Endomarketing

Endomarketing: saiba porque a sua empresa precisa dele

Endomarketing é um conceito relativamente novo. Ele trata do uso de técnicas e ferramentas de marketing nas ações internas da empresa. O objetivo principal das ações do endomarketing é atingir os colaboradores. Um dos seus princípios é que as ações devem ocorrer de dentro para fora. Ou seja, elas devem atingir primeiramente o cerne da empresa para depois serem espalhadas.

Na prática, significa que as medidas implantadas devem explorar os recursos desta área para promover o envolvimento do público interno em torno dos objetivos dos negócios. A justificativa para esta abordagem é simples: é muito mais fácil convencer o consumidor final sobre os diferenciais de marca se seus valores já foram assimilados pelos empregados.

De acordo com os defensores do endomarketing, estas ações contribuem para motivar e comprometer os empregados. O engajamento cria uma imagem positiva da organização. Esta imagem é transferida para o exterior num segundo momento, especialmente para os consumidores. A suposição básica é que, ao informar o colaborador e fazê-lo sentir-se bem com a organização, será mais fácil criar uma opinião favorável no cliente externo.

Veja também: A comunicação institucional e o ensino a distância.

Endomarketing, uma nova estratégia administrativa

O desenvolvimento desta prática, que começa no início do século XXI. Ela representa a visão holística da administração e do marketing corporativo. É uma forma como as organizações têm se adaptado à crescente importância do capital humano nas empresas. As estratégias de negócios que tem o objetivo de abordar, seduzir e fidelizar os clientes tem acompanhado tal desenvolvimento.

Para especialistas na área, endomarketing é, acima de tudo, uma estratégia de relacionamento e gestão. Ela visa desenvolver uma mentalidade que sincronize o marketing externo e interno. A teoria por trás deste conceito é que para vender algo a um cliente, é importante vender aos colaboradores a ideia e a filosofia da empresa. Existem várias razões para colocar isso em prática. A principal delas é fazer com que todos falem a mesma linguagem e desenvolvam a mesma filosofia de trabalho.

Veja também: O que é mindfulness? Entenda hoje as suas práticas e benefícios.

O consumidor interno

Como o nome sugere, a empresa não tem apensa clientes que vem de fora. O primeiro cliente de qualquer corporação é seu colaborador. Esse desenvolvimento conceitual segue a direção estratégica da empresa. A diferença é que, neste caso, a fidelidade do cliente não é externa, mas interna.

Nesta abordagem, o cliente interno está diretamente ligado ao resultado do marketing. Ele aplica suas ações e medidas nos trabalhadores da organização. O objetivo não é puramente a venda de produtos ou serviços, mas sim alcançar maior lealdade, identificação e comprometimento das pessoas com as estratégias da empresa.

O endomarketing provoca também um sentimento de maior igualdade na hierarquia corporativa. Ele aposta na lealdade dos empregados para representar a empresa. A maneira de fazer isso é dar acesso de conhecimento de ferramentas para todos os níveis hierárquicos. Desta forma, todos possuem o conhecimento e cultura para representar a companhia. A identificação dos funcionários tem um impacto direto na produção, dedicação e imagem corporativa que projetam aos clientes.

É consenso que o cliente é o foco da atenção e da satisfação. Por isso, todos os que servem ou têm um relacionamento com eles devem estar preparados. Todos os colaboradores precisam agir e interagir de forma sincronizada com o consumidor final. Esta nova orientação para o interior da empresa faz com que se crie uma conexão entre a rede de colaboradores e o ciclo de compra do cliente. Estas ações contribuem para uma melhor experiência de consumo e uma maior fidelização.

Veja também: Microlearning: a ferramenta ideal para o treinamento corporativo.

Relação entre satisfação e lucro

Satisfação é uma métrica complicada de se obter. Isso não envolve somente o uso do produto ou serviço pelo consumidor final, mas todo o processo que ele percorre. Para isso, os departamentos de marketing tem se esforçado para trabalhar diferenciais e soluções únicas. Estas ações precisam ser capazes de agregar ainda mais valor a seus objetos de negócio. Porém, encontrar este diferencial está se tornando cada vez mais difícil. Conseguir trabalhar no sentido da exposição de tais soluções e da obtenção de lucro é, de fato, uma fonte de valor.

Todas as iniciativas de uma empresa nesta área devem ser na direção de começar a criar um terreno. Implementar melhorias e mudanças para então colher os frutos do investimento. Na base deste ciclo está o funcionário, sua satisfação com o trabalho, seu ambiente, sua capacidade de crescer, e com a sua capacidade de usar a criatividade em busca de inovações que trarão novos diferenciais.

O desafio é criar entusiasmo sobre o que torna o trabalho rentável e objetivo. O que move estes investimentos é melhorar o serviço da empresa, sua qualidade e rapidez. Através do serviço, conquistar clientes e manter aqueles que têm. Tudo isso a fim de aumentar os lucros e garantir o relacionamento futuro.

Funcionários satisfeitos resultam em clientes satisfeitos e fiéis. Clientes satisfeitos geram lucro e crescimento. Este é o conceito central da relação entre satisfação e lucro. O conceito foi desenvolvido na Universidade de Harvard, uma das mais conceituadas escolas de administração do mundo.

Esta perspectiva em relação ao papel dos colaboradores visa mantê-los como ferramentas de fidelização dos clientes. Marca também um avanço na visão integrada de posicionamento de marca, pois torna o trabalho mais consciente. Algo que pode ser desfrutado pelo marketing estratégico.

Veja também: E-learning corporativo: como melhorar meus processos?

Cliente interno x externo

Se os próprios funcionários de uma empresa não compram seus produtos, por que alguém de fora irá compra-los? Esta é a questão central que dita o caminho a ser percorrido pelo endomarketing. Tal método é uma espécie de ferramenta, que ajuda a trabalhar a questão dentro das empresas. Sua consistência e resultados são os fatores que aparecem ao público.

A ligação entre a satisfação do público interno e os resultados é perceptível basicamente porque são, geralmente, os colaboradores os responsáveis pelo contato da empresa com seu público. Com funcionários satisfeitos, trabalhando em conjunto e em harmonia com os valores da empresa, a capacidade de transmissão de mensagens positivas sobre o que se tenta vender é ampliada. Essa é uma forma de se passar uma garantia de satisfação ao consumidor, porque é esta experiência que o cliente persegue e deseja.

CTA Ebook produtividade

banner ebook produtividade


Categorias