benchmarking

Benchmarking: aprenda com as melhores práticas no mercado

Benchmarking é a ferramenta mais usada para analisar a concorrência. Independente do tamanho da sua empresa e quantidade de funcionários, analisar o cenário em que a empresa está inserida é de extrema importância. Essa ferramenta é usada para analisar como os produtos, serviços e os processos internos estão sendo desempenhados, comparados com a concorrência. Essa verificação é necessária para que a empresa não pare no tempo e acompanhe a evolução da sociedade.

 

benchmarking

 

Por que o benchmarking é tão importante para as empresas?

Quem nunca se comparou com outras pessoas que atire a primeira pedra. Quando feito de forma saudável é extremamente positivo para uma melhora significativa. Dentro das empresas não é diferente. Para poder crescer, melhorar o engajamento e relacionamento com os clientes, aumento nas vendas e melhora no posicionamento da marca, fazer análise é essencial.

Nesse ponto o benchmarking é crucial para empresas, pois as direciona para a melhoria afim de evoluir as estratégias e, consequentemente, aumentar as vendas.

Veja também: matriz BCG: tome decisões assertivas com essa ferramenta.

Benchmarking na estratégia de marketing digital

Hoje é impossível viver fora do mundo digital. Seja para gerar leads, crescer o número de visitas, aumentar a presença nas redes sociais ou melhorar o posicionamento do site da sua empresa nas buscas orgânicas. O benchmarking pode (e deve) ser usado em sua estratégia de marketing para promover insights do que está ou não funcionando em para o seu negócio.

Apesar de parecer, usar o benchmarking como estratégia não quer dizer ficar refém dos passos dados por seus concorrentes. Essa análise deve ser feita puramente para avaliar o que está sendo feito no mercado e analisar como a empresa está lidando e evoluindo.

Tipos de benchmarking

Existem quatro tipos:

  • Benchmarking interno – as análises são feitas dentro da própria empresa, buscando melhorar as práticas e desenvolver metodologias;
  • Benchmarking competitivo – é a análise de concorrências afim de superá-las em performance e resultados;
  • Benchmarking funcional – é a comparação entre empresas, mesmo que não sejam do mesmo ramo;
  • Benchmarking de cooperação – empresas concorrentes compartilham informações para crescerem em conjunto.

Bom, agora que você já sabe o que é o benchmarking e a diferença entre os tipos existentes, veja como colocá-lo em prática:

1- Faça uma lista com os três principais concorrente de sua empresa, de preferência do seu segmento. Depois de analisados os concorrentes diretos, faça uma lista com concorrentes de outros segmentos para aumentar a gama de insights obtidos.

2- Determine os parâmetros para análise, tanto na forma qualitativa quanto na forma quantitativa. Os critérios podem variar de acordo com sua estratégia de marketing.

3- Recolha os dados para análise.

4- Faça a comparação.

5- Liste os pontos positivos e negativos e em cima disso crie estratégias para alcançar maiores resultados.

Para fechar conheça alguns benefícios de usar essa ferramenta:

  • A empresa torna-se ciente dos processos internos e, consequentemente, tem mais segurança no que faz;
  • Promove crescimento e concorrência consciente para o meio empresarial, tornando-o competitivo e alimentando o mercado;
  • Promove o crescimento e mudança contínua do cenário em relação aos concorrentes diretos e indiretos.

Agora que você já sabe como o benchmarking funciona, que tal colocá-lo em prática?

 

CTA Consultoria

consultoria ead


Categorias