Horas de trânsito, agenda atarefada e formatos de aula que muitas vezes não prendem a atenção dos alunos. Ser professor hoje em dia requer muita paciência e dedicação. Como competir com o Instagram, vídeos do Youtube e textos rápidos que ensinam muita coisa para os jovens em menos de 5 minutos? O nosso texto de hoje fala sobre uma maneira diferente, porém cada vez mais comum, de dar aulas particulares, usando a Internet. 

Os professores muitas vezes encaram as novas tecnologias como inimigas em vez de aliadas. Afinal, esses profissionais sabem que não é fácil ter que dividir a atenção dos alunos com os smartphones. A proposta deste artigo é mudar um pouco essa perspectiva: se você é professor, que tal usar a Internet ao seu favor para ganhar uma renda extra?  Ou seja, que tal ganhar dinheiro dando aulas particulares 100% online?

No texto de hoje vamos falar sobre dois temas macros como:

Como dar aulas particulares online?

Vantagens de dar aulas particulares online

Dentro de cada um deles vamos dar dicas e ideias de como tornar a internet a sua maior aliada. Caso você não saiba como começar, nós separamos as principais informações para você dar os primeiros passos neste segmento. 

Boa leitura!

Como dar aulas particulares online?

Professor online ainda é professor. Isso significa que também vai ter que lidar com alunos, suas expectativas e frustrações, fazer um planejamento para cada aula e por aí vai. No fim das contas, a essência é a mesma nos universos físico e digital. Dá só uma olhada: 

Defina o assunto que será ensinado

Parece óbvio, mas não é. Para você começar a dar aulas particulares na Internet, é preciso saber qual o tema que você irá abordar. O lado positivo é que praticamente tudo pode ser ensinado online: desde disciplinas cobradas no colégio e faculdade, idiomas e até atividades manuais, como pintura e bordado. 

Quem já é professor de formação pode ministrar aulas sobre os temas que já ensina em uma sala de aula. Isso vai facilitar muito na hora da divulgação, porque os alunos já irão reconhecer o seu nome e poderão te indicar para outros colegas. Mas não se preocupe! Nós vamos dar dicas de como atrair alunos para as aulas particulares mais para frente.

Seja organizado

Sem uma boa organização, nenhum trabalho é feito. Isso vale em especial para quem quer empreender no mundo digital, já que as diversas plataformas podem provocar dispersão das informações. 

O primeiro passo é criar uma conta de e-mail para organizar em um só lugar todas as comunicações com alunos. Nós recomendamos o Gmail, porque lá você terá direito a outras ferramentas que irão te ajudar. Use o Google Agenda para controlar os horários e o Drive para compartilhar os materiais da aula. 

Elabore materiais de apoio 

Assim como nas aulas presenciais, as aulas online também precisam de materiais de apoio. Nada mais são do que arquivos em Word ou PDF que podem ser consultados pelos alunos depois da aula. Aproveite que o ambiente online oferece um leque maior de oportunidades e indique -ebooks, vídeos e até mesmo músicas para aumentar a absorção do conteúdo dado.

A dica anterior falou da importância da organização, e esse é um dos momentos de colocar as sugestões em prática. Crie uma pasta só para você, com todos os materiais de apoio separados da forma como achar melhor – pode ser por nível, ordem alfabética, enfim. 

O objetivo é que você tenha fácil acesso a esse conteúdo e consiga localizar o arquivo desejado sem estresse. Depois, crie uma pasta para cada aluno atendido, assim você consegue repassar os materiais de apoio de maneira simples e os estudantes podem acessar de onde estiverem. 

Tenha uma Internet de qualidade

Este tópico para muitos vai soar como uma obviedade, mas que é uma questão importante a ser levantada. Se você quer usar a Internet como fonte de renda extra e dar aulas particulares online, é preciso contratar um bom plano de rede. Assim você evita dar aulas com constantes interrupções, que podem prejudicar o aprendizado do aluno. 

