Educação Corporativa: porque sua empresa deve investir nisso7 min read

Investir em educação corporativa é a nova estratégia entre pequenas, médias e grandes empresas brasileiras para promover desenvolvimento profissional dos seus colaboradores.

Algumas empresas têm dedicado esforços na capacitação e no aprimoramento da equipe em Educação Corporativa porque perceberam que investir em um profissional e desenvolvê-lo dentro da própria empresa é bem mais eficaz do que custear treinamentos externos ou buscar um novo profissional no mercado.

Dados de uma pesquisa realizada pelo grupo DMRH sobre Educação Corporativa no Brasil comprovam que desde  2014 foi registrado um crescimento de 42% na quantidade de empresas que investem em educação corporativa. A pesquisa ainda revela que 14% das empresas brasileira já possuem uma universidades corporativas.

O que é educação corporativa?

educação corporativa

Em seu livro: “Treinamento e Desenvolvimento com Foco em Educação Corporativa”, Roberto Madruga define educação corporativa como uma prática aplicada por uma organização, com objetivo de desenvolver e reter o capital intelectual do colaborador, proporcionando a ele a oportunidade de se desenvolver na própria carreira.

O autor também ressalta que há diferença entre Educação Corporativa e treinamento interno. Para ele, ações isoladas de treinamentos internos resolvem apenas problemas pontuais que uma empresa enfrenta e não garante a continuidade do processo de aprendizagem, papel esse que é o objetivo da educação corporativa.

Qual a importância da educação corporativa?

educação corporativa

Quando a empresa entende a importância da educação e consegue passar isso para os funcionários através de um bom planejamento, o colaborador percebe valor nessa iniciativa. Esta estratégia organizacional pode ajudar na redução os índices de rotatividade dentro da companhia.

Isso é muito vantajoso para empresa porque dessa maneira é possível imprimir o DNA da companhia no funcionário, de uma forma que ele começa acreditar que ele é importante para empresa. Isso vai influenciar não somente no aumento de produtividade dele como também em uma melhoria da qualidade do serviço que o profissional entrega.

Universidade corporativa: fonte de aprendizado contínuo

educação corporativa

O grande diferencial das universidades corporativas para as universidades tradicionais é a valorização do aprendizado prático. Em uma formação tradicional, um aluno tem uma formação mais generalista.

Já na universidade corporativa, o profissional tem uma formação de um especialista unindo conhecimento e prática, alinhado com aos valores da empresa. É mais fácil desenvolver um líder que conhece a cultura a da organização do que simplesmente contratar alguém de fora.

Empresas que investem em educação corporativa conseguem ver o retorno do investimento em talentos internos. A Apple entendeu isso e em 2008 a empresa criou a Apple University, um iniciativa de Steve Jobs para encontrar profissionais altamente inteligentes, mas que são verdadeiros diamantes brutos.

Os cursos são criados com o propósito de desenvolver profissionais que têm funções estratégicas dentro da empresa. Jobs tinha um pensamento que “gênios não nascem, são feitos”, por isso faz mais sentido desenvolvê-los do que procurá-los em em uma “lâmpada”.

Iniciativas como essas são importantes para que os funcionários desenvolvam uma mentalidade de aprendizagem contínua.

Vantagens competitivas de empresas que investem em treinamentos

Investir em treinamentos traz benefícios como:

Encontrar e formar talentos

Empresas que investem na criação de Universidade Corporativa largam na frente quando o assunto é retenção de talentos. Essa é uma maneira eficaz de encontrar e reter profissionais que têm uma identidade forte com a marca, os valores e a cultura da empresa.

Quando a companhia tem uma metodologia clara e consegue passar esse conhecimento para o colaborador de uma maneira objetiva, o profissional absorve e se torna um promotor dentro da própria empresa e também fora dela.

Alinhamento com as estratégias da empresa

Ter uma equipe que sabe com clareza os propósitos da empresa em que trabalha e sabe quais estratégias devem ser aplicadas para cumprir com esse objetivo é um grande diferencial competitivo.

Profissionais que estão focados nos mesmos objetivos da empresas são capazes de ajudar outros funcionários que se desanimam no meio da jornada. John C. Maxwell, autor do livro 17 Princípios do Trabalho em Equipe, afirma que um time alinhado produz um efeito extraordinário de multiplicação de habilidades entre todos da equipe.

