Produza vídeo aulas incríveis gastando pouco.

Produza videoaulas incríveis gastando pouco

A produção de cursos e videoaulas de qualidade necessita de um investimento relativamente alto, principalmente se você quer um conteúdo profissional, mas com um pouco de criatividade e conhecimento técnico você pode produzir videoaulas incríveis gastando pouco, fazendo com que seu investimento se multiplique para que você consiga crescer cada vez mais.

Quando você se propõe a gravar um conteúdo em formato de videoaula, você já parte do pressuposto que precisa captar vídeo e áudio, certo? Isso acarreta algumas outras preocupações, como o cenário, a não ser que seja um curso no qual você utilize a captura de tela do seu computador, como um tutorial para ensinar a trabalhar com o photoshop, por exemplo. Além disso, você também vai precisar editar este conteúdo e fazer a sua publicação em uma plataforma que seja de fácil para os seus alunos manusearem.

Confira neste texto algumas dicas e ideias para que você consiga tirar sua videoaula do papel gastando pouco. Nem todo conteúdo necessita de um grande investimento inicial, pois o mais importante é o conteúdo que você tem a transmitir.

 

Escolhendo o tema da minha videoaula

 

A primeira coisa a pensar antes de começar a produzir a sua videoaula é definir um tema, sobre o que você vai ensinar. Vale lembrar que aqui não é um canal do YouTube que você vai falar sobre qualquer coisa, os consumidores desta mídia são ávidos por conteúdos que sejam relevantes em seu dia a dia, então não se preocupe em segmentar o tema do seu curso, pois quanto mais segmentado for, melhor.

Além de auxiliar nas vendas lá na frente, a segmentação pode auxiliar você na construção da sua imagem, para que você se torne uma referência para eles. Mas mais do que isso, lembra que o mais importante é o conteúdo? Escolha um tema que você consiga desenvolver uma linha de raciocínio de maneira fácil, pois isso vai lhe auxiliar na frente das câmeras. Selecionar a área de atuação que você tem mais afinidade e experiência é a saída mais óbvia e costuma dar certo. Com isso, a chance do seu conteúdo ser algo de relevância para seus alunos aumenta significativamente.

Quanto melhor for o conteúdo, menos os alunos vão notar nas questões técnicas do vídeo. A maneira com que você vai passar seu conhecimento para eles também é importante, por isso você precisa ter domínio do conteúdo e saber desenvolver facilmente uma linha de raciocínio, pois se você sabe fazer isso, certamente você conseguirá falar com segurança na frente das câmeras, e tornar seu curso natural e gostoso de assistir é essencial.

Agora que você já escolheu o tema, é hora de montar o conteúdo programático das suas aulas. Separe o tema da em subtemas, dividindo em tópicos as questões que você vai abordar. Isso vai dar a você uma visão geral do conteúdo a ser transmitido. Aproveite esta etapa para buscar conteúdos complementares, para dar a oportunidade do seu aluno se aprofundar ainda mais no assunto com links, vídeos e bibliografia recomendada. Quanto mais preparados os alunos estiverem, maior a chance de concluírem o curso satisfeitos.

Por último, mas não menos importante, tenha em mente qual é o perfil que o seu público alvo possui. Ministrar uma aula para jovens de 18 a 24 anos necessita de uma linguagem diferente do que um conteúdo voltado para pessoas de 40 a 50 anos, por exemplo. Uma dica que vale para todas as idades é provocar o raciocínio dos seus expectadores para prender a atenção deles, fazendo um questionamento no começo da aula e deixar a resposta para o final do seu curso.

 

O que eu preciso para começar a produzir?

Primeiramente você precisa se concentrar na captura da imagem, os celulares vendidos atualmente possuem uma boa qualidade de vídeo, todos eles gravam em high definition (HD) e devem ser o suficiente para a sua videoaula, mas prese atenção na quantidade de luz que o ambiente que você irá gravar possui, pois para compensar a falta de luz as câmeras tendem a diminuir a qualidade do vídeo, tornando ela “granulada”, prejudicando a experiência dos seus alunos.

Para ter a certeza de que você irá conseguir ter uma iluminação suficiente para a captação dos seus vídeos, você pode utilizar lâmpadas caseiras para fazer focos de luz em itens que componham o cenário. Esta iluminação por ser feita com lâmpadas caseiras, sem a necessidade de investir em um equipamento profissional neste primeiro momento.

O estúdio e o cenário também são de extrema importância e devem ser levados em consideração. Você não precisa fazer a locação de um estúdio profissional com isolamento acústico, mas encontrar um lugar com o menor ruído possível e que não haja um fluxo de pessoas é essencial. É importante salientar que as ondas sonoras rebatem nas paredes, gerando eco, então, quanto maior e mais vazio for o ambiente, maior a probabilidade de ter eco. Vale a pena fazer alguns testes de captação de áudio antes de pensar na composição do estúdio.

O cenário que você vai gravar pode ser um decisivo para passar a impressão de um produto profissional. Ter um padrão de cenário em todas as gravações e inserir alguns elementos que tenham certa ligação com sua aula certamente fazem a diferença. Uma simples estante com livros relacionados ao tema da aula já dá mais vida ao cenário do que um simples fundo em cor sólida.

Pode não parecer, mas o segredo de uma aula com aspecto profissional está na captação de áudio. Os smartphones possuem uma tecnologia para captação de vídeo é excelente para um gadget de bolso e que possui tantas outras funções, por isso as pessoas estão acostumadas com vídeos com alta qualidade de definição, mas os microfones dos celulares não são feitos para terem uma captação de áudio profissional. Tratar o áudio na edição pode ser uma saída, mas nem sempre resolve.

Uma boa captação faz com que a mensagem do seu vídeo chegue ao seu aluno de uma maneira clara. Aqui seria interessante um investimento em um microfone de lapela, pois a maioria deles pode ser conectada diretamente em seu smartphone, com isso você não precisa nem se preocupar em sincronizar o áudio na edição.

 

Veja também: como ter uma captação de áudio profissional para seus vídeos

 

Por fim, a edição e a pós-produção. Lembra que o seu vídeo precisa manter uma identidade na captação e no cenário para passar credibilidade? Isso também vale aqui. Ter uma identidade visual como vinheta e gerador de caracteres que seguem a linguagem da sua marca pessoal é fundamental.

Você mesmo pode fazer a edição das suas videoaulas, mas saiba que é um trabalho que exige concentração e boa parte das pessoas podem achar esta atividade chata e cansativa. Se você for uma destas pessoas, considere investir em uma edição terceirizada, liberando seu tempo para produzir mais conteúdo e potencializar as suas vendas.

Por fim, você precisa publicar e divulgar os seus vídeos. Para isso você vai precisar de uma plataforma completa e segura para hospedar as suas videoaulas e disponibilizar elas para os seus alunos. Clique no link abaixo e tenha 15 dias grátis para fazer o teste.

CTA Trial

Banner_Testar-Grátis-Eadbox

 

BÔNUS:  videoaula como solução para comunicação interna 

 

As videoaulas também podem ser utilizadas como soluções em comunicação interna para treinamentos e comunicados. O vídeo é uma ferramenta completa, englobando imagem, áudio e infográficos que facilitam a absorção do conteúdo pelas pessoas. A ferramenta de ensino a distância permite com que você consegue atinja um grande número de colaboradores com um único vídeo, evitando o ruído de informação da mensagem a ser transmitida, além de enxugar os custos de viagem e transporte dos funcionários e executivos em visitas às outras sedes.

Categorias