanto aquela marca vai ter de retorno. Um programa de afiliados nada mais é que, do ponto de vista da marca, ter um leque de embaixadores – pessoas que voluntariamente vão divulgar a sua marca. 

Isso é especialmente válido para quem tem negócios nichados, que costumam ter mais dificuldade de alcançar o seu público-alvo. Quanto mais pessoas comercializando seus produtos, maiores são as chances daquela marca ser conhecida. Influenciadores digitais já falam com o target que as empresas precisam atingir para lucrarem, então por que não fazer essa parceria? 

Do ponto de vista dos afiliados, se inscrever no programa só tem pontos positivos.  O cadastro é gratuito e dura apenas alguns minutos. A partir daí, a pessoa já pode inserir os códigos em banners ou links para direcionar o público para o produto em si, podendo ganhar comissão logo no primeiro dia. 

Como se tornar um afiliado? 

Com a crescente popularização dos Programas de Afiliados, hoje o mercado comporta diferentes tipos de programa. Na hora de escolher de qual participar, faça uma pesquisa sobre quais têm mais a ver com a sua personalidade e, principalmente, com o tipo de público com quem você conversa.

Esse é, inclusive, um erro muito comum de quem quer ser um afiliado. Na busca pelo sonho de trabalhar em casa e ganhar dinheiro com Internet, muitos enchem seus sites ou blog com anúncios variados na esperança que os visitantes irão comprar. Mas não é bem por aí: quem quer criar conteúdo e viver disso precisa entender que conexão é tudo. 

Ou seja, para o negócio dar certo, os produtos anunciados precisam conversar com o assunto daquela plataforma. Não faz sentido um site especializado em motos clássicas vincular propaganda de kit de costura, por exemplo. Por isso, antes de começar o processo para se tornar um afiliado, estude bem a sua audiência para saber o que interessa para ela. 

Com isso em mente, podemos passar para a etapa seguinte. De modo geral, os programas de afiliados cadastram os interessados de maneira gratuita contanto que sejam apresentados um e-mail válido e um documento oficial com foto. É preciso ter pelo menos 18 anos e fazer o cadastro na plataforma escolhida para afiliados.

Apesar de termos focado em pessoas que já possuem algum tipo de canal (blog, site ou redes sociais), esse não é um fator decisivo para ser afiliado. Você pode usar aplicativos de mensagens ou o boca a boca para divulgar os produtos. Porém, o mais recomendado é que as propagandas sejam feitas em uma plataforma de conteúdo. Dessa forma, você transmite mais credibilidade e pode usar esse canal para apresentar melhor os produtos.

Exemplo de programas de afiliados 

Agora que já entendemos o conceito de afiliados, vamos ver na prática como funciona? 

Confira a seguir alguns exemplos de empresas conhecidas que são adeptas desse sistema.

Google AdSense

O AdSense é a plataforma oficial de anúncios da Google e é uma das mais procuradas por quem quer ganhar dinheiro através de programa de afiliados. Ela não funciona por venda e sim por clique, então toda vez que alguém clicar em um banner do Google em seu site, você ganha uma comissão.

Os anúncios são revisados para garantir que sejam de alta qualidade e relevantes para o público-alvo. O produtor de conteúdo pode bloquear os anúncios, personalizar onde os anúncios são exibidos e escolha os tipos mais adequados para o site.

Netshoes

Esse programa de afiliados é recomendado para todos, mas em especial para quem tem algum programa voltado para esporte e vida saudável. A cada venda realizada por meio do seu site, você ganha comissão de acordo com a sua faixa de venda – a comissão pode chegar até 16%, uma taxa bem alta se comparada de outros programas. 

Da mesma forma que a Amazon (iremos falar sobre ela mais pra frente), a Netshoes é uma marca que, por si só, já atrai as pessoas. Hoje é a maior loja no segmento de artigos esportivos do mundo e é bastante conhecida pelos consumidores. Essa confiança faz com que os clientes comprem com mais facilidade.

Bet 365

Bastante conhecida no exterior e com entrada já significativa no Brasil, a Bet 365 é uma plataforma de apostas online. Neste caso, o programa de afiliados não funciona por vendas e sim por cadastros válidos realizados. 

Ou seja: quanto mais pessoas você atrair para se cadastrarem na plataforma, mais dinheiro ganhará.

Uol Afiliados

Já são mais de 150 mil pessoas cadastradas que ganham por cliques, leads ou vendas realizadas. A UOL Afiliados fornece um extrato e possibilita a criação de relatórios personalizados para cada necessidade. 

O pagamento em data fixa atrai muitos criadores, que podem anunciar através de banners, links, e-mail marketing e XML. Dentro do site o interessado pode conhecer mais as campanhas e como funciona o ganho em cima de cada uma delas.

Amazon

Uma das mais queridinhas entre os afiliados. Ela é gratuita e o produtor de conteúdo pode escolher entre os milhares de produtos oferecidos pela plataforma. As comissões podem chegar até 10% em cima do valor do item anunciado. 

A principal vantagem de se inscrever no programa de afiliados da Amazon é o peso que a marca traz. Isso passa confiabilidade para o consumidor, o que pode alavancar suas vendas.

HeroSpark

A HeroSpark é a principal solução para empreendedorismo digital na América Latina, com atuação em mais de 20 países. Com foco em oferecer cursos online, a empresa possui um dos melhores programas de afiliados do mercado, visto que preza pela alta qualidade dos seus cursos online oferecidos em seu portfólio.

Na HeroSpark, você pode ser tanto um produtor, ou seja, produzir seu próprio curso online e/ou afiliado, onde poderá vender cursos dos próprios produtores da empresa.

Agora que você já sabe o que é programa de afiliados e como participar de um, é hora de colocar nossas dicas em ação. 

Quem quer ser um empreendedor digital encontra nesse meio uma excelente oportunidade para testar a adesão do público e ver se é um negócio viável de ser mantido. 

Quer saber sobre outras formas de trabalhar de casa e ganhar dinheiro na Internet? Mantenha-se atualizado acompanhando os artigos do nosso blog e assine a nossa newsletter para receber as novidades sempre em primeira mão. 


Categorias