drm social

Conheça o DRM social, uma forma de você proteger seu conteúdo digital5 min read

Você sabe o que é o DRM social? Se você trabalha com internet e demais tecnologias, sabe que existe uma preocupação necessária com a segurança no ambiente virtual, certo? É nesse cenário que conhecer o DRM social se torna importante para a sua marca.

Se você produz infoprodutos como materiais ricos (e-books e livros digitais), é importante garantir a segurança e credibilidade destes. Afinal, tudo o que é digital é mais fácil de ser copiado. Por exemplo: para copiar um livro físico é preciso um grande trabalho manual. Porém, para fazer o mesmo com um e-book, basta utilizar as teclas de cópia e cola. Assim sendo, como proteger o seu conteúdo, que você se esmerou tanto para fazer, da pirataria? Como garantir o seu Copyright? Simples: conhecendo o DRM social.

Também, lembramos que o DRM social pode ser utilizado para proteger outros formatos de conteúdo, como os cursos online. Ou seja: se você atua nessa área e deseja proteger seu material, é importante conhecer essa ferramenta.

– Você também pode se interessar por: DRM: entenda o que é essa tecnologia

drm social

Mas afinal, o que é DRM social?

O DRM social é a sigla para Digital Rights Management. Em português é traduzido como GDD, ou Gestão de Direitos Digitais. Resumidamente, ele é a maneira mais simples de evitar a pirataria de produtos digitais. Tudo isso sem que os clientes sejam prejudicados.

O DRM social funciona da seguinte maneira: ao adquirir um produto digital – seja um e-book ou um curso em video aula, por exemplo, – os dados do comprador (que podem ser o nome completo e/ou o CPF) aparecem no conteúdo. Nos livros digitais, esses dados aparecem no rodapé ou cabeçalho de todas as páginas daquele conteúdo. Nos vídeos, esses dados também costumam ficar estampados no rodapé do material, sem fazer com que isso prejudique a experiência do público.

Assim, o DRM social funciona como uma forma para evitar a pirataria. Isso porque ninguém deseja ter os seus dados expostos na internet. Dessa forma, utilizando o DRM social, o cliente protege a si mesmo e ao material adquirido.  

Ainda, caso um comprador mal intencionado decida distribuir este material de maneira pirata, ele também estará entregando livremente seus dados a qualquer um que decida baixar aquele material ilegalmente. Porém, caso a pessoa decida compartilhar ou “emprestar” o conteúdo para alguém, será para alguém que confia – como seria com um material físico, como um livro ou DVD.

– Veja também: O que é esse tal de copyright?

Vantagens em investir no DRM social

Além de garantir a segurança do seu material, ao investir nessa ferramenta você sabe exatamente quem é o seu público. Com isso, pode produzir materiais mais interessantes, relevantes e metrificar os resultados do seu conteúdo. Isso porque terá todos os dados necessários para conhecer o seu cliente. Assim, se ele pagou e adquiriu um material sobre aquele assunto, é possível que tenha interesse em consumir outros conteúdos produzidos pela sua empresa.

Ainda, existem outras vantagens em investir nessa forma de segurança digital. Dentre elas, destacamos:

  • O DRM Social revolucionou o mercado de materiais ricos, que, até então, poderia soar “clandestino” e com menos credibilidade no mercado;
  • Diminuiu a preocupação das editoras dom a pirataria;
  • Ajuda a construir consumidores mais conscientes;
  • Reduz a pirataria e compartilhamento ilegal de infoprodutos;
  • Valoriza o trabalho dos produtores de conteúdo digitais, que se dedicam para produzir materiais de qualidade e que realmente valham o investimento;
  • Auxilia o mercado a oferecer infoprodutos mais relevantes e, assim, destacam-se apenas os melhores do mercado;
  • Faz com que a concorrência de mercado seja mais honesta.

– Veja também: Saiba como fazer a criação e lançamento de infoproduto e trabalhe na sua ideia!

Paguei pelo material, logo, posso fazer o que eu quiser com ele, certo? Errado!

Esse é um dos motivos que faz com que o DRM social seja mal visto por parte do público. Afinal, algumas pessoas acreditam que, após terem adquirido o material, podem fazer o que bem entenderem com ele. Porém, ao adquirir um infoproduto você não possui ele de maneira concreta. Para isso, basta ler os termos de uso das lojas online, softwares, entre outros.

Ainda, existe outro fator importante nesse processo: é importante compreender o lado do produtor do material. Essa é a forma de renda dele e, para que possa continuar produzindo infoprodutos de qualidade, é essencial que saiba quem adquiriu o seu conteúdo – e, é claro, ser financeiramente recompensado por isso.

Para entender melhor a importância do DRM social é importante se colocar no papel do produtor. Pense que: para produzir um infoproduto, foi necessário um grande investimento. De tempo, de dinheiro, de conhecimento, entre outros. Ainda, é possível que, para se tornar realidade, vários profissionais multidisciplinares tenham participado desse projeto. Designers, revisores, produtores de conteúdo, editores…

Assim, se o infoproduto possui um valor para ser comercializado, é porque é necessário que ele gere renda para todos os profissionais envolvidos no projeto. Cabe ao mercado entender e valorizar essa produção.

Está pronto para investir no DRM social?

Se você chegou até aqui, com certeza entendeu que o DRM social é uma ferramenta que restringe o uso, cópia e manipulação ilegal de um infoproduto. Assim sendo, se você é um produtor de conteúdo ou apoia a valorização e comercialização legal desses formatos de materiais, é essencial que conheça o DRM social.

Ainda, se você opta por comercializar um produto com DRM social, também é importante garantir a boa experiência do usuário. Assim sendo, garanta que o material possa ser consumido em computadores, smartphones ou tablets.

Apesar das controvérsias, essa ainda parece ser a melhor solução atual para evitar a pirataria e valorizar o trabalho dos produtores. E você, o que acha do DRM social? É a favor de consumir materiais que possuam essa segurança extra? Deixe seu comentário sobre o assunto!

CTA ebook cursos online

Planejamento de curso


Categorias