LNT

LNT: entenda porque você deve fazer o Levantamento das Necessidades de Treinamento

Investir em treinamentos corporativos se tornou ação essencial para empresas que desejam contar com equipes qualificadas. Também, se tornou estratégia fundamental para instituições que valorizam e pretendem reter seus principais talentos. Porém, para acertar de maneira certeira em cada atividade de qualificação, é fundamental fazer o LNT (Levantamento das Necessidades de Treinamento).

Isso acontece porque: somente é possível desenvolver um bom programa de treinamento e desenvolvimento quando se tem conhecimento do que precisa ser melhorado. Assim, é possível investir em ações que atualizem os colaboradores sobre novidades do mercado, tendências de atendimento, novos softwares, entre outros. Mais do que isso, é possível realizar todas essas ações de maneira online e remota. Dessa forma, economiza-se dinheiro e tempo de todas as partes envolvidas.

Porém, você sabe como fazer o LNT e a real importância de investir nessa ação? Então confira nosso artigo e coloque em prática as nossas dicas ainda hoje.

– Veja também: Entenda a importância do treinamento nas empresas

LNT

Por que as empresas devem fazer um bom LNT?

Primeiramente, é fundamental compreender que o LNT deve ser feito sempre antes de um treinamento e de maneira contínua e periódica. Isso porque sempre existem áreas que podem ser melhoradas e potencializadas dentro da empresa. Vale destacar que o principal objetivo em fazer o LNT é acertar nas ações. Ou seja, essa é uma atividade que auxilia a instituição a:

  • Permitir que o gestor descubra o que precisa ser corrigido, eliminado ou alterado das rotinas de trabalho.
  • Encontrar lacunas que precisam ser preenchidas, como possíveis falhas de comunicação ou dificuldades técnicas;
  • Descobrir talentos e oportunidades de crescimento nas equipes;
  • Desenvolver as equipes a fim de contar com o melhor time possível.

Dessa forma, compreende-se de maneira resumida que o LNT é importante para a instituição aproveitar ao máximo todos os seus recursos. Ou seja: poupa tempo e esforço ao mesmo tempo em que potencializa a produtividade. O resultado? Uma empresa mais competitiva, com maior retenção de talentos e qualificação no mercado.

Agora você já compreendeu a importância de realizar o levantamento das necessidades de treinamento, certo? Então: como fazê-lo?

Passo a passo para fazer o LNT:

Existem várias ações que podem ser realizadas para acertar em cheio no levantamento. Ainda, essas etapas podem ser feitas em vários momentos, como: após a contratação de um novo colaborador, quando há a implementação de novas estratégias na empresa, quando é preciso desenvolver um novo plano de carreira, para pensar nas sucessão de cargos, para avaliações de rotina entre outros.

A todo momento o gestor deve estar atento nas equipes, podendo desenvolver ações de LNT para cada caso que considerare específicos.

1. Avaliação de desempenho

É possível fazer o levantamento de necessidades de treinamento por meio de uma avaliação de desempenho, por exemplo. Nesse cenário, sabe a empresa desenvolver uma forma de avaliar e identificar se cada colaborador está realizando as suas tarefas de maneira satisfatória. Ou seja, se a produtividade está de acordo com seu cargo, salário, jornada de trabalho, entre outros.

A avaliação de desempenho também aponta se algum departamento específico está em defasagem e, assim, precisa de uma atenção especial.

– Se você deseja fazer o LNT por meio de avaliações de desempenho, confira: Conheça indicadores de avaliação de desempenho e aplique com seus colaboradores

2. Feedbacks e questionários

Outra forma que pode ser utilizada para a realização do LNT é desenvolver questionários e pedir feedbacks aos colaboradores. Essas questões podem ser enviadas via e-mail ou outros ambientes virtuais. Assim, são respondidas de maneira anônima, remota e de acordo com a disponibilidade de cada trabalhador. Dessa forma, ele escolhe o melhor momento e local para poder escrever suas respostas com calma e atenção.

Os feedbacks e questionários podem ser muito importantes para a melhora do clima organizacional. Também, podem servir como base para insights, que podem render novas ações de treinamento e desenvolvimento eficazes.

– Complemente a leitura com: Tudo sobre feedback e como dar esse retorno aos funcionários

3. Observação

Fazer a análise e a observação das equipes também é fundamental para você fazer um bom LNT. Isso porque existem ações e comportamentos que podem não ser citados em feedbacks, questionários e avaliações de desempenho, porém, que estão intrínsecos na rotina dos trabalhadores.

Assim sendo, cabe ao gestor e ao RH desenvolverem um olhar clínico em busca de melhorias. Algumas falhas que devem ser observadas são:

  • Níveis de absenteísmo;
  • Número de acidentes e falhas humanas;
  • Possíveis fofocas e clima ruim no ambiente;
  • Reclamações mais comuns nos corredores;
  • Turnovers;
  • Aumento de rotatividade;
  • Times que estão entregando o resultado abaixo do esperado;
  • Desmotivação, desengajamento e desalinhamento com os objetivos da empresa.

Alguns desses fatores são mensuráveis de maneira concreta, como os números dos resultados de entrega, por exemplo. Porém, outros envolvem questões subjetivas. Assim, para compreendê-los, é fundamental que o gestor e RH se façam presentes no dia a dia das equipes. Ainda, devem mostrar-se prontos para resolver os problemas e sempre melhorar o desempenho dos seus times.

4. Entrevistas de saída

Quando algum colaborador estiver sendo desligado da empresa, também é um bom momento para realizar um levantamento das necessidades de treinamento. Isso porque é possível que nesse momento sejam descobertas possíveis falhas e lacunas na instituição que, até então, estavam passando batidas.

Os colaboradores que estão sendo desligados da organização podem se sentir menos intimidados para falar sobre questões incômodas. Por isso, aproveite também esse momento para desenvolver o LNT.

Pronto para colocar o LNT em prática ?

Com essas 4 dicas você está preparado para fazer um excelente levantamento das necessidades de treinamento. Lembre-se que essa é uma ação constante e cíclica: é fundamental que o gestor e o RH estejam sempre em busca de melhorias para a produtividade e engajamento na empresa.

E você, conhece outras boas formas para desenvolver o LNT? Então comente e deixe sua dica para os outros leitores!

Trial

trial eadbox 7 dias


Categorias