Como estimular o pensamento criativo

Como estimular o pensamento criativo

Como grandes personagens da história fizeram ou fazem para ter insights?

“Maldição, aqui não há regras! Estamos tentando realizar alguma coisa”, teria dito certa vez um dos maiores inventores dos séculos 19 e 20, Thomas Alva Edison, em seu laboratório em Menlo Park, nos Estados Unidos.

De fato, Edison sabia que na hora de criar não pode haver limites, ou seja, é necessário deixar o pensamento fluir e se expandir para todos os lados possíveis sem rédeas, sem regras. Desta experiência é que surgem milhares de ideias ruins e algumas boas. “Eu não falhei 10 mil vezes. Apenas encontrei 10 mil soluções que não deram certo”, refutava o inventor.

E para que você possa quebrar as regras e fazer grandes descobertas na sua organização, preparamos esta lista com 10 macetes para estimular o seu pensamento criativo e dos seus colaboradores. Confira:

Etapas criativas: como os publicitários, divida o processo em 4 fases:

1. Preparação: investigação, pesquisa, leitura, documentação e observação de tudo o que for relevante para a resolução de um problema.

No caso de Edison, por exemplo, ele pesquisou inúmeros materiais que poderiam se tornar o filamento de uma de suas invenções, a lâmpada;

2. Incubação: finda a fase de preparação é necessário descansar a mente por um período para que o inconsciente possa conectar ideias e esboçar possíveis soluções;

3. Iluminação: é quando a ideia genial vem à mente como um raio. É o “Eureca!” de Arquimedes ao descobrir a base da Teoria da Flutuabilidade;

4. Revisão: hora de inspecionar a ideia, corrigir erros e aperfeiçoá-la.

Esta técnica reforça a tese de Louis Pasteur, que disse que a sorte favorece a mente preparada.

Observação: conta a história que Isaac Newton teve o insight que lhe permitiu fundamentar a Teoria da Gravidade após observar a queda de uma maçã em seu pomar. Faça isto em sua empresa. Observe um problema em sua linha de montagem, por exemplo, e tente achar uma ou várias respostas;

Imaginação: Albert Einstein usava a imaginação para obter soluções para problemas da Física. Com esta técnica, ele desvendou a Teoria da Relatividade. Construa você também modelos de processos de trabalho em sua empresa por meio da imaginação e depois tente aplicá-los à realidade;

Meditação: de acordo com pesquisa realizada pela psicóloga Loranza Colzato da Universidade Leiden, da Holanda, a meditação proporciona mais criatividade às pessoas, além do relaxamento. Atualmente, há várias correntes de meditação e você sempre poderá escolher uma ou várias para treinar seus colaboradores;

Período sabático: um dos maiores empreendedores do século 20 e 21, Steve Jobs, costumava ficar uma semana por ano longe do trabalho a fim de pensar e ter novas ideias para a Apple;

Brainstorming: dinâmica de grupo em que se define um problema, e em seguida os participantes pronunciam uma “tempestade de ideias” (tal como vêm à mente), que são anotadas sem restrição pelo coordenador da reunião. Finalmente, seleciona-se a melhor ideia para que seja aplicada;

Brainwriting: mesmo sistema do brainstorming, só que as ideias não são faladas, mas escritas pelos participantes;

Mapear: ferramentas como o quadro Business Model Generation e o mind map possibilitam organizar ideias por escrito e visualizá-las como um todo, o que permite criar melhores soluções para todo o sistema;

World café: método criado em 1995 que possibilita acessar a inteligência coletiva. Consiste em preparar um local com 4 ou 5 mesas com cadeiras, nas quais os participantes se acomodarão. Daí propõe-se um tema. Os participantes falam sobre o tema durante 20 a 30 minutos e, em seguida, todos vão para outra mesa, exceto 1. Este 1 que ficou relata o que foi conversado para os que chegaram à mesa. Então, iniciam-se novos debates, cujas ideias são anotadas para posterior aprovação ou não. A dinâmica segue com os participantes trocando de mesa até que o coordenador geral estabeleça o fim;

Desenhos: use, por exemplo, a técnica de storyboard criada pela Disney nos anos 1930. Por meio dela é possível organizar suas ideias em gráficos, ilustrações e imagens, o que permite visualizar a sequência de um processo de trabalho ou de uma linha de montagem que ainda não existe, prever problemas futuros e desenvolver soluções antecipadamente.

Enfim, há muitas outras técnicas que estimulam o pensamento criativo e Além disso, você pode também desenvolver a sua própria técnica. O que acha desta ideia?

Categorias