fazer pdi

Faça um PDI – Plano de Desenvolvimento Individual com nosso passo a passo

Para ter uma empresa funcionando a todo vapor é preciso contar com equipes equilibradas, trabalhando de maneira alinhada. Porém, para ter sucesso nessa empreitada é importante também enxergar e valorizar cada colaborador como um só – e deixar claro para ele qual a sua importância para o bom desempenho da equipe como um todo. Nesse sentido, desenvolver um  PDI – Plano de Desenvolvimento Individual pode ser de extrema importância.

Um bom PDI auxilia a pessoa a chegar onde ela sempre quis. Seja um objetivo de curto, médio ou longo prazo. Para isso, cabe à empresa mostrar que se importa com o desenvolvimento do funcionário e oferecer as condições necessárias para ele desenvolver seu próprio plano.

– Veja também: Entenda a importância do desenvolvimento de pessoas nas organizações

PDI - plano de desenvolvimento individual

Como fazer um PDI – plano de desenvolvimento individual?

Para fazer um PDI no ambiente corporativo, o ideal é que o superior imediato do funcionário elabore, juntamente com ele, esse plano. Ali, é possível definir as principais ações a serem feitas, quais as responsabilidades do profissional, quais os prazos para aquelas metas, quanto a empresa investirá para que ela saia do papel e, é claro, quais são os resultados esperados e metas a serem cumpridas.

Dessa maneira, tanto o profissional quanto o seu gestor terão definidas, de maneira clara, quais são as suas próximas atitudes.

Definindo metas e prazos

Para fazer um bom PDI – plano de desenvolvimento individual, é preciso estabelecer, desde o início, as metas e prazos das ações. Isso porque essas definições auxiliam a garantir o comprometimento do colaborador.

Sabendo onde ele está, o que deseja alcançar, qual o seu prazo final para essa ação e, principalmente, qual caminho seguir, ele se sente mais estimulado e consegue enxergar seu objetivo final de maneira mais concreta. A ideia é traçar um roteiro que deve ser seguido até alcançar o objetivo final.

Agora que você já sabe a teoria de como funciona um PDI, é hora de colocar a mão na massa e desenvolvê-lo. Confira o passo a passo de como transformar esse projeto em realidade.

O passo a passo do PDI – Plano de Desenvolvimento Individual

1. Qual é o seu objetivo?

A primeira atitude para começar a produzir um plano é definir seu objetivo. Afinal, somente assim é possível estabelecer as outras variáveis. Pergunte-se: “onde estou neste momento e aonde desejo chegar?”. Assim é possível começar a planejar maneiras concretas de se alcançar o objetivo proposto.

Para isso, tenha metas claras e objetivas, porém, flexíveis. Isso porque é possível que você se depare com situações em que dependa de terceiros. Também podem acontecer imprevistos no meio dessa jornada. Ainda assim, essas questões não devem fazer com que você perca o foco do seu objetivo final.

– Veja também: Saiba como atingir seus objetivos com uma meta SMART

2. O que você precisa melhorar/fazer para chegar até esse objetivo?

Se você está fazendo um PDI – Plano de Desenvolvimento Individual para sua carreira profissional com o objetivo de uma promoção, por exemplo, deve identificar quais as ações deverá realizar. Também, é claro, esse plano deve estar alinhado com o seu gestor, para que ele possa lhe ajudar a trilhar esse caminho.

Por exemplo: para você receber a promoção precisa aprender a desempenhar novas funções? Virar fluente em outro idioma? Precisa de recursos financeiros? Precisa de tempo hábil? Ou se tratam de ações mais subjetivas, como a melhora na tomada de decisões, no relacionamento interpessoal e em ações em grupo?

Independentemente da sua área de atuação – e do seu objetivo, – é preciso que você saiba qual caminho trilhar para alcançar a meta final. Não exite em recorrer a ajudas externas para fazer esse percurso de desenvolvimento.

3. Hora de agir!

Você já tem um objetivo bem definido e sabe o que precisa fazer para chegar até lá, certo? Então é hora de começar a tomar essas atitudes. Faça isso de maneira planejada e organizada. Lembre-se que as chances de você obter sucesso na prática do PDI são maiores se você contar com auxílio externo – de um tutor ou do seu gestor.

Isso porque a visão de outro profissional é diferente da sua. Assim sendo, ele pode sugerir novos caminhos a serem seguidos, indicar novas soluções e enxergar os obstáculos com outra visão.

Nesse momento, é legal investir nas mais diferentes soluções que possam surgir que tenham como foco o seu objetivo final. Você pode investir em cursos capacitantes, leituras extras, participar de treinamentos, entre outros. Conhecimento nunca é demais.

Para se organizar, você pode fazer um checklist ou utilizar aplicativos que te auxiliem a manter a sua rotina organizada. Para você entender melhor como essa ação pode ser útil, sugerimos a leitura do seguinte artigo: Checklist: organize suas tarefas e aumente a produtividade.

4. Mensure os resultados

Após o tempo estipulado, você alcançou o objetivo previsto? Se sim, que tal organizar um novo PDI – Plano de Desenvolvimento Individual a fim de desenvolver algum outro aspecto da sua vida? Também aproveite para repassar para frente o seu aprendizado. Quem sabe você seja capaz de ajudar outra pessoa a organizar a vida com um bom plano.

Por outro lado, caso você não tenha alcançado o objetivo proposto, pare e pense: o que faltou para ter sucesso na execução deste plano? O que você pode mudar nos seus próximos PDIs? O que você aprendeu nesse processo e que pode ser aplicado em seus próximos objetivos?

Alcançando melhores resultados com o PDI – Plano de Desenvolvimento Individual

Agora que você já sabe como funciona o PDI, que tal desenvolver um plano para fazer a sua carreira deslanchar?

Ou, se você for o gestor de uma empresa e trabalhar diretamente com subordinados: que tal chamar cada um deles para uma reunião e definir o PDI de cada um? Assim você contará com colaboradores mais engajados em suas carreiras, focados em alcançar o resultado final – seja ela uma promoção, uma ação de marketing premiada, uma viagem, entre outros.

Aproveite e compartilhe conosco: você tem o seu próprio plano de desenvolvimento individual? Sentiu que essa ação lhe ajudou a otimizar sua carreira? Qual a sua opinião sobre esse formato de plano de ação?

CTA Produtividade

banner ebook produtividade


Categorias