gamificação na educação

Gamificação na educação: uma poderosa ferramenta de engajamento

Manter os alunos estimulados e interessados é um dos principais desafios encontrados pelos educadores e instituições de ensino. Principalmente hoje, quando é necessário competir com a tecnologia. A gamificação na educação pode ser uma ferramenta muito interessante para usar os dispositivos eletrônicos à favor do ensino. Quer saber como? Continue lendo esse post do blog.

 

gamificação na educação

 

O que é gamificação?

Usar os recursos de games, como competição, socialização, rankeamento, premiações e desafios é a premissa da gamificação, em qualquer que seja a área aplicada. É usar a lógica de um jogo em um contexto que não seja pertencente a este ambiente.

A gamificação é uma forma de unir a tecnologia e a interação que já existe nas redes sociais e trazer esses hábitos tão presentes hoje. Também para o ambiente educacional e no processo pedagógico.

Como incluir a gamificação na educação

Use a gamificação em sala de aula ou em ambientes de educação à distância para estimular o aprendizado, prender a atenção do aluno ou ensinar algum tema mais complexo, trazendo-o para uma realidade com a qual o aluno já está familiarizado.

Veja também: Veja a importância de investir em Educação a Distância

Passe a encarar o celular, tablet ou computadores de outra forma, que não o vilão que rouba a atenção e produtividade, mas sim com um aliado às práticas escolares.

Para os alunos, também é uma forma muito interessante de adicionar informação e recursos ao ensino, fugindo do padrão engessado de ter aulas, que hoje em dia já não é mais suficiente para motivar e prender a atenção.

O retorno imediato oferecido por esse tipo de dinâmica é também muito estimulante para o aluno.

Se não é possível desenvolver algo específico e personalizado, aproveite recursos tecnológicos dos próprios aparelhos e aplicativos já existentes para criar um ambiente lúdico e estimulante.

Leia mais – Educação e tecnologia: combinação de benefícios

Para todas as idades

A tecnologia dos dispositivos móveis ainda não está ao alcance de toda a população, mas não faz distinção de idade. É claro que percebemos que as gerações mais novas têm uma facilidade incrível com um smartphone na mão, mas esse tipo de tecnologia já está extremamente difundida entre várias faixas etárias.

Por isso, não se prenda ao pensar que a gamificação na educação funcionaria apenas para ensinos a nível escolar primário, fundamental e médio. Esse recurso pode e deve ser explorado com adultos em diferentes tipos de cursos.

 

Tem alguma ideia diferente de como aplicar a gamificação na educação? A sua escola ou instituição de ensino já leva para o ambiente de aprendizado esse tipo de recurso? Conte para a gente nos comentários.

 

CTA Academia 1

academia eadbox


Categorias