capacitação em saúde e segurança do trabalho

Novas regras para capacitação em saúde e segurança no trabalho liberam a utilização do EAD

Até pouco tempo atrás – mais especificamente 22 de março de 2018 – treinamentos corporativos obrigatórios que envolviam funções que, de alguma maneira, deixavam o colaborador em risco, tinham de ser aplicados em formato presencial obrigatoriamente. No dia seguinte, em 23 de março, isso mudou. Agora é possível fazer a capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD.

Porém, para isso, é preciso cumprir normas impostas pela CGNOR (Coordenação-Geral de Aplicação das Normas), DSST (Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho) e SIT (Secretaria de inspeção do trabalho). A norma que aprova essa mudança é a Nota Técnica nº 54/2018.

Esse é um ponto extremamente positivo para o mercado. Isso porque:

capacitação em saúde e segurança no trabalho

1. Amplia as possibilidades das empresas que podem oferecer capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD

As empresas que vão oferecer esse formato de treinamento via EAD devem saber quais regras seguir para que a capacitação seja aprovada.

Dentre as novas normas impostas, a empresa deve oferecer, em seu plano, as seguintes especificações e funcionalidades:

  • Projeto Pedagógico:
  • Duração;
  • Local e Horário;
  • Interação;
  • Tecnologias;
  • Público-alvo;
  • Profissionais;
  • Conteúdo;
  • Sistema de Avaliação.

Para isso, é preciso contar com uma boa plataforma EAD que suporte todas essas questões e ofereça essas funcionalidades. A empresa que irá contratar uma terceira para desenvolver essa capacitação deve deixar essas questões claras. Caberá a empresa desempenhar com qualidade essas funções. O objetivo é cumprir essas exigências e oferecer um material extremamente qualificado.

Vale lembrar que, tendo essas normas pré-estabelecidas, todas as empresas que oferecem esse tipo de capacitação deverão focar na qualidade do conteúdo. Trabalhando este conteúdo internamente ou de forma terceirizada, é essencial ressaltar que se trata de funções que envolvem risco, por isso a importância em oferecer uma capacitação eficiente.

– Veja também: Aprendizagem virtual, entenda como é o aprendizado no EAD

2. Empresas que precisam investir em capacitação, mas antes eram obrigadas a fazer de maneira presencial, podem oferecer treinamentos melhores

As empresas precisam investir em seus colaboradores. Porém, antes, por ser necessário fazer isso de maneira presencial, o resultado muitas vezes era um treinamento engessado, pouco interessante e engajador. Além disso, a corporação precisava investir em uma estrutura física. Além disso, havia o problema da produtividade – pois vários colaboradores do mesmo setor precisavam parar o que estavam fazendo para participar da capacitação. Por fim, havia a necessidade de contratar um especialista externo para dar a palestra diversas vezes.

Com isso, o resultado poderia ser negativo. Afinal, a produtividade da empresa era minimizada – e o aprendizado não era feito como deveria. Portanto, o investimento em capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD é tão útil para as empresas. Agora é possível que as empresas otimizem esses treinamentos, economizem dinheiro, engajem mais o empregado e contem com maior produtividade.

Cabe a elas investir em um aprimoramento e desenvolvimento de metodologias e didáticas cada vez mais avançadas para maximizar o aprendizado nessa área.

3. Otimiza o conhecimento dos colaboradores que recebem o treinamento

Os colaboradores que fazem a capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD também saem no lucro. Isso porque são estimulados a aprender de novos formatos. De maneira pontual, são inúmeras as vantagens para o trabalhador. Entre elas, podemos citar:

  • A comodidade de fazer o curso sem precisar preocupar-se com deslocamento;
  • Não se preocupar com a timidez ou se expor em frente aos colegas;
  • Flexibilidade de horários para realizar as aulas;
  • Igual ou melhor nível de aprendizado dos conteúdos passados;
  • Desenvolvimento de novas habilidades com plataformas EAD e demais vivências digitais;
  • Possibilidade de ter aulas com profissionais extremamente renomados, que cobrariam muito mais caro por uma palestra ou curso presencial;
  • Diplomas/certificados possuem o mesmo valor de um de cursos presenciais.

Ou seja: nesse formato de aprendizado, além de os colaboradores aumentarem a sua capacitação em saúde e segurança no trabalho, eles também adquirem conhecimentos adicionais. 

