canais de vendas mais eficientes

Saiba quais são os canais de vendas mais eficientes e escolha os seus7 min read

Você sabe quais são os canais de vendas mais eficientes para a sua empresa? Então conheça melhor essas ferramentas, que podem fazer uma grande diferença na hora de avaliar o seu lucro final. A escolha de um canal eficiente influencia de maneira direta no sucesso da venda. Afinal, ele é o meio pelo qual o cliente vai se relacionar com seu negócio.

Assim sendo, conhecer os canais de vendas mais eficientes é ação essencial para garantir o sucesso da sua marca. Seja para comercializar produtos ou serviços, via e-commerce ou em pontos de venda físicos, é fundamental possuir esse conhecimento.

Sabendo da importância em conhecer os canais de vendas mais eficientes, aqui separamos 8 deles que podem ser aproveitados pela sua empresa – 3 canais offline e 5 online. Lembramos que você pode optar por um ou pelo conjunto de vários deles – como, por exemplo, um ponto de venda físico e um e-commerce. Afinal os canais de vendas não são excludentes, mas sim, complementares.

canais de vendas mais eficientes

Entendendo o que são os canais de venda

Resumidamente, os canais de venda são por onde os serviços e produtos chegam aos consumidores. Ou seja: a plataforma ou local que permite que o cliente tenha contato com o seu negócio.

Para que os canais de venda funcionem de maneira efetiva, é preciso que a empresa tenha sua estratégia de marketing bem definida. Assim, entende o seu público-alvo e sabe quais os canais ideais para chegar até ele. Separamos neste post os principais canais de vendas mais eficientes e explicamos sobre eles. Confira!

OFFLINE: Os 3 canais de vendas mais eficientes

Ponto de venda (PDV)

Os pontos de venda são os mais tradicionais canais de venda. São as lojas físicas que recebem os clientes. O conceito de PDV engloba as lojas próprias as franquias e os distribuidores.

Vantagens:

A principal vantagem do PDV é o fato de ser físico e tradicional. Assim, permite que a pessoa conheça, de maneira real, o produto/serviço antes de comprá-lo. Isso pode fazer com que a segurança e credibilidade com a marca sejam maiores. Além disso, a experiência de compra também é um fator positivo, pois a pessoa conhece a loja e valoriza o ambiente em que está.

Desvantagens:

A principal desvantagem do PDV é a barreira física/geográfica. Afinal, apenas pessoas que possuem acesso à loja podem visitá-la. Outra questão a ser ressaltada são os gastos que envolvem uma loja física, ou seja: aluguel, luz, telefone, entre outros.

Venda direta

A venda direta é um modelo de vendas em que há um relacionamento direto entre o vendedor (representante da marca) e o consumidor – porém, sem ligação com estabelecimento comercial fixo.

Vantagens:

A grande vantagem da venda direta é que ela funciona como uma boa alternativa de renda extra para os representantes da marca. Ela permite grande flexibilidade e, dependendo do esforço do revendedor, pode resultar em muito lucro.

Desvantagens:

É preciso que haja um bom planejamento para que se tenha controle e possa expandir as vendas nesse formato.

Telemarketing

O telemarketing é o canal de vendas que utiliza as ligações telefônicas. Pode ser utilizado para contatar leads e clientes, agendar conversas pessoais, entre outros.

Vantagens:

Esse canal funciona como uma espécie de contato direto e personalizado. Assim, é possível conhecer melhor cada lead.

Desvantagens:

Se utilizado de maneira equivocada, o telemarketing é incômodo para as pessoas. Assim, pode ter o efeito contrário e piorar a reputação da sua empresa.

Por isso, se optar por utilizar o telemarketing, conte com uma equipe comercial muito bem treinada, que entenda o público-alvo e com uma estratégia bem definida.

ONLINE: Os 5 canais de vendas mais eficientes

Marketplace

O marketplace é um portal com várias lojas virtuais. Funciona como um espaço para as marcas disponibilizarem os seus produtos em uma mesma vitrine. Assim, os clientes podem encontrar produtos de diversos vendedores no mesmo catálogo.