Essas habilidades quando praticadas em conjunto geram para empresa uma força exponencial que se torna muito difícil de copiar, fazendo com que a empresa se destaque dos seus concorrentes no mercado.

Uma equipe alta performance

Já para o funcionário, as vantagens são muitas como, por exemplo, o autodesenvolvimento profissional. Dentro da própria empresa o colaborador tem a oportunidade de aprender com pessoas que realmente conhecem o conteúdo por trabalharem na área.

Isso possibilita um aprendizado contínuo que permite a aquisição de um conhecimento mais aprofundado e faz com que o funcionário  cresça profissionalmente.

Nivelamento do time

Ter um time de alta performance é o desejo toda empresa, mas para isso acontecer é preciso subir todos para o mesmo nível. Nesse processo é interessante reunir profissionais de áreas distintas, pois o conteúdo se torna multidisciplinar e o assunto passar a ser do interesse de todos.

Após a aplicação do conteúdo é importante fazer a avaliação do aprendizado para saber quais profissionais precisam de um investimento maior em treinamento.

Estruturando os cursos da universidade corporativa

A estrutura dos cursos da universidade corporativa deve conter, sim, conteúdo teórico. Mas o que deve ser levado em consideração é que o foco está na aplicabilidade prática do conhecimento. Do contrário, o colaborador se torna um acumulador de diplomas e que no dia a dia não aplica o que foi aprendido.

Fazer um curso dentro da universidade corporativa não deve ser encarado como um prêmio para o colaborador, mas sim um investimento na formação dele.

Por isso, a seleção desses profissionais precisa ser estratégica e também democrática, dando a todos a oportunidade de se capacitarem. Deve ficar claro para funcionário que ele foi escolhido porque a empresa identificou um potencial nele e, por isso, está investindo com o objetivo que traga retorno tanto para a companhia como para ele.

Como os cursos normalmente são aplicados no horário de trabalho, o tempo das aulas precisa ser otimizado. É ideal que os treinamentos sejam de rápida duração, visto que normalmente o trabalhador precisa voltar para sua rotina de trabalho.

Por isso, é importante promover a união da aula presencial com conteúdo online. Se a sua Universidade Corporativa ainda está no começo e você não sabe Como criar vídeo aulas e conteúdos de cursos online, o primeiro passo é encontrar uma plataforma de educação a distância online que te ajude nesse desafio.

Resultados do investimento em educação corporativa

Em 2015, a rede de escolas de inglês Wise Up alcançou números impressionantes. A empresa contabilizou um total de 250 escolas, com 8.000 funcionários e mais de 60.000 alunos.

Porém, eles tinham dificuldade de fazer o gerenciamento do Teacher Desk, plataforma online interna da empresa que disponibiliza conteúdo para os alunos e colaboradores da empresa.

Para resolver o problema, a empresa contratou a plataforma de educação a distância da EADBOX para melhorar esse processo.

Com uma estrutura completa para criar e disponibilizar os treinamentos online, a EADBOX ajudou Wise Up a fazer uma economia de 80% e tornou o projeto mais ágil, fazendo com que a empresa tivesse uma previsibilidade de crescimento anual de 50%.

Essa estratégia melhorou a qualidade da produção de vídeos companhia, simplificando o processo de treinamento de franqueados.

Recapitulando

Você viu nesse post que a Educação Corporativa é uma excelente estratégia de mercado para ter um time eficaz e altamente produtivo. Vemos que empresas que estão investindo na criação de Universidades Corporativas aumentam o nível de competitividade porque criam times alinhados com os objetivos, missão, valores e cultura da empresa.

Além de descobrir talentos internos, a educação corporativa pode ajudar a reduzir as taxas de turnover dentro das corporações, desenvolvendo uma equipe mais engajada.

Se você é um empreendedor e percebeu o valor no investimento em educação corporativa, o seu próximo passo é baixar o e-book Como implementar o E-learning na sua empresa. Nele apresentamos um passo a passo e as melhores ferramentas para você começar hoje um projeto de e-learning na sua empresa.

Planejamento de cursos online

Planejamento de curso


Categorias