Há quem diga que estamos vivendo a Era do Aprendizado, que tem como principal característica a cultura do aprendizado. O que diferencia as pessoas não é o conhecimento em si, mas como cada indivíduo se apropria desse conhecimento em processos dinâmicos de aprendizagem.  Cursos in company podem ajudar bastante nesse cenário.

No ambiente empresarial, esse fenômeno é maior do que nunca: de acordo com o Panorama do Treinamento no Brasil 2016, produzido pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), o ano de 2016 registrou um aumento de 24% em relação a 2015 no quesito investimento corporativo em treinamento e desenvolvimento dos colaboradores. 

Esse número é ainda mais surpreendente quando levamos em consideração a crise econômica de 2016, que fez com que muitos negócios reduzissem ao máximo seus gastos. 

Uma das formas de desenvolver os funcionários é através dos cursos in company, que têm sido cada vez mais solicitados por parte das empresas.

Neste artigo, iremos nos aprofundar nesta modalidade e entender o porquê implementá-la no seu empreendimento pode trazer diversos benefícios. 

Confira abaixo!

O que são cursos in company?

Cursos in company são treinamentos e capacitações produzidos de forma personalizada por um especialista com o objetivo de suprir uma demanda pré-identificada e obter melhores resultados de produção e entrega. 

Eles podem ser feitos de maneira presencial ou através do Ensino à Distância, que também está crescendo em popularidade. O que importa é que ele deve ser desenvolvido para uma determinada empresa, levando em conta as suas necessidades a curto, médio e longo prazo. 

Mas para o curso in company dar certo, e atacar os pontos cruciais para o desenvolvimento da companhia, é preciso que antes se faça o Levantamento de Necessidades de Treinamento (LNT). 

Ele é o processo conduzido pela área de Recursos Humanos ou por profissionais especializados em Treinamento & Desenvolvimento (T&D) que mapeia quais as dificuldades, pontos a serem desenvolvidos e oportunidades de crescimento na corporação.

O LNT dará as diretrizes necessárias para que o curso in company seja o mais eficaz possível. Através de questionários e entrevistas com gestores e funcionários, é possível ter uma visão geral e obter insights valiosos sobre produtividade, problemas pontuais e crônicos que afetam o dia a dia das equipes e se os próprios funcionários têm ideias para melhorar a situação.

Depois que este levantamento é feito, os gestores e o RH devem se reunir para organizar qual curso deve ser feito. Para isso, é preciso responder perguntas relacionadas a: 

  • Custo: Qual é o valor aprovado para essa capacitação? Quanto menor for o orçamento, mais precisas devem ser as decisões, como número de funcionários envolvidos, formato do curso (EAD costuma ser mais barato que presencial), e quais problemas são prioritários de serem resolvidos.
  • Público-alvo: Depois do Levantamento de Necessidades de Treinamento, deve ser feito um mapeamento das questões a serem tratadas e quem serão as pessoas envolvidas nessas capacitações. Conhecer o público-alvo é um dos passos mais importantes na hora de planejar um curso, pois a linguagem e tópicos abordados variam de acordo com o nível dos cargos. Funcionários júniors precisam de mais conhecimento técnica que os seniores e gerentes, por exemplo.
  • Objetivo: O que a sua empresa pretende com aquele curso: Aumentar a produtividade? Atualizar sua equipe de funcionários nas principais tendências do mercado ou aprofundar os conhecimentos em uma ferramenta específica? Com esse propósito em mente, o especialista contratado poderá montar o curso de maneira mais direcionada, tendo em mente o objetivo da empresa com aquela capacitação. Sem um escopo bem definido, o curso vai ser muito amplo e não trará os resultados esperados. 

Vantagens de adotar os cursos in company

Para entender a importância dessa modalidade, é preciso antes entender o conceito de capital humano. Ele é o conjunto de habilidades e conhecimento dos colaboradores para a realização de seus trabalhos de forma que produza valor econômico à empresa. 

Essa definição surgiu em meados do século XVIII, e foi um dos resultados da discussão sobre como os fatores humanos influenciam nos resultados da empresa. O debate levou à conclusão que quanto mais a companhia valoriza o seu capital humano, maiores são as chances dela obter grandes resultados no seu dia a dia. 

