exemplos-de-trade-marketing

Conheça 3 exemplos de trade marketing e comece a aumentar suas vendas

Você já ouviu falar ou conhece exemplos de trade marketing? Esse é um formato de planejamento que possui, como principal objetivo, adaptar todas as ações de marketing para a melhor forma de relacionamento com o cliente.

exemplos-acoes-trade-marketing

O que é trade marketing?

De maneira resumida, o trade marketing é uma técnica focada no canal de distribuição de um serviço ou produto. Na prática, ele transforma a ambição dos clientes em estratégias comerciais efetivas.

O objetivo? Alavancar as marcas e, é claro, conquistar o mercado – aumentando as suas vendas. Por fim, faz com que as empresas tenham maior lucro e os consumidores fiquem mais satisfeitos com aquilo que adquiriram – seja um serviço ou produto. Por isso, quando bem utilizado, o trade marketing traz resultados incríveis para as empresas.

Para saber um pouco mais sobre essa importante estratégia, conhecer exemplos de trade marketing nas empresas e aplicá-la na sua corporação, confira esse artigo com atenção.

– Se você se interessa pela área de vendas, pode complementar a leitura com o artigo: Saiba o que é cross selling e up selling e melhore suas vendas!

A importância da tecnologia nos PDVs do trade marketing

Normalmente, as ações de trade marketing são utilizadas por empresas que desejam melhorar suas vendas em seus PDVs – pontos de vendas. Ou seja, é o marketing feito nesse próprio canal de distribuição.

Esses canais são os supermercados, distribuidoras, atacadistas, farmácias, e grandes redes de vendas. O trade marketing também é o estudo que define qual o melhor posicionamento de um produto nesses pontos de venda.

Para chegar à conclusão de qual é a melhor estratégia de trade a ser usada, as empresas passaram a investir cada vez mais na tecnologia para auxiliar nesse processo.

Isso através de banco de dados, leitura de dados de vendas e de institutos de pesquisa que fazem monitoramentos e oferecem às corporações as informações sobre quem é o consumidor daquele PDV e o que ele busca comprar naquele local.

Além disso, a tecnologia também oferece recursos que ajudam a reduzir custos, coletar demais informações, evitar excesso de estoque, analisar a concorrência e monitorar as equipes.

O que faz um profissional de trade marketing?

O profissional de trade marketing é uma pessoa que entende – e muito – sobre o marketing como um todo. Sua função é elaborar as estratégias de trade e colocá-las em prática.

A partir dos dados coletados pelas tecnologias nos PDVs, o profissional decide qual produto deve ser comercializado em cada loja. Também define qual o preço compatível com o mercado, o que será necessário para fazer a distribuição dos produtos, entre outros.

Exemplos de ações de trade marketing

Para o profissional de trade marketing colocar em prática qualquer ação que envolva esse formato de estratégia, ele precisa ter conhecimento de quatro pontos cruciais. São eles:

  1. Qual a área de atuação da empresa;
  2. Qual o volume de vendas;
  3. Quais são as principais características da região;
  4. Qual é o público alvo daquela ação.

A partir de então é possível desenvolver e, por fim, colocar em prática as estratégias.

Veja também: Conheça o SPIN Selling, uma poderosa técnica de venda, e obtenha sucesso crescente.

Conhecendo alguns exemplos de trade marketing

Agora você já sabe qual é a teoria que envolve essa estratégia. Agora, é hora de conhecer a sua prática. Veja 3 dos principais exemplos de trade marketing para aplicar na sua empresa. Essas são as estratégias mais utilizadas atualmente dentro do mercado corporativo.

O tal do merchandising

Você com certeza já ouviu essa expressão. O merchandising é toda ação de marketing feita no ponto de venda. Aqui, estão incluídos as faixas, banners, panfletos, outdoors, flyers, cartões, entre outros. Ou seja: é aquilo que tem como objetivo destacar a marca frente às outras.

O merchandising auxilia na hora de o consumidor tomar a sua decisão final. Isso porque o cliente costuma levar sempre em consideração a parte visual da empresa. Por isso, investir nesse quesito é tão importante.

Cabe ao profissional de trade marketing pensar e oferecer propostas que irão fazer com que o produto ali apresentado se destaque dos demais.

Criação de demanda

Outro dos principais exemplos de trade marketing é atrair e criar situações de compra.

Como fazer isso? Oferecendo novos produtos, investindo em embalagens diferenciadas, entre outros. Alguns bons exemplos de trade marketing podem ser vistos quando as empresas oferecem:

  • degustação de seus produtos em importantes pontos de venda;
  • criam programas de fidelidade para seus clientes;
  • fazem promoções;
  • sorteios;
  • oferecem bônus nas compras, entre outros.

Ou seja: o objetivo dessa fase é criar soluções de compras. Encontrar consumidores que se interessem pela sua marca.

Para ter um bom resultado – e que seja mensurável – tenha um banco de dados. Assim, você poderá medir e fazer uma análise do que foi conquistado em cada uma dessas ações que são exemplos de trade marketing.

Dessa maneira, também saberá o que funciona, o que não funciona, quais seus melhores PDVs, entre outros.

Capacitação, envolvimento e desenvolvimento de profissionais

Para que os itens anteriores tenham sucesso é preciso contar com bons profissionais.

Para isso, a empresa deve treinar seus promotores. Cada um deve saber desempenhar com sucesso as suas funções. Por conseguinte, é importante saber quando é hora de repor o estoque, negociar melhores espaços para os produtos da marca serem disponibilizados, entre outros.

O engajamento, qualificação e desenvolvimento no treinamento de promotores de vendas é imprescindível para garantir uma boa gestão de produtos.

– Você também pode se interessar por: Melhore seus argumentos de vendas com nossas dicas.

Colocando em prática o trade marketing

Assim, agora que você sabe um pouco mais sobre essa estratégia de vendas e conhece bons exemplos de trade marketing, é hora de colocar em prática todo esse estudo.

Com isso, com certeza você notará um aumento nas vendas dos seus produtos, terá uma melhor relação com seus PDVs e, é claro, conseguirá fidelizar seus clientes antigos e conquistar um novo público.

CTA Consultoria

consultoria ead


Categorias