integração de funcionários

Integração de funcionários: O que é e como fazer?

Quando a contratação de um novo funcionário é realizada, é natural que o mesmo e sinta um pouco retraído, como se estivesse a “pisar em ovos”. Isso acontece porque o colaborador ainda não conhece muito bem o ambiente em que está inserido e precisa se familiarizar e se sentir parte de algo. A integração de funcionários é a responsável por facilitar esta tarefa. Fazer com que o novo colaborador se sinta bem-vindo e entenda onde está, o que vai fazer também com que ele fique mais à vontade para compartilhar experiências com seus colegas de trabalho.

Por mais que você seja o gestor de uma grande ou pequena empresa, é preciso sim pensar na integração de funcionários. Talvez você nem tenha percebido, mas a desmotivação pode estar diretamente relacionada à falta de confiança na empresa. E essa falta de confiança pode ser resultado de um problema de integração.

Se você ainda não tinha percebido essa relação entre motivação e integração é hora de entender o que é a integração de funcionários e como você pode aplicá-la de forma eficiente na sua empresa:

integração de funcionários

O que é a integração de funcionários?

Segundo o dicionário, a palavra integrar significa passar a fazer parte de um grupo. Ou se sentir parte de alguma coisa. Então a integração de funcionários tem como principal objetivo fazer com que um novo colaborador se sinta parte da empresa.

É neste momento que a empresa tem a oportunidade de se apresentar ao recém contratado. Além de mostrar que ele é bem-vindo ali. Os objetivos e visões da empresa então são alinhados com os do colaborador para que ambos possam trabalhar juntos como aliados.

Durante a integração de novos funcionários ocorre também a oportunidade perfeita para apresentar o novo colaborador a seus colegas de trabalho.

O motivo? É nesse momento que se estabelece uma relação de confiança com o funcionário. A empresa o ajuda no relacionamento com seus colegas.

Como fazer uma integração de funcionários efetiva?

Parece simples fazer uma integração de novos funcionários, não é mesmo? Mas a verdade é que você vai precisar se dedicar e manter o foco em seus funcionários. A integração vai muito além de uma simples conversa. Seu principal objetivo é fazer com que alguém que acaba de chegar a um equipe se sinta aceito.

Para que isso aconteça é preciso então designar alguém que desempenhe a função de líder para ser o responsável pela tarefa. Além disso, essa pessoa deve ser atenciosa e transmitir da melhor forma possível os conhecimentos que o novo funcionário precisa ter.

Você se lembra da ideia de “se sentir à vontade”? Pois ela começa no responsável por conseguir este feito. Então muito cuidado ao escolher o profissional responsável pela integração.

Depois de selecionar a pessoa que irá se responsabilizar pela integração de funcionários é hora de determinar o que deverá ser exposto neste momento:

História e filosofia da empresa

O colaborador pode até ter estudado um pouco sobre sua empresa antes de ir para a entrevista. Ainda assim, há muito mais a ser ensinado. Sendo assim aborde um pouco da história e filosofia da empresa.

Dica: Aproveite o momento para destacar pontos fortes. Algo que irá instigar o funcionário a se identificar com o seu negócio.

Missão, visão e valores

A missão, visão e valores devem ser explicados também no momento da integração. É a sua oportunidade de mostrar ao funcionário o que você deseja e onde quer chegar.

Quanto mais alinhados estiverem os seus valores com os do funcionário, mais ele se sente parte de algo. Então mostre ao colaborador que ele foi contratado porque o RH ou o setor responsável pela contratação viu que ele pensa igual ou semelhante a empresa.

Infraestrutura

A integração de funcionários precisa abordar também tópicos mais básicos, mas que serão essenciais para o dia-a-dia do colaborador. Explique onde fica a cozinha e copa, se há café a disposição dos que ali trabalham, onde ficam os banheiros e também como são divididos os setores de trabalho.

É interessante que a infraestrutura seja abordada não apenas em um treinamento de integração como também em um tour presencial pela empresa.

Dica: Ao final da parte teórica do treinamento de integração, leve os novos funcionários para conhecer rapidamente cada espaço que foi ali citado.

Estrutura organizacional

Todos os funcionários precisam entender como funciona a hierarquia da empresa para a qual trabalham. A quem é preciso se retratar? Quem são seus subordinados? E seus superiores?

Essa é também uma oportunidade de apresentar o colaborador a seus colegas. Assim ele irá saber quem trabalha em funções semelhantes, quem são seus superiores e até mesmo se ele é responsável por alguém, um estagiário, por exemplo.

Apresentação da função a ser desenvolvida

Como você já sabe, é preciso fazer com que o funcionário se sinta parte da sua empresa. E para que isso aconteça ele precisa entender qual será sua função e que atividades irá desempenhar.

A integração de funcionários é responsável também por esta tarefa. O gestor ou líder de equipe pode apresentar o cargo e ajudar com a prática ou designar essa tarefa a alguém que já cumpre esta função.

Formas de avaliação de desempenho

Toda empresa trabalha com métodos de avaliação de desempenho de seus funcionários. Assim que entra uma nova pessoa para o quadro de colaboradores, ela precisa ser informada sobre isso.

Ela é avaliada através de treinamentos? Ou recebe um feedback após terminar algo que ficou sob sua responsabilidade?

Ao saber como funcionam as avaliações o funcionário passa a entender mais sobre o que a empresa quer dele. Como resultado disso ele percebe que ambos estão trabalhando para crescer em conjunto.

Mas porque explicar sobre formas de avaliação logo no treinamento de integração de funcionários? Simples, para que o mesmo sinta que uma cobrança ou chamada de atenção não é uma perseguição por ele ser novo na empresa. Mas sim algo que está contribuindo para seu crescimento como profissional.

Conclusão

A integração de funcionários é algo que deve fazer parte da rotina de todas as empresas. Inclusive é possível fazer uso de uma plataforma EAD para disponibilizar parte do conteúdo desta integração e assim economizar tempo.

Lembre-se que seu principal objetivo é fazer com que o novo colaborador se sinta à vontade e bem recebido por sua empresa.

CTA Ebook turnover

EBOOK-TURNOVER


Categorias