editar vídeo aulas

22 ferramentas para gravar e editar vídeo aulas

O ensino a distância é uma modalidade crescente de negócios. Ele permite que pessoas de todo lugar do mundo tenham acesso à informação sem precisar sair de casa. Também proporciona que pessoas que tenham grande conhecimento sobre um assunto possam compartilhar essas informações via internet. Assim sendo, um dos melhores formatos de aulas que faz sucesso online é o de vídeo aulas. Mas você sabe como editar vídeo aulas?

Para dominar essa arte, ter sucesso no mercado e de destacar frente à concorrência, é preciso entregar um material de qualidade. Dito isso, ressaltamos que um material de qualidade consiste em: conteúdo de qualidade, material relevante, um bom tutor/professor e aulas bem gravadas/editadas. Afinal, de nada adianta você ser um bom profissional e com muitas informações a serem repassadas se a imagem e o som da sua videoaula não forem bem captados. Essa situação passa aos seus alunos uma imagem de despreparo e amadorismo – e isso deve ser evitado.

Então, sabendo da importância de editar vídeo aulas, selecionamos alguns dos principais programas para editar vídeos. Assim sendo, entenda e utilize-os como seus aliados na criação de conteúdo de videoaulas.

– Se você ainda não está convencido sobre a importância das vídeoaulas para compartilhar o seu conhecimento, confira: Saiba porque investir em vídeoaulas e comece a lançar seus conteúdos

editar vídeo aulas

Entendendo um pouco mais sobre as ferramentas de edição e gravação de vídeo aulas

As vídeo aulas passaram a ser utilizadas como meio de gerar inovação no aprendizado, criando interação, aproximação e grande entendimento do aluno sobre a matéria. As ferramentas de edição fazem com que isso seja possível. A seguir, ao conhecer as várias ferramentas que separamos, você perceberá que existem uma infinidade de editores de vídeos de qualidade. Mas, o que isso significa? Que cabe à você pesquisar e encontrar o mais adequado para as suas necessidades e exigências.

Antes de iniciar o processo de gravação de aulas, lembre-se que para transmitir um conteúdo de forma clara e conseguir criar uma ligação com o aluno, é necessário contar com programas para editar vídeos que auxiliem você e deixem seu material mais completo.

22 ferramentas para editar vídeo

Produzir uma aula online pode não parecer algo tão simples. Porém, utilizando as ferramentas corretas, fica muito mais fácil. Além disso, é possível produzir vídeo aulas em casa, sem incômodos ou necessidade de se deslocar. Assim sendo, as ferramentas abaixo oferecem diversas funcionalidades, dentre elas gravar e editar vídeo aulas. Vamos aos canais:

1. Camtasia Studio (Windows e Mac)

Camtasia é um software utilizado para fazer gravações e edições de vídeos por meio do seu computador. Ele é indicado para para gravar video aulas, tutoriais e demonstrações de produtos. O software é bem completo e apresenta bons resultados. A princípio, pode parecer meio complicado de usar, mas, aos poucos, o usuário percebe que essa é só a primeira impressão. Inclusive, um dos pontos positivos do Camtasia é o auxílio ao usuário.

2. Collaaj (Windows e Mac)

Collaaj é outra ferramenta muito utilizada para editar vídeo aulas. O programa funciona em Mac, PC e iPad. É uma ferramenta muito boa e permite que você grave sua tela e de sua webcam. Os vídeos podem ficar no servidor da Collaj, o que torna mais fácil o compartilhamento com os alunos. Ainda assim, vale lembrar que a versão gratuita só permite gravar e editar vídeos de 2 minutos, mas há uma grande variedade de planos pagos, dependendo de sua necessidade.

3. ScreenFlow (Mac)

ScreenFlow sai na frente quando se fala em captura de tela. Sua funcionalidade é excelente, aliando-se à edição fácil e rápida dos vídeos. Também oferece uma série de tutoriais e demonstrações para auxiliar o usuário. Em 2008 ganhou o prêmio de melhor aplicação do ano para OS X, concedido pela própria Apple.

