educação continuada

Educação continuada: como esse tipo de aprendizado funciona?

A educação continuada é um tipo de educação voltada para o aprendizado e aperfeiçoamento constante. É também muito utilizada em empresas para treinar e desenvolver habilidades pessoais e profissionais de seus colaboradores. Essa forma de aprendizado foca na obtenção do conhecimento e desenvolvimento de competências dentro do ambiente em que o indivíduo está inserido, para que ele tenha base suficiente para construir um conhecimento mais sólido e tornar-se um profissional mais capaz e eficiente.

 

educação continuada

 

Com a educação continuada nunca é tarde para aprender

Já foi o tempo em que se acreditava que todo o aprendizado estava centralizado no ensino fundamental e médio. Existem sim muitas pessoas com vontade de aprender – algumas autodidatas, inclusive. Entretanto, quando não se sabe exatamente onde procurar ou como começar, tudo fica um pouco confuso no começo. Dessa forma, a educação continuada, que é um tipo de aprendizado constante, mostrou-se um forte argumento para quem acreditava na solidificação do aprendizado.

Estamos sempre aprendendo e aprendemos mais quando somos mediados por alguém que já possui um conhecimento prévio e nos ajuda direcionando alguns pontos de aprendizado. De certa forma, a educação continuada funciona dessa maneira.

Surgimento da educação continuada

No final da década de 70 e início da década de 80, a educação continuada começou a ser pensada de forma mais elaborada no Brasil. Nessa época, era pensada como uma forma de programa de extensão para profissionais da saúde. Atualmente é muito utilizada como estratégia da área de RH para desenvolver habilidades dos colaboradores.
Essa estratégia é essencial para o mercado de trabalho, já que visa qualificar o profissional e torná-lo independente e capaz de atuar em um mercado que está em constantes mudanças.

Benefícios dessa estratégia de aprendizado

Além de manter o colaborador alinhado com a cultura da empresa, a educação continuada tem alguns benefícios tanto para a empresa quanto para o colaborador:

  • Satisfação – quanto mais as empresas investem em desenvolvimento dos colaboradores, mais eles se sentem pertencentes. Assim, aumenta também a satisfação dentro do ambiente de trabalho;
    Mais resultados – preparar e qualificar uma equipe faz com que eles estejam melhor preparados para os desafios cotidianos. Dessa forma, quanto mais conhecimentos tiverem, maior será o nível de bons resultados;
  • Redução do turnover – ao investir em desenvolvimento humano a empresa está, também, investindo no engajamento do colaborador. Estes sentem-se motivados com a cultura organizacional e com o papel que estão desempenhando, pois estarão melhor preparados para os desafios profissionais.

Invista em educação continuada

Para começar a introduzir a educação continuada é necessário investimento. Mas isso não quer dizer que se você não tiver capital para começar não deve fazê-lo. É possível separar um dia por semana para que, em uma reunião, as pessoas tragam conhecimento específico para agregar à equipe. Ou mesmo em fóruns para discutir temas pré-estabelecidos.

É possível começar apenas com investimento humano, para que os colaboradores se acostumem com esse tipo de dinâmica. Comece de alguma forma, até que tenha base financeira para bancar cursos de extensão e treinamentos corporativos de educação continuada para a equipe.

 

CTA Consultoria

consultoria ead


Categorias