Saber o que é CAC é essencial. Trata-se do custo de Aquisição de Clientes. A métrica é fundamental para sua estratégia de negócio, pois permite avaliar como está a saúde financeira da empresa – afinal, indica se você tem ou não lucro com seus clientes.

O cálculo pode ser de grande ajuda, tanto para empresas iniciantes quanto para as veteranas. Venha entender como seu time de marketing pode otimizar o CAC e obter melhores resultados.

O que você deve saber sobre CAC

O CAC mostra o quanto seu negócio está investindo para conquistar novos clientes, levando em conta todo o desempenho do seu time ao longo de todo funil de vendas. 

Para ser mais preciso, o ideal seria que a empresa já tivesse uma noção sobre o quanto gasta por cliente; bem como o número de clientes que já tem e o quanto investe dentro do processo de vendas. Ou seja, saber quanto gasta em cada etapa da jornada de compras, desde a atração de visitantes e da nutrição dos leads e até a conversão.

A riqueza de dados vai ser favorável para ganhar tempo no cálculo do CAC.

Como calcular o CAC (Custo de Aquisição de Clientes)

Para calcular o CAC, o que é preciso saber? 

Primeiro, levante tudo o que gira em torno da captação do cliente. Alguns custo que você deve considerar são: 

  • Estratégias de divulgação,
  • Investimentos em mídia paga (online ou física),
  • Treinamento de colaboradores,
  • Assessoria de imprensa,
  • Salários da equipe,
  • Materiais impressos,
  • Assinatura de softwares,
  • Viagens,
  • Contatos telefônicos,
  • Ferramentas,
  • Realização de eventos,
  • Anúncios,
  • Comissões de venda,
  • Brindes enviados para influencers divulgar a marca.

A fórmula do CAC

Depois de levar todos esses fatores, levante o número de clientes adquiridos dentro do intervalo de tempo em que foram feitos os investimentos. Por fim, aplique a fórmula do CAC: 

CAC = investimento total / número de clientes conquistados

Como saber se o CAC está bom

Cada empresa tem uma média diferente de CAC, o que é complicado. Afinal, não dá para estipular um determinado valor para dizer se o CAC é bom para todos os mercados. 

Então, para descobrir se tem lucro, a organização deve analisar o quanto está investindo para conseguir clientes e o quanto eles estão gastando na organização. Se o que pagam supera o investimento total, você está no caminho certo.

Quando devo analisar o CAC?

Não existe uma frequência certa para analisar a métrica. Todavia, é algo que deve ser avaliado com certa periodicidade. Tudo vai depender da estratégia utilizada e do objetivo que o negócio tem. 

Uma indicação é que a análise seja feita em um determinado período ou próximo das análises dos indicadores do Planejamento Estratégico e de outras métricas, como o ROI (Retorno sobre investimento).

falar com um consultor

Mas se quiser automatizar e fazer melhorias em um curto espaço de tempo, você pode analisar mensalmente. Contudo, geralmente estes cálculos são feitos de maneira trimestral ou semestral. Lembrando que os dados para os números de investimento e de cliente devem ser do mesmo período.

É primordial que seja feita uma análise anual, por causa de algumas aquisições que tem cobranças nesse período, como compra de softwares. 

LifeTime Value e CAC: o que é importante considerar

O LifeTime Value (LTV) é uma métrica que mede o tempo médio de permanência dos clientes no seu negócio e o valor médio que gastam. A fórmula do LTV é: 

LTV = ticket médio × média de compras por cliente a cada ano × média de tempo de relacionamento 

LTV e CAC devem sempre ser analisados em conjunto, para que você tenha uma visão completa sobre a situação financeira da empresa. Afinal, permite a descoberta de quanto é investido na obtenção de clientes e quais foram os benefícios. 

No final, o objetivo esperado é que o CAC seja sempre menor que o LTV. Pois, se o CAC for maior que o ticket médio ou o LTV, significa que cada cliente conquistado gera prejuízo.

Algumas práticas que ajudam ter um CAC de qualidade são:

  • Monitorar taxa de conversão do site;
  •  Implementar o Inbound Marketing;
  • Ter personas bem definidas;
  • Investir em marketing de conteúdo;
  • Promover ações de fidelização de clientes;
  • Ter metas claras de aquisição de novos clientes;
  • Ter canais de atendimento de qualidade.

Compare com a concorrência

Depois de compreender o CAC e o LTV, é necessário aprender a usá-los para tomar decisões. Se o CAC for mais alto que o LTV, será preciso fazer uma análise da concorrência para entender o que estão fazendo para ter lucro.

Portanto, tente se comparar e saber qual o diferencial de outros empreendedores do mesmo setor que você. 

Saber como usar CAC no seu negócio digital é um passo fundamental para se destacar no mercado. Procure ter dados mais precisos sobre sua empresa e implemente o CAC para ter melhores resultados.

E lembre-se também de fazer otimizações constantes no funil de vendas, para gerar leads. Caso contrário, os resultados tendem a diminuir com o tempo. Este vídeo pode ajudar: 


Categorias