4. Windows Movie Maker (Windows)

O Windows Movie Maker é uma boa opção para quem quer começar a editar vídeo aulas. Além de ser bem simples, é grátis e vem previamente instalado nos computadores Windows. Porém, não é recomendado para aqueles que desejam avançar o conhecimento nas edições. Isso porque é uma ferramenta mais básica.

5. iMovie (Mac)

O iMovie é considerado equivalente do Windows Movie Maker para Mac. Funciona como uma boa opção da Apple para iniciantes em edição de vídeos. Um pouco mais avançado do que o Movie Maker, este editor de vídeo não é grátis, porém, seu preço é relativamente barato.

6. Cyberlink PowerDirector (Windows)

O Cyberlink é um dos mais complexos programas para editar vídeos. Ainda, é muito popular entre os que atuam na área de edição e gravação de conteúdo. Assim como o Screenflow e o Camtasia, ele está no meio do caminho entre programas profissionais e iniciantes.

Suas funcionalidades são bem completas e impressionam pela velocidade de processamento durante a edição. Uma de suas funções mais interessantes é a MultiCam, sendo possível utilizar várias filmagens ao mesmo tempo.

7. ActivePresenter (Windows)

O ActivePresenter é a solução para criação de vídeo aulas, apostilas, manuais, documentação e apresentação de treinamento interativo. É parecido com o Camtasia Studio, mas o Active possui uma versão gratuita. Nesta versão o usuário pode exportar seu trabalho para arquivos PNG, JPEG, AVI, MPEG4, WMV, WebM, MKV e SCORM 1,2 e SCORM2004.

Nas versões pagas, o usuário pode exportar para outros formatos, mas a versão gratuita já oferece o essencial para quem deseja produzir e editar vídeo aulas.

8. oCam (Windows)

O oCam é um editor de vídeos grátis e de fácil entendimento. Assim sendo, é uma boa opção para quem está começando e ainda precisa se familiarizar com programas para gravar e editar vídeo. Sua interface é simples e permite que você capture a tela do computador e grave áudio.

9. Screencast-o-Matic (Windows e Mac)

O Screencast-o-Matic é excelente em relação a recursos, de fácil uso e preço acessível. Com um clique você pode começar a gravar a tela de qualquer navegador, não precisa instalar nenhum software, é tudo online.

Os vídeos da versão gratuita são limitados em 15 minutos e têm uma marca d’água que só pode ser removida baixando a versão Pro. Os vídeos podem ser enviados diretamente para o Youtube ou publicados no próprio servidor de compartilhamento do Screencast.

10. Movavi (Windows e Mac)

A ferramenta Movavi permite gravar aulas e tutoriais, combina um programa de captura de tela completo com um editor de vídeos muito bom e fácil de usar. Também possui uma quantidade enorme de configurações de exportações rápidas para otimizar suas gravações para dispositivos móveis e compartilhamento online.

11. Adobe Captivate (Mac e Windows)

O Adobe Captivate é um editor de vídeos profissional, recomendado para usuários que já tenham experiência com screencast. Ainda, uma das maiores vantagens desse programa é o tamanho reduzido do arquivos.

12. Screenr

O Screenr é um editor de vídeos baseado na web. Assim sendo, não exige instalação para que seja utilizado, basta entrar no site. Porém, para um bom funcionamento da ferramenta, é essencial que o seu computador conte com uma boa conexão de internet.

13. Apple QuickTime Player

O QuickTime Player vem instalado em todos os Macs. Muitos não sabem, mas esta ferramenta é excelente e possui um recurso de gravação de tela próprio. Aliás, vale ressaltar que a versão para Windows não possui esse recurso – ele é exclusivo para o Mac.

14. Jing (Windows)

O Jing é um editor de videos grátis, bastante simples de utilizar. Esta ferramenta, apesar de não ter a opção de gravar pela webcam e de não contar com diversos recursos, é uma boa alternativa para produzir conteúdo, especialmente para quem está começando.

