Aprendizado Mobile

Por que o aprendizado mobile é tão importante?

Sempre que uma tecnologia sofre um grande crescimento entre as pessoas, é importante começar um processo de investimento mais focado. O EaD está tendo este crescimento, ainda mais com a crise, onde as pessoas buscam de especializar de uma maneira mais rápida e prática.

Ainda mais com a facilidade de acesso, tornar o EaD disponível, acaba sendo uma tarefa quase que obrigatória para os projetos de e-learning. Segundo a IDGNOW! até 2017 o Brasil terá 70,5 milhões de usuários ativos de smartphones. Isto reforça a importância de utilizar uma das características primordiais do ensino à distância – sua disponibilidade – para oferecer um conteúdo sempre à mão – no caso dos smartphones, literalmente à mão.

Conheça então os 4 principais motivos para investir no aprendizado mobile

Conveniente e Flexível.

Aprendizado mobile (mlearning) ocorre, na maior parte dos casos, em telas pequenas e, geralmente, ocorre quando as pessoas encontram pequenos intervalos de tempo disponíveis. Isto é um incentivo para que os designers instrucionais criem conteúdos em pequenos pedaços absorvíveis, divididos em sessões específicas de estudo, facilitando a absorção dos conhecimentos e engajando seu público alvo. Esta aproximação mais granulada oferecem aos estudantes uma maior flexibilidade naquilo que eles estudam e na maneira como eles estudam. Eles não precisam gastar uma hora navegando num curso complexo se eles podem ter acesso a um vídeo de cinco minutos que mostra os principais conceitos que eles devem absorver. E isso tudo estará acontecendo em dispositivos que os estudantes já estão confortáveis em usar, que estão sempre disponíveis, sempre na “palma da mão”.

Nem sempre os alunos terão acesso aos computadores fixos – desktops, então os dispositivos móveis são a única alternativa.

Melhoras no aprendizado em qualquer lugar, a qualquer momento.

Sabemos que os alunos esquecem uma boa parte daquilo que estudam durante uma sessão de treinamentos, e esta porcentagem aumenta cada vez mais entre o aprendizado em si e o momento de colocar os conhecimentos em prática.

Imagine um aluno que está estudando sobre as melhores maneiras de realizar uma venda. Ao fornecer materiais EaD numa plataforma mobile, o curso e seus elementos podem ser utilizados como uma rápida recapitulação antes da reunião com o possível cliente. Esta flexibilidade “just-in-time” oferece ao aluno a possibilidade de contextualizar os conhecimentos adquiridos, reforçando muito a retenção das informações absorvidas.

Além disso, quando os estudantes tem condições de focar naquilo que mais precisam, eles ficam mais propensos a encarar o treinamento como algo útil e não apenas como uma tarefa que eles devem vencer.

Melhora na interação e no engajamento dos estudantes.

Além de estar disponível em qualquer lugar e a qualquer momento, o aprendizado mobile também pode incorporar features que o e-learning convencional não pode. Por exemplo, a funcionalidade de geolocalização dos dispositivos mobile oferece aos estudantes uma localização específica, contextualizando a experiência de aprendizado. Imagine um conteúdo que se ajuste automaticamente de acordo com a localização do estudante, não seria interessante?

Outro exemplo são as notificações destes dispositivos, que alertam os alunos mesmo quando as aplicações específicas do curso online estão desativadas. Repare sobre como as notificações das redes sociais roubam sua atenção, mesmo que você esteja em outra aplicação ou nem mesmo esteja usando seu smartphone.

A maneira que seus estudantes usar os dispositivos mobile, usando movimentos e gestos com as mãos, dão uma dimensão cinestésica que pode tornar o aprendizado uma experiência ainda mais engajante. O simples fato de tocar na tela para interagir com botões e outros elementos na tela de um dispositivo móvel já oferece uma sensação mais intensa de interação do que mover um mouse e clicar.

 Fácil implementação.

É tão fácil criar conteúdos EaD para mobile quanto é fácil criar conteúdos e-learning. Na verdade, muitas das ferramentas de produção destes conteúdos já estão adaptadas para uma grande variação de tamanhos de telas.

É importante lembrar que o aprendizado mobile não é apenas a próxima geração do e-learning, da mesma maneira que o EaD é a próxima geração dos treinamentos presenciais, mas sim é um recurso adicional importante para aprimorar o processo de aprendizado à distância.

Categorias