Vantagens:

Para o cliente, o ponto positivo do marketplace é fechar a compra em um carrinho único – mesmo que adquira produtos de várias marcas.

Para a empresa, o ponto positivo é estar presente e visível em grandes portais de vendas – como a Americanas, Amazon, Dafiti, entre outros. Assim sendo, essa é uma ótima ferramenta para escalar as suas vendas e garantir grande autoridade para a sua marca.

Desvantagens:

É preciso se destacar dos diversos concorrentes. Para isso, é importante investir em produtos com imagens de qualidade, descrições detalhadas e a permissão de clientes fazerem avaliações dos seus produtos. Isso oferece mais segurança aos demais consumidores.

Também, a empresa deve estar preparada para atender as demandas que serão geradas pelo marketplace. Ainda, é preciso saber que, ao contar com o marketplace, você depende de outra empresa. Ou seja: está sujeito a possíveis falhas que estão fora do seu controle.

E-commerce

O comércio eletrônico (tradução do e-commerce) é uma loja online que vende produtos de apenas uma empresa. Esses são canais de venda com grande potencial de crescimento.

Vantagens:

O e-commerce permite a personalização completa do site, exibição do seu catálogo, formas e pagamento, divulgação da sua marca, etc.

Desvantagens:

A desvantagem do e-commerce é que exige um maior esforço para gerar maior visibilidade para o seu negócio. Assim, é necessário que a empresa faça um bom planejamento, conheça o mercado, desenvolva estratégias e ações de divulgação.

Redes sociais

As redes sociais se tornaram ótimas ferramentas de negócios. Cada uma delas possui suas características e funcionalidades. As mais utilizadas são o Facebook, Youtube, Facebook, Twitter, LinkedIn e Instagram.

Vantagens:

Muitas empresas não possuem site e PDV, mas conseguem promover seus produtos e serviços por essas redes. Outra vantagem das redes é que grande parte do público está presente nesse canal.

Desvantagens:

É preciso prestar muita atenção para cada canal. Afinal, cada rede pede por postagens específicas. Assim, é importante seguir as recomendações dessas redes e estudar sobre marketing digital para utilizá-las efetivamente.

– Veja também: Conheça os diferentes estilos de postagens e utilize-os da melhor forma para gerar engajamento

E-mail marketing

O e-mail marketing é um canal de comunicação muito eficiente. Porém, precisa ter uma estratégia bem definida para funcionar como um canal de venda.   

Vantagens:

A vantagem principal do e-mail marketing é que ele permite que você entre em contato direto com o seu cliente. Assim, quando o material enviado é relevante, o consumidor entende que o conteúdo foi segmentado, de acordo com seus cliques e interesse na marca.

Desvantagens:

É preciso que haja uma boa segmentação de público para funcionar de maneira efetiva. Para isso, é importante conhecer estratégias de marketing e investir em uma boa frequência de envios e, de acordo com cada etapa do relacionamento do cliente com a sua marca.

Afiliados

Os afiliados são pessoas que promovem serviços e produtos de terceiros em seus endereços: sites, blogs e redes sociais em troca de comissões. Assim, os seus afiliados são o seu canal de vendas.

Vantagens:

Esse canal é muito indicado para a venda de serviços e produtos digitais. Não exige muito investimento financeiro e, escolhendo bons afiliados, é possível alcançar grande visibilidade.

Outra vantagem é que o afiliado e a empresa saem no lucro e se beneficiam mutuamente. Assim, a marca lucra sem se preocupar com a divulgação em si e os afiliados fazem ações que já estão acostumados a fazer, aumentando a sua credibilidade.

Desvantagens:

É preciso que haja uma pesquisa para descobrir qual o melhor afiliado para a sua marca.

Para saber mais sobre o marketing de afiliados, confira – Marketing de afiliados: como marcas estão usando essa tendência

Agora você conhece 8 dos canais de vendas mais eficientes. Quais são os seus preferidos? Deixe seu comentário

CTA Consultoria

consultoria ead


Categorias