15. Lightworks (Mac OS e Linux)

Um dos programas de editar vídeos mais rápidos e mais utilizados do mercado, o Lightworks possui duas versões: paga e gratuita. Este software já foi amplamente utilizado na indústria cinematográfica e oferece uma série de recursos, desde a aplicação de filtros e efeitos até a renderização de conteúdos.

16. VirtualDub

Outro editor de vídeos grátis é o VirtualDub, um programa que possui plugins variados para edição de conteúdos. Ainda, não precisa de instalação e oferece um excelente material de ajuda para o usuário. Além disso, permite aplicação de legendas e marcas d’água.

17. Snapz Pro (Mac)

O Snapz Pro é um dos mais tradicionais softwares de edição de vídeos, amplamente utilizado por editores profissionais. Este programa é bastante semelhante ao QuickTime Player e, aliás, foi a primeira ferramenta de screencast utilizada por produtores de conteúdo.

18. Vegas Pro (Windows)

O Vegas Pro, antigo Sony Vegas, é outro programa amplamente utilizado para produção completa de vídeos. Um dos grande diferenciais deste software é seu banco próprio de trilhas e áudios livres de royalties. Além disso, o Vegas Pro permite a correção de defeitos de forma localizada.

19. YouTube Editor

Outra boa pedida para quem está começando é o YouTube Editor, editor de vídeos do YouTube. Além de ser rápido e muito fácil de usar, esta ferramenta permite fazer cortes, adicionar legendas e editar vídeos online, com total praticidade.

20. VideoSpin

Desenvolvido pela Pinnacle Systems, o VideoSpin é uma ferramenta gratuita. Trata-se de um software de sistema não linear de edição, a partir de ferramentas intuitivas e simples de usar. Mais completo que o Movie Maker e mais simples que o Vegas Pro, este programa é gratuito. Uma de suas funcionalidades de destaque é a possibilidade de transferir vídeos de forma automática para o YouTube.

21. ActivePresenter (Windows e Mac)

O ActivePresenter possui duas versões, gratuita e paga. Este programa para criação e edição de vídeos é bastante parecido com o Camtasia Studio. A versão grátis deste programa não deixa a desejar, proporcionando recursos o suficiente para uma excelente produção de videoaulas, gravando as telas do computador.

22. Adobe Premiere

O Adobe Premiere permite que você capture vídeos digitais e analógicos (películas). Também oferece a ferramenta para decupar, ou seja, separar o filme em cenas ou tomadas, de acordo com a sua necessidade. Assim sendo, com o Premiere é mais fácil tornar os frames do filme visíveis no tamanho desejado, facilitando a seleção e o corte das cenas. Ainda, a ferramenta oferece alguns efeitos e recursos que podem fazer leves ajustes e correções nas imagens.

Escolhendo a melhor ferramenta para editar vídeo aulas

Após conhecer e escolher as suas ferramentas preferidas, é hora de produzir o conteúdo. Também, como dito anteriormente, durante esse momento lembre-se do seu foco principal em estar produzindo uma vídeo aula: oferecer informações importantes e relevantes para o seu público. Para isso, saiba que o seu conteúdo precisa ser claro, de qualidade e completo. É importante prender a atenção do aluno para assim aumentar o engajamento da sua aula.

– Veja também: Produza videoaulas incríveis gastando pouco

É hora de distribuir o seu material!

Agora que você já conhece as principais ferramentas para gravar e editar vídeo aulas e produziu um material de qualidade… É hora de investir em uma boa divulgação. Assim sendo, uma dica é pesquisar e recorrer às plataformas de suporte para o seu curso.

Lembramos que a tecnologia já oferece inúmeras ferramentas de EAD que podem ser de grande auxílio nesse processo. Encontre um suporte que ofereça um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) adequado e atrativo para o aluno. Dessa forma, além do material de qualidade, você também se destacará por toda a estrutura oferecida pelas suas aulas.  Mãos à obra!

Ps.: terminou de ler o artigo, mas ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Então entre em contato conosco!

CTA Demonstração 1

demonstração


Categorias