acelerador digital

Sabe aquela máxima “não se gasta mais do que se ganha”? Certamente, é um daqueles dogmas que todo mundo traz consigo e carrega ao longo da vida.

No caso das empresas, por todas as implicações financeiras e até mesmo de ordem legal envolvidas, o ditado deve ser levado ainda mais a sério.

Saber planejar e manter as contas sempre no azul é uma regra indispensável para o sucesso de qualquer empresa, inclusive as que atuam na internet.

Quer entender melhor como um negócio digital pode manter um fluxo de caixa saudável, evitando que tenha problemas de pagamento com funcionários, fornecedores e o Fisco? Então, continue a leitura!

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa representa a movimentação de todas as entradas (recebíveis) e saídas (despesas em geral) feitas mensalmente no caixa da empresa.

Para manter sempre em dia o controle financeiro do seu negócio digital, o infoprodutor deve manter o registro rigoroso desses lançamentos, permitindo ao profissional de Contabilidade com quem atua em parceria manter as contas em ordem.

Dessa forma, o contador ganha melhores condições de verificar e analisar de que maneira é possível otimizar a entrada do dinheiro, avaliar como os recursos estão sendo utilizados e quais são as alternativas possíveis para reduzir e eliminar determinados gastos, entre outros aspectos que visam a expansão dos negócios e da lucratividade.

Atenção especial aos picos de lançamento

Existe um aspecto relacionado à questão do planejamento do fluxo de caixa que deve ter uma atenção mais do que especial por parte do infoprodutor. Trata-se da “sazonalidade dos recebimentos”.

Os negócios digitais tendem a ter picos de vendas e de entrada de recursos em períodos específicos, por conta das estratégias de lançamento de infoprodutos.

Sem um olhar profissional e gerencial sobre este fenômeno, é muito fácil “se deslumbrar” com a quantidade de dinheiro novo que entra no caixa e cometer erros graves e grosseiros. Por exemplo, aumentar as despesas da empresa sem se planejar ou, pior ainda, fazer transferências indevidas para a conta da Pessoa Física do infoprodutor, a título de pró-labore ou retirada de lucro.

É claro que os resultados financeiros provenientes dos meses em que os produtos digitais são comercializados no modo lançamento são sempre bem-vindos.

Mas eles devem entrar na “linha de produção” do fluxo de caixa da mesma forma como é feito em relação aos recebimentos oriundos dos períodos do ano em que os negócios navegam no modelo perpétuo de vendas.

Em outras palavras: uma das funções do planejamento do fluxo de caixa é identificar os momentos de alta e de “normalidade sazonal” dos recebíveis.

Dessa forma, é possível provisionar e redistribuir os valores ao longo do ano, de maneira que todas as despesas da empresa sejam cobertas sem atropelos, dando ao empreendedor mais tranquilidade para a criação de novos infoprodutos e para a condução dos negócios.

Infoprodutor: veja como manter um fluxo de caixa saudável

Existem algumas dicas simples para manter o fluxo de caixa saudável, que mesmo quem não é especialista em Contabilidade consegue colocar em prática.

Ao tratar cada uma delas como se fosse um novo hábito, o infoprodutor verá que o planejamento financeiro do seu negócio digital se tornará mais assertivo e eficiente, alcançando melhores níveis de lucratividade.

Confira!

Centralize as informações para melhor controle

Utilize uma única planilha ou software de gestão financeira para registrar as entradas e saídas de dinheiro, especificando claramente os valores, datas e a que se referem.

No caso das despesas, vale a pena categorizar cada pagamento, para visualizar melhor os diferentes tipos de gastos.

Assim, ao centralizar os lançamentos, tem-se uma visão geral de todas as movimentações passadas, presentes e futuras, o que é essencial para manter as diretrizes do planejamento financeiro da empresa.

Entenda quais são as despesas recorrentes

Despesas recorrentes, sejam fixas ou variáveis, fazem parte da realidade de qualquer empresa, inclusive as digitais. Isso inclui gastos com infraestrutura (luz, internet, aluguel etc.), fornecedores, funcionários e impostos.

Por meio do registro centralizado do fluxo de caixa, o infoprodutor conhece qual é a quantia mínima de recursos necessária para manter o seu negócio em funcionamento e pode se planejar para honrar todos os compromissos.

Unifique os meios de pagamento

Utilizar diferentes maneiras de efetuar o pagamento das despesas da empresa pode atrapalhar o controle dos lançamentos do fluxo de caixa.

O ideal é dispor de apenas um cartão de crédito para o CNPJ, centralizando nele os gastos realizados durante o mês.

Nunca misture as contas da Pessoa Jurídica com a da Pessoa Física

Esta recomendação é clássica, mas deve ser sempre enfatizada, pois trata-se do erro mais comum cometido pelos infoprodutores. Separar a vida financeira pessoal da profissional é fundamental para a saúde do empreendimento.

O infoprodutor deve estabelecer um pró-labore compatível com suas necessidades e ater-se a ele com disciplina. Conforme os negócios evoluem, poderá definir um novo valor para o seu “salário mensal”. Mas somente após uma análise aprofundada, tendo as finanças da empresa como prioridade.

Assim, é essencial que as contas bancárias PF e PJ sejam separadas, da mesma forma que os cartões de crédito pessoal e empresarial.

Não gastar mais do que arrecada

Voltamos ao enunciado da abertura deste artigo. O equilíbrio entre receitas e despesas é determinante para a saúde financeira do negócio digital.

O infoprodutor deve manter rígido controle do fluxo de caixa, para poder planejar os futuros lançamentos e evitar que a conta entre no vermelho.

Dica extra: faça do contador o seu melhor amigo!

O controle das finanças do negócio digital é uma tarefa que nem sempre é de domínio ou do interesse do infoprodutor, uma vez que ele  tende a focar seus esforços, experiência, conhecimento e energia na elaboração dos cursos e outros conteúdos que irá comercializar.

Por essa razão, contar com o apoio profissional de um contador para cuidar da gestão do empreendimento em seus aspectos administrativos, financeiros, tributários e fiscais apresenta-se como uma necessidade para que ela se mantenha viável e saudável no mercado.

A PJ Plus, parceira da HeroSpark, é um escritório de Contabilidade especializado em negócios digitais, com o know-how necessário para conduzir os aspectos operacionais da empresa digital, visando o cumprimento das obrigações financeiras e legais, sem deixar de lado as estratégias de expansão e aumento de receitas.

herospark-bottom-banner-venda-seu-produto-digital

Categorias