aprendizagem autônoma

Aprendizagem autônoma: como será o aluno do futuro

Aprender nunca foi uma ação passiva. Contudo, com o método tradicional de ensino, o aluno tornou-se dependente do professor. Devido ao progresso social e tecnológico, houveram mudanças na forma com que cada indivíduo lida com a aprendizagem. Especializar-se é agora algo essencial para todos que querem se manter firmes no mercado de trabalho. Com isso, a aprendizagem autônoma é a principal ferramenta para quem busca ser protagonista do seu próprio conhecimento.

Essa forma de aprendizagem foi se transformando conforme a educação e a tecnologia disponível também evoluiram. Devido à limitação do ensino tradicional, outros métodos de estudo foram sendo criados. Um deles é a educação a distância, que trouxe muito mais autonomia e vantagens para os alunos, facilitando a aprendizagem autônoma.

Leia também: a importância da tecnologia educacional na aprendizagem.

 

aprendizagem autônoma

 

O que é aprendizagem autônoma?

Aprendizagem autônoma é o processo de ensino que o aluno passa, sendo totalmente – ou a maior parte dele dele – feito de forma independente. Essa independência educativa hoje é mediada pela tecnologia, potencializando a aprendizagem. Por mais que exista a mediação da tecnologia, o aluno consegue ser ativo em sua própria aprendizagem, sendo o principal agente de transformação.

A educação a distância traz essa autonomia de forma mais eficiente, pois proporciona ao aluno uma maior flexibilidade. Faz com que as aulas sejam apenas um suporte e suas pesquisas como principal base.

Muito se fala sobre o aluno autônomo em sua aprendizagem, mas pouco se sabe como chegar nesse estágio de educação. Pensando nisso, separamos alguns pontos importantes para que você saiba como se comporta um aluno com aprendizagem autônoma.

Desejo por aprender

Aprender é uma exigência contínua na sociedade em que vivemos. Portanto, o aluno que tem sede por aprender consegue alcançar com mais facilidade a aprendizagem autônoma.

De nada adianta o aluno ter todas as ferramentas disponíveis em seu dia a dia se ele não tem vontade de aprender. A autonomia depende desse desejo pois, dessa forma, o aluno vai além daquilo que o professor transmite em aula.
Talvez seja do seu interesse: como funciona um sistema de educação online.

Planejamento é essencial

O aluno ideal é aquele que consegue focar seus esforços totalmente aos estudos, contudo, é sabido que essa realidade nem sempre é possível. Dessa forma, o planejamento pessoal é essencial. Portanto, o aluno precisa entender seus horários e planejar seus estudos, para que seja, de fato, efetivo.

Autonomia não é ser solitário

É comum imaginar que um aluno autônomo seja uma pessoa que busque conhecimento de forma solitária. Contudo, essa ideia é errada, é possível, sim, que o aluno tenha aprendizagem autônoma de forma colaborativa.
Quando o aluno compartilha seus conhecimentos e experiências com outros alunos, a aprendizagem se torna mais fluida e facilitada. Isso trazendo à tona outros questionamentos e pontos de vista que agregam na aprendizagem.

Portanto, a aprendizagem de forma autônoma pode ser feita sozinha. Contudo, tem o efeito potencializado quando é compartilhada. Agora que você sabe como acontece e como um aluno autônomo se porta, comece a se preparar para essa mudança na forma de aprender e de ensinar.

CTA Academia 1

academia eadbox


Categorias