promover marketing de conteúdo

4 Growth Hacks para Promover Marketing de Conteúdo em 20186 min read

“Marketing de conteúdo é a moeda do século XXI” – Esse é o título do livro do Rafael Rez sobre o assunto. Conteúdos funcionam muito bem, mas funciona ainda melhor se você trabalhar para promover marketing de conteúdo. Antes que você vire os olhos: não estou falando de Hacks de Facebook Ads e nenhum outro formato de mídia paga.

No decorrer da minha carreira aprendi bastante que você deve se esforçar 30% para produzir um bom conteúdo e 70% para promover seu conteúdo​. Se você está cansado de ler “faça anúncios”, “envie e-mail para sua lista” ou “peça que as pessoas compartilhem seu eBook”, é bem provável que vá gostar muito deste artigo. Neste artigo vou compartilhar com você 4 growth hacks de promoção de conteúdo​, que você precisa usar em 2018 (antes de junho!) e que com certeza vão te trazer resultados. Todos eles são baseados em esforço e não investimento financeiro​, por isso são um pouco mais difíceis de executar, mas o resultado também vem junto. Vamos lá?

#1 – Use e mencione influenciadores em seus artigos​

Calma, você não precisa que o Whindersson Nunes compartilhe seu conteúdo. Tudo o que você precisa são os influenciadores de micro e médio porte, que estão diretamente relacionados ao seu nicho de mercado.

Um exemplo: você notou que eu citei o livro do Rafael Rez no topo deste artigo? Após a publicação deste material eu vou enviar isso pra ele diretamente no Inbox do LinkedIn, e bem provavelmente isso vai gerar tráfego para o artigo e links para o Mercado Hack.

Lembre-se: quanto mais influenciadores você citar, mais chances você tem de conseguir uma mídia espontânea por parte deles. Eu li no Inbound.Org uma vez um artigo com o seguinte título:

Isso mesmo. O autor citou 112 influenciadores​ e olha só onde ele foi parar, no maior portal de Marketing Inbound que eu conheço.

Como encontrar seus próprios influenciadores:

Se você já está no seu nicho há um bom tempo deve conhecer bem os influenciadores deste mercado. Mas caso você não saiba ainda quem são eles, existem algumas ferramentas que podem te ajudar bastante. A minha favorita é a BuzzSumo (Mas existe a Onalytica também). Através destas ferramentas você pode encontrar os artigos e conteúdos mais compartilhados sobre determinados temas. Os autores são seus influenciadores.

Como escalar o uso de influenciadores na produção de conteúdo​:

Existem duas opções:
1. Entre em contato com o influenciador um-para-um (assim como mencionei que farei com o Rafael);
2. Crie um processo que vai te ajudar a tornar tudo mais rápido. Mas como exatamente fazer o formato 02? Eu gosto muito de usar o Google Forms para isso. Primeiro você cria uma pesquisa para a sua audiência, como por exemplo:

Você pode enviar este formulário tanto para os seus próprios clientes quanto para vários influenciadores no Linkedin. Geralmente é fácil se conectar com eles na plataforma. Envie o formulário para vários, e saiba que a coleta de cerca de 3 respostas já são suficientes pra você escrever o conteúdo.

Após coletar essa informação, crie um conteúdo baseado nas respostas, cite eles e envie pelo mesmo canal de antes (no caso o LinkedIn) e pergunte se eles podem compartilhar. As chances da mídia espontânea vir é grande.

#2 – Vá aonde o seus clientes estão​: encontre uma comunidade e passe o seu tempo livre nela

Eu sou membro ativo do grupo Growth Hackers Brasil no Facebook.

O grupo é privado e tem mais de 4 mil membros. Todos eles são meus potenciais alunos e alguns são potenciais clientes. Eu gasto meu tempo livre navegando e interagindo com o grupo, sendo ativo e contribuindo. Não estou falando de ficar enviando links dos meus artigos, não. Estou falando de contribuição real, conteúdo original, transcrito no grupo, interação com quem pede ajuda. E isso não é difícil de fazer.

Com toda certeza existem vários grupos do seu nicho de mercado, e muitos deles estão precisando de um “herói” como você para fazer a diferença. Esse é um hack de longo prazo​, mas hoje as minhas conexões de valor no LinkedIn vieram principalmente por causa do grupo, além do que a metade da minha lista de e-mails, ou seja, as pessoas que baixaram minhas iscas digitais, também estão no grupo.

#3 – Troque links com pessoas que você já conhece e consiga mais backlinks, tráfego, leads e vendas

ATENÇÃO: Esse hack deve ser usado com extrema cautela, ou você pode ser penalizado pelo algoritmo do Google.
Antes de mais nada eu não preciso entrar em detalhes sobre a importância de backlinks, certo? Não tem segredo. Tudo o que você precisa fazer é encontrar Gaps de Conteúdo.

O que são Gaps de Conteúdo e como encontrá-los​?

Os Gaps nada mais são do que falhas no conteúdo, que você pode resolver com um novo conteúdo. Por exemplo:
Neste artigo eu falei para você criar uma pesquisa para a sua audiência. Pode parecer algo bobo, mas eu não expliquei literalmente como fazer isso. AHA! Um Gap de Conteúdo.

Tente encontrar Gaps em vários sites do seu nicho, que podem ser potenciais parceiros de troca de links pra você. Após fazer isso crie um conteúdo que preencha o espaço vazio do Gap de Conteúdo,​ e neste exato artigo tente colocar algum link para o site do parceiro.

Após fazer isso, use o E-mail Hunter para descobrir como entrar em contato com alguém do blog parceiro e envie um e-mail. No e-mail lembre-se de explicar que você está enviando um material para ajudá-lo, e que quer apenas um link na palavra-chave, e em troca já fez o mesmo pra ajudar o site dele a crescer também. É uma ação de guerrilha que demanda alto esforço, mas que pode te ajudar a conseguir mais tráfego, potenciais parceiros para a vida toda e consequentemente mais vendas.

#4 – Crie conteúdo para que freelancers utilizem como fonte

A melhor forma de conseguir links e tráfego é sendo utilizado como referências e linkado em artigos de relevância. Todos sabemos também que existem centenas de Freelancers de Marketing Digital que produzem conteúdo a todo momento. O ponto desta estratégia é entrar em contato com esses Freelancers e enviar um “conteúdo fonte”.

Um exemplo que eu apliquei pra mim foi o meu infográfico sobre o Processo de Growth Hacking. Nele eu detalho o processo em si, e o material já está nas mãos de alguns Freelancers, desta forma semanalmente no meu relatório de backlinks do AhRefs vejo um ou dois links a mais.

 

O que você achou desta lista de Growth Hacks para promover conteúdo? Eu acredito fortemente que, na simplicidade de cada uma destas ações, os produtores de conteúdo on-line podem alcançar mais tráfego e vendas. Tente pegar um dos hacks explicados aqui, qualquer um. Depois faça o teste, avalie os resultados e vá para o próximo conforme os resultados. Fique à vontade para tirar dúvidas comigo no LinkedIn também!

Texto escrito pelo autor convidado Rodrigo Oliveira, especialista em Growth Marketing e Consultor de Inside Sales, fundador da Mercado Hack e com o propósito de fazer organizações incríveis encontrarem clientes incríveis.

Categorias