Criar vídeo aulas profissionais sem sair de casa!

Criar vídeo aulas profissionais sem sair de casa!

10 dicas para você criar vídeo aulas e aumentar a participação no seu curso de EAD

Criar vídeo aulas é uma modalidade de apresentação de conteúdo que os melhores cursos de educação a distância – que agora são cada vez mais frequentes no Brasil – contam como recursos multimídia.

Os vídeos, são um dos recursos mais cativantes, pois englobam áudio, imagem e conteúdo falado e escrito, que se fixam com mais rapidez na mente das pessoas e permanecem por longo tempo.

Portanto, se você quer transmitir conhecimento com qualidade, produza um vídeo. Mas como gravar e criar vídeo aulas de respeito? Eis algumas dicas:

1. Tema

Escolha um assunto que você domina, pois assim será mais fácil de transmiti-lo a outras pessoas; Procure não restringir o alcance do assunto escolhido;

2. Planejamento

Enumere em tópicos os assuntos que serão abordados no vídeo. Em média, cada página (1.400 caracteres com espaços) pode ser pronunciada num intervalo de 2 minutos com tranquilidade. Com base nisso, você poderá calcular quanto conteúdo caberá em um vídeo com 2, 4, 10, 20 ou mais minutos. Defina se o professor apresentará o conteúdo em pé ou sentado. Crie um roteiro para direcionar as falas e movimentos do apresentador se achar necessário;

3. Equipamentos

O básico é um bom microfone para captação de áudio, uma câmera e um editor de vídeo. Porém, contar com mais de 1 câmera poderá enriquecer a apresentação, uma vez que será possível fazer tomadas em diferentes ângulos para chamar a atenção do expectador.

Lembrando que quando se pensa em equipamento logo vem ao pensamento um investimento alto, porém para quem está começando, gravar com a câmera do computador que está utilizando (se o mesmo tem) é a melhor opção, e também hoje em dia diversos celulares já contém uma câmera embutida que grava com uma resolução boa.

4. Qualidade do áudio

O áudio deve ser de excelente qualidade, de preferência sem música de fundo e sem ruídos. Por isso, o local onde você gravar a vídeo aula terá que ser silencioso. Procure gravar em um horário que tenha o mínimo de intervenção sonora possível. Lembrando também que existe alguns softwares que auxiliam na gravação de áudio e modificam e reduzem o ruído.

5. Qualidade do vídeo

Procure gravar com 30 a 60 frames por segundo para garantir que as imagens não tenham sobressaltos; Se você utiliza a câmera que não tem opção para mudar ou não tem conhecimento técnico para realizar as alterações não se preocupe, atualmente os dispositivos vem com essas configurações já implantadas por padrão.

6. Monte um cenário: 

Produza o vídeo em um fundo limpo, que contraste com o apresentador que, por sua vez, não deve usar roupas muito chamativas;

7. Linguagem

Leve em conta a linguagem do seu público-alvo, ou seja, expresse-se exatamente como eles se expressam no cotidiano. Por exemplo, tenha em mente que a linguagem usada com executivos deve ser diferente da usada com colegiais;

8. Conteúdo de alto nível

Apresente informações relevantes, que sejam inéditas para o seu público. Disponibilize materiais de apoio como documentos em PDF, podcasts e outros vídeos. Não esqueça de dar os créditos quando os conteúdos de apoio forem de terceiros;

9. Cuide da edição

Crie um logotipo e uma vinheta, caso os seus vídeos sejam apresentados em um canal específico. Trabalhe com as cores da sua escola. Desenvolva uma arte para inserir legendas. Corte informações desnecessárias e dinamize as cenas dos vídeos. Você pode fazer isso usando um editor de vídeo grátis ou contratar um profissional do ramo;

10. Padronize o formato

Logotipos, tempo de apresentação, vinhetas, legendas, transposições de vídeos e estilo de apresentação devem ser sempre os mesmos em vídeos subsequentes para evitar o estranhamento do público.

Antes, porém, de começar a produzir e criar vídeo aulas, saiba que é necessário possuir não apenas habilidades didáticas, mas competências de comunicação em frente às câmeras. Existem cursos livres, como os de videojornalismo, que podem ajudar.

 

Veja também: 10 ferramentas para gravar e editar vídeo aulas

 

Com a prática, a tendência é que a qualidade das suas vídeo aulas melhore gradativamente.

CTA Trial

Banner_Testar-Grátis-Eadbox

Categorias