acelerador digital

Grande parte dos empreendedores, incluindo aqueles que atuam no mercado digital, acaba deixando de lado a elaboração de um documento que tem por objetivo definir os objetivos da empresa e nortear os passos a serem dados para que possam ser alcançados.

Trata-se do plano de negócios, espécie de direcionamento que o novo negócio digital deve seguir e que, infelizmente, costuma tirar o sono de muitos infoprodutores que iniciam suas atividades na internet.

Dessa forma, transformam essa ferramenta de planejamento estratégico em um verdadeiro “bicho de sete cabeças” e optam por conduzir o negócio digital com base em seu “instinto empreendedor”, sem colocar as diretrizes no papel, estando sujeitos a equívocos que podem levar ao fechamento da empresa.

Você sabe por que o infoprodutor deve desenvolver um plano de negócios? Então, continue com a gente neste conteúdo para entender qual é a importância de elaborar este documento para a saúde e o crescimento do seu negócio digital! Boa leitura!

O que é um plano de negócios?

Ao elaborar o plano de negócios, o infoprodutor está especificando e detalhando quais são os objetivos da empresa e, principalmente, de que forma eles serão alcançados ao longo do tempo.

O documento traz em si, portanto, as informações que definem o perfil empresarial do negócio digital, estabelecendo previamente as informações e os processos que serão adotados visando o seu crescimento.

Entre os principais aspectos que constam do plano de negócios, estão:

  • Modelo de negócios adotado.
  • Planejamento financeiro e orçamentário.
  • Identificação dos principais concorrentes e métodos de trabalho adotados por eles.
  • Público-alvo e persona do empreendimento digital.
  • Planejamento de marketing de no mínimo 6 meses.

Vale lembrar que o plano de negócios não é um documento obrigatório do ponto de vista formal e que, uma vez elaborado, não deve ser arquivado ou esquecido em uma gaveta.

Ao contrário, deve estar sempre à mão para ser consultado. Caso seja necessário, deve ser adaptado conforme os objetivos do negócio digital sejam ajustados e se ocorrerem mudanças no mercado e no ambiente de negócios que justifiquem a adoção de um novo posicionamento estratégico da empresa.

Por que o infoprodutor deve desenvolver um plano de negócios?

O plano de negócios apresenta todas as características do empreendimento digital, indicando os sócios, natureza jurídica da empresa, capital social, endereço, patrimônio e os produtos e/ou serviços que oferece.

Além deste descritivo, o documento também traz o “caminho das pedras” para que os objetivos e resultados pretendidos sejam alcançados no curto, médio e longo prazos.

No caso dos infoprodutores, pela própria natureza digital do negócio, o plano de negócios deve ser bastante assertivo em relação a aspectos bem específicos, entre os quais:

  1. Investimento inicial

Que tipo de recursos serão utilizados? Descrever se serão recursos próprios do infoprodutor ou se haverá a busca de investimentos de terceiros para o desenvolvimento dos infoprodutos. Detalhar aspectos fundamentais da gestão financeira, como fluxo de caixa e capital de giro.

  1. Atividades-chave

O que a empresa faz e quais são as atividades essenciais para o seu funcionamento.

  1. Estrutura operacional

Quais são os recursos humanos e materiais necessários para que a empresa possa desenvolver suas atividades? Qual é o orçamento necessário para dar início e manter essa estrutura, incluindo itens como pró-labore dos sócios?

  1. Parceiros de negócios

Identificar a necessidade de estabelecer parcerias com fornecedores para o desenvolvimento dos infoprodutos.

  1. Estrutura de custos

Verificar quais são os custos fixos e variáveis necessários para que o negócio digital saia do papel.

  1. Público-alvo e/ou personas

Quem são as pessoas ou empresas que se beneficiam do infoproduto?

  1. Proposta de valor

Identificar os problemas que o produto digital irá resolver e quais são os benefícios que irá trazer para quem o consumir.

  1. Análise de mercado

Estudo de viabilidade de mercado, a fim de entender se existe demanda para o projeto e de que maneira a concorrência se comporta.

  1. Relacionamento com os clientes

De que forma a empresa vai se relacionar e realizar a gestão de clientes após a venda? Ela se encerra ali ou haverá continuidade com o lançamento de novos produtos digitais?

  1. Distribuição dos infoprodutos

Definir como será feita a distribuição dos produtos digitais, de maneira a chegarem com eficiência aos consumidores. Serão utilizadas as plataformas de hospedagem e distribuição de infoprodutos? Como se dará essa parceria?

  1. Estratégias de Marketing Digital

Especificar as estratégias de Marketing Digital capazes de levar as informações essenciais sobre os produtos digitais ao público-alvo, e quais serão os meios de divulgação na internet a serem utilizados, tais como redes sociais, site próprio, blog, canais de vídeo e podcasts de influenciadores, entre outros.

  1. Estratégias de lançamento e vendas

Elaborar, ainda que resumidamente, a estratégia de lançamento dos produtos digitais, que deve incluir, entre outros elementos, a criação de anúncios em redes sociais, vídeos e landing page, bem como uma política de preços compatível com a realidade do mercado.

Questões como essas devem, a princípio, ser abordadas no plano de negócios, a fim de direcionar todas as ações que o infoprodutor realizar a partir dali.

No entanto, pode acontecer dele não possuir todas as informações num primeiro momento.

Nesse caso, o infoprodutor deve desenvolver o plano de negócios gradativamente, conforme as respostas surgirem ao longo do tempo.

O importante é que todos os campos sejam preenchidos, para que o direcionamento empresarial seja o mais completo e preciso possível.

Por que buscar a parceria de especialistas para elaborar o plano de negócios?

Na maioria dos casos, o profissional que planeja abrir um negócio digital está tendo sua primeira experiência como empreendedor, além de não estar familiarizado com as práticas estratégicas e operacionais de gestão financeira, tributária e contábil.

Por ser uma pessoa especializada na atividade-fim da empresa que deseja abrir, certamente terá dificuldade para conduzir por conta própria as diferentes tarefas de ordem administrativa e de gestão que são necessárias para a abertura do seu negócio digital, incluindo a elaboração do plano de negócios!

Diante disso, contar com o apoio profissional de um contador desde o início do planejamento das atividades da empresa demonstra o real interesse do infoprodutor em começar as atividades com o “pé direito” a fim de assegurar o bom andamento e crescimento da empresa.

A PJ Plus, parceira da HeroSpark, é um escritório de Contabilidade especializado em negócios digitais, com o know-how necessário para auxiliar o infoprodutor a elaborar o plano de negócios de sua empresa digital, além de cuidar da gestão financeira e demais obrigações legais relativas ao empreendimento.

herospark-bottom-banner-venda-seu-produto-digital

Categorias