Quer melhorar a produtividade da sua equipe? Saiba como fazê-lo através do EAD!

Investindo na capacitação em saúde e segurança no trabalho

Já sabe-se da importância em contar com colaboradores engajados e motivados. Porém, para conquistar essas características é preciso, em um primeiro momento, oferecer um espaço de trabalho seguro e saudável para os trabalhadores. Por isso o investimento na capacitação em saúde e segurança no trabalho é tão importante.

Vale lembrar que essa questão é de extrema importância para empresas de todos os tamanhos e áreas. Normalmente, os assuntos abordados durante esses treinamentos são os que envolvem a prevenção de acidentes no trabalho.

Os custos diretos que envolvem um acidente de trabalho são de várias naturezas. Podemos citar:

  • O tempo perdido;
  • A interrupção da produção ou do serviço;
  • Danos de equipamentos ou materiais;
  • Pagamento de horas extras para outros colaboradores a fim de suprir o funcionário que está afastado;
  • Gastos com recuperação de empregados;
  • Despesas com primeiros socorros;
  • Requalificação da mão-de-obra;
  • Substituição de trabalhadores;
  • Maior rotatividade na equipe;
  • Menor credibilidade da empresa frente ao mercado – pois ninguém deseja trabalhar em um local em que há acidente.

Isso tudo sem falar no impacto social que um possível acidente pode causar na vida do acidentado e sua família. Por isso é tão importante levar a sério esse assunto. Contar com um processo de capacitação via EAD em saúde e segurança no trabalho pode ser de grande auxílio para as corporações.

Aproveite essa oportunidade do mercado e ofereça a capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD

Com a aprovação dessas novas normas e tendo ciência da importância dessa capacitação, a sua empresa pode obter vantagem competitiva. Como assim? Essa lei acabou de ser aprovada, ou seja: ainda há tempo para se tornar uma das primeiras empresas do mercado que vai diminuir custos e sair na frente oferecendo os treinamentos.

Ponto importante nessa questão é que a norma oferece exatamente as ações que precisam ser cumpridas. Assim, a empresa que investir na capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD sabe exatamente quais parâmetros precisa cumprir. Também sabe que será fortemente avaliada e deve dedicar-se com muito afinco para oferecer esse treinamento. Em primeiro lugar, a empresa precisa estar ciente de que está trabalhando diretamente com a vida dos colaboradores. Um bom treinamento pode salvar vidas.

Além disso, isso mostra de maneira efetiva que capacitações feitas via EAD também são qualificadas. Elas não devem nada para as ações presenciais. Muito pelo contrário. Podem, inclusive, oferecer informações extras. Oferecer um canal de conversas em que os colaboradores possam tirar dúvidas via 24h por dia, por exemplo.

– Para complementar a leitura, confira: EAD ou presencial? Tome a melhor decisão.

Vai realizar a capacitação com terceiros? Tome alguns cuidados!

Apesar de serem regras novas, é preciso buscar empresas que se destacam no mercado. É preciso saber como mostrar para os gestores da empresa que investir nesse formato de capacitação é um ganho para todos.

Ainda é comum que profissionais mais tradicionais sejam relutantes quanto à tecnologia. Por isso, estabeleça critérios e pesquise bem sobre a qualidade do conteúdos dessas empresas, através de:

  • Cases de sucesso e depoimentos de clientes prévios que já fizeram treinamentos – mesmo que sobre outros temas;
  • Sites responsivos e com grande autoridade no Google;
  • Redes sociais muito bem atualizadas e relevantes;
  • Empresas que tenham sempre um bom atendimento – via presencial, e-mail, redes sociais, entre outros;
  • Uma postura confiante sobre o que estão te oferecendo;
  • Sinta se a empresa realmente se importa com a capacitação em saúde e segurança no trabalho. Você deve pesquisar, conhecer e saber sobre o assunto. Esse treinamento pode salvar vidas.

Colocando os conhecimentos em prática

Agora que você já sabe quais diretrizes seguir, que tal explorar essa nova estratégia? Empresas de todas as áreas entendem e investem cada vez mais em treinamentos através do EAD, porque entendem os ganhos que essa modalidade pode oferecer. Encare como uma oportunidade de diferenciação e crescimento.

Deseja investir na capacitação em saúde e segurança no trabalho via EAD, mas ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe nos comentários!


Categorias