E o que isso tem a ver com os cursos in company? Já é de consenso geral que o capital humano se classifica como um dos principais atrativos das organizações, e o seu desenvolvimento deve fazer parte do planejamento estratégico de qualquer companhia que pretende ser bem-sucedida. 

Equipes atualizadas e com competências que conversam com as necessidades de seus clientes, e do mercado de forma geral, entregam melhores resultados, aumentando o nível de satisfação dos clientes e atraindo prospects com maiores chances de fechar negócio. 

Mais vantagens e opções de curso in company 

Personalização de acordo com as suas necessidades

A Era do Aprendizado faz com que muitos colaboradores procurem cursos para suprir necessidades profissionais. Pode ser um conhecimento que o mercado pede, atualização de ferramentas muito usadas no negócio e por aí vai. 

Quando eles vão atrás dessas capacitações sozinhos, a empresa é beneficiada, mas não tanto quanto seria se ela mesma fizesse seus cursos. Isso porque a companhia sabe o que precisa, entende quais são as necessidades de seus funcionários e pode personalizar o conteúdo de modo a ser benéfico para os dois.

Os cursos in company servem para resolver questões que merecem atenção e aqui não há regras. Junto com os especialistas, é montada uma grade para atingir os resultados de forma pontual. 

Aumento da satisfação dos funcionários 

Entendemos que o capital humano é fator crucial para o bom desempenho de uma empresa. Dessa forma, se os funcionários não estiverem satisfeitos, eles irão produzir menos. Ou até mesmo sair da empresa, aumentando as taxas de turnover – que são um indicativo negativo para a empresa. 

A aplicação de cursos in company na realidade da sua corporação alinha os colaboradores com a cultura empresarial e promove o relacionamento interpessoal – dois dos grandes desafios da gestão de pessoas. 

No meio das tarefas do dia-a-dia, os colaboradores nem sempre conseguem interagir uns com os outros. Os cursos, além de capacitar os trabalhadores, faz com que eles fiquem mais próximos, ainda que virtualmente. 

Isso cria laços que são muito benéficos para a empresa, porque aproxima áreas, estimula a troca de conhecimento e faz com que as pessoas se sintam mais bem vistas dentro do escritório. 

Diversos formatos 

Como já foi dito, o curso in company é customizado. Isso não significa apenas que ele segue o que a empresa precisa: ele também pode ser personalizado no seu formato, e assim atender mais pessoas. 

Em empresas grandes e com escritórios localizados em várias cidades é muito complicado fazer treinamentos pessoais: envolve deslocação e custos de hospedagem e alimentação para o especialista contratado. Por isso os cursos podem ser feitos à distância, atingindo mais pessoas a um investimento menor. 

Sabemos que o mercado de Ensino a Distância é um fenômeno no mundo inteiro. Só no Brasil, a expectativa é que esse segmento cresça 21% por ano. As vantagens desse formato são muitas, a começar pela praticidade. 

Com o crescente acesso à internet, o seu colaborador pode acessar os conteúdos do próprio celular ou do computador. Isso também otimiza o tempo, já que não interfere na rotina de trabalho e também não ocupa o tempo livre dos profissionais envolvidos. Eles podem acessar o material quando e onde quiserem.

Redução dos custos

A customização dos cursos faz com que as empresas consigam criar grades de conteúdo específicas, envolvendo um maior número de profissionais e estabelecer cronogramas que não atrapalha o funcionamento geral da organização. 

Há quem acredite que esse método gasta mais dinheiro, mas não é verdade: nos casos das capacitações presenciais, o treinamento é feito dentro da empresa, e por isso não há gasto de aluguel de espaço e locomoção. 

Por isso é tão importante fazer o levantamento de necessidade de treinamento antes de planejar o curso in company. 

Um bom planejamento e execução resulta na otimização de investimento, reduzindo de forma considerável os custos com a educação corporativa. Essa economiza pode ser de 30 a 40%, e isso é mais um motivo para fazer tudo bem organizado, pensando nas necessidades da empresa de forma precisa.

E aí, a sua empresa já realizou algum curso in company? Esses treinamentos ajudam a motivar os funcionários e melhorar a entrega da empresa. 

Esse é apenas um dos muitos diferenciais que a sua empresa pode ter, então continue acompanhando os nossos artigos e inscreva-se na nossa newsletter para saber mais.


Categorias