o que é marketing direto

O que é marketing direto: quais as vantagens e principais estratégias

Existem inúmeras estratégias de marketing no mercado. Porém, por mais que elas continuem a se desenvolver e surjam cada de vez mais tecnologias, um formato que nunca sai de moda é o marketing direto. Você não sabe o que é marketing direto? Neste artigo vamos te explicar.

O marketing direto com o objetivo de ir a procura de pessoas que já possuem interesse naquilo que você deseja vender – seja produto ou serviço.

Sabe-se que o marketing é um esforço feito para divulgar algo. Pode ser feito por inúmeras plataformas, de vários jeitos e para qualquer empresa, independente da área e tamanho. Não adianta tentar fugir: o marketing está sempre presente.

Quando bem feito ele é eficiente para alcançar os principais objetivos da empresa em qualquer âmbito.

Aqui, ressaltamos algumas modalidades e exemplos de marketing direto que merecem destaque, dentre eles, o marketing direto e o marketing de permissão – assim como a ligação entre eles.

o que é marketing direto

O que é marketing direto?

Pois bem, o que é marketing direto? O marketing direto é conhecido por focar seus esforços no público que realmente já possui interesse naquilo que você oferece. Sem precisar da ação de intermediários para intervir nesse processo.

O marketing direto deve ser feito para reforçar e melhorar o relacionamento com o cliente, fazendo ações para que se tornem – e continuem sendo – consumidores fiéis.

Antes da utilização maciça da internet, as ações de marketing direto eram relacionadas à ideias de relacionamento com os clientes por meio de telemarketing e mala direta.

Esses formatos de contato ainda existem, porém, é possível utilizar novas plataformas mais práticas e úteis para colocar o marketing direto em prática, como o e-mail marketing e demais ações online personalizadas para cada cliente.

Comparando o que é marketing direto com os outros formatos de marketing, o grande destaque é, principalmente a maior facilidade para convencer uma pessoa que já está interessada na sua empresa a consumir seu produto, do que começar essa abordagem do zero.

Muitas vezes, nem é necessário que haja um trabalho de convencimento real.

Veja também: 10 ferramentas de email marketing para você fazer sucesso

A ligação entre marketing direto e marketing de permissão

Apesar deste artigo explicar mais profundamente sobre o que é marketing direto e suas principais estratégias, é importante ressaltar que o marketing de permissão está muito ligado a ele.

O marketing de permissão consiste em criar conteúdos relevantes para o seu público. Ou seja: nesse formato, você também já sabe quem é o seu público e cria materiais específicos para ele.

O marketing de permissão preza pelo respeito da marca com o cliente. A corporação só entra em contato após o cliente permitir isso. Essa permissão pode ser feita, por exemplo, por meio do preenchimento de um questionário em uma landing page.

Sugerimos que você complemente a leitura com: Entenda o que é o marketing de permissão e como aplicá-lo

3 exemplos de marketing direto para aplicar na sua empresa

Para funcionar de maneira eficiente, a sua empresa pode investir em ações de marketing direto certeiras. Algumas que merecem destaque são:

1. Saiba quem é o público que tem interesse real na sua marca

A segmentação de mercado  é a parte relativamente fácil de ser colocada em prática. Afinal, o marketing direto já é dedicado para essas pessoas. Cabe à empresa identificar de forma clara quem são esses indivíduos, tendo claro quem é seu público-alvo.

Após, faça uso do marketing de permissão e entre em contato com aquelas pessoas que você já tem conhecimento no seu cadastro de clientes. Para isso, invista em um bom CRM e mantenha-o sempre atualizado.

Se tiver alguma dúvida sobre o assunto, leia: Importância do CRM e Carreira por Mateus Rabello – Moskit.

É importante lembrar, para ter sucesso nas ações de marketing direto, jamais compre mailing. Construa a sua própria rede de contatos por meio da produção de materiais relevantes e relacionamentos online.

2. Fidelize os clientes e invista no relacionamento com eles

Dentre os exemplos de marketing direto, este é destinado para aqueles que já conhecem a sua marca. Porém, apenas o conhecimento e o interesse não garante que eles se tornarão clientes fiéis. Por isso, é de extrema importância investir no relacionamento duradouro e constante com eles.

Não dê valor aos seus clientes apenas no momento de oferecer uma oferta especial. Seja mais do que isso. Mantenha uma conversa relevante e contínua. Para fazer isso, a melhor estratégia é manter a audiência engajada por meio de redes sociais com conteúdo de qualidade.

Os e-mails marketing também podem ser enviados com uma frequência considerada adequada. Para descobri-la, a melhor forma é investir em testes A/B. Testar os melhores horários de envio, quantidade de material que deve ser enviada por semana/mês, materiais que possuem mais taxa de abertura, etc.

Também invista no feedback, que pode ser feito por todos esses canais de comunicação citados – como as redes sociais e e-mail.

3. Quais são as vantagens que os seus clientes recebem por serem fiéis?

Assim como ressaltado no tópico anterior, o público conhecer a sua marca não significa que ele continuará consumindo os seus serviços ou produtos.

Para garantir que isso aconteça, os clientes devem estar cientes das vantagens e benefícios que recebem por serem fiéis à sua marca. Como fazer isso? Por meio de ações reais, que realmente chamem a atenção do público.

É possível oferecer bônus, brindes, promoções especiais, entre outros. Devem ser ações que façam eles se arrependerem caso não aproveitem naquele momento. Assim, você também incita o senso de urgência do público e faz com que ele esteja sempre atento às ações que você criar. Isso aumenta a sua credibilidade e conquista a confiança do mercado.

Além disso, essas ações auxiliam o cliente a se sentir valorizado e a perceber os benefícios de ser fiel. Você pode oferecer um clube de assinatura, cartão fidelidade e sistema de pontos, por exemplo.

Sua empresa já investe em marketing direto?

De forma prática e resumida: utilizar ações de marketing direto é importante para uma empresa conquistar e fidelizar seus clientes. Fazer ações pontuais, certeiras e investir em um bom relacionamento com o público auxiliam nesse processo.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Aprendeu o que é marketing direto? Gostou dos exemplos de marketing direto? Entre em contato conosco que será um prazer ajudar.

Este conteúdo foi produzido pela Eadbox. Somos uma plataforma de ensino a distância completa e intuitiva, que pode ajudar o seu trabalho em prol da disseminação de políticas empresariais, bem como desenvolvimento e treinamento de funcionários.

 

CTA Consultoria

consultoria ead

 


Categorias