Além disso, você precisa instalar um bom software de comunicação. O Skype é um dos programas mais usados para esse fim, mas você pode optar pelo Google Hangouts ou o Zoom, por exemplo.

Também é muito importante ter o apoio de uma boa plataforma de cursos online. A EADBOX tem tudo o que você precisa para ensinar e criar um negócio digital lucrativo. Nosso time de especialistas em ensino online é extremamente capacitado e está pronto para te ajudar a escalar o seu negócio.

Vantagens de dar aulas particulares online

São três os principais motivos que mais atraem os professores para o universo das aulas particulares online:

Ganhar renda extra sem sair de casa

O Brasil conta com 2,1 milhões de professores em atividade, dando aula entre o Jardim de Infância e o Ensino Médio. A estatística reflete a triste realidade que a maioria vive: 99% deles ganham menos do que R$ 3.500 por mês. 

Esse dinheiro mal dá para pagar as contas, em especial nas grandes capitais, em que o custo de vida costuma ser mais elevado. Por isso, muitos acabam recorrendo aos famosos “bicos” para garantir uma renda extra – e as aulas particulares são uma das formas mais comuns. Porém, ao fazer isso presencialmente, o profissional não atinge todo o potencial que poderia alcançar se fizesse isso de forma online. 

Você pode ministrar as aulas na sua própria casa, contanto que siga nossas indicações de ter uma conexão de qualidade e um bom programa para falar com seus alunos. Como consequência, o retorno financeiro será maior, porque você poderá atender mais pessoas do que antes ao eliminar a necessidade deslocamento. 

Por exemplo: no período de cinco horas, o professor só conseguiria dar, no máximo, três aulas particulares no mundo “físico”. Essas duas horas seriam desperdiçadas no deslocamento, isso se considerarmos que a cidade em questão tem uma boa rede de transporte. Quando vamos para o mundo online, é possível ocupar às cinco horas inteiras com aulas, porque o ir e vir é substituído por encerrar um atendimento e começar outro. 

Outro fator que ajuda a impulsionar a renda extra das aulas particulares online é que o professor acaba economizando com passagem, gasolina e alimentação. Esse é, inclusive, um dos maiores gastos do trabalhador – e muitas vezes não nos damos conta disso. É uma passagem aqui, um lanchinho ali… No fim do mês, isso tem muita diferença. 

Quando se trabalha de casa, isso muda. O gasto com gasolina ou passagem deixa de existir, e os lanches feitos na própria cozinha são bem mais em conta do que nas lanchonetes. Seu bolso agradece!

Ser o próprio chefe 

Se você investir no ramo, pode transformar essa renda extra na sua principal fonte de sustento. E, aos poucos, você ganhará mais autonomia e poderá ser o próprio chefe. É claro que você ainda terá que lidar com o público na hora de ministrar as aulas particulares. A diferença é que as suas decisões não precisam passar pelo aval de ninguém. 

Muitos professores que começaram nesse segmento e hoje dão cursos inteiros em plataformas de EAD, aumentando o seu alcance e multiplicando seus ganhos. 

Alcançar pessoas de diversos estados 

Quem empreende no mundo digital sabe que o alcance é infinitamente maior se comparado ao mundo físico. Se você dá aula de francês, por exemplo, acaba se limitando a ir para determinados bairros, seja por uma questão de logística, segurança ou transporte. Como consequência, os seus ganhos também são limitados. 

Esse empecilho deixa de existir quando as aulas acontecem online. Através de um programa como o Skype, você consegue atender qualquer pessoa, independente da onde ela está – pode ser em diferentes bairros, cidades, estados e até mesmo países. Imagina só ensinar francês para um americano sem sair do Brasil, com interações em tempo real? Essa situação era impossível alguns anos atrás e hoje é extremamente fácil. 

Agora que você sabe como ganhar dinheiro dando aulas particulares pela Internet, é hora de colocar as dicas em prática! Se tiver alguma dúvida, nossos especialistas em vendas de curso online estão à disposição. 

Assine a nossa Newsletter para receber novidades e textos sobre empreendedorismo e educação.


Categorias