O que é SCORM

Entenda o que é SCORM, suas Vantagens e Desvantagens

Você sabe o que é SCORM?

Ao pé da letra, SCORM é a sigla de Sharable Content Object Reference Model.

Na prática é simples entender o que é SCORM.

SCORM é uma padronização técnica para garantir a correta comunicação entre cursos on-line e diferentes plataformas gerenciadoras, os LMS (Learning Management System).

Agora que você entendeu melhor o que é SCORM, vamos nos aprofunda mais nesse assunto para que você saiba como usar SCORM em seus cursos online.

O que é SCORM em termos de vantagens e desvantagens:

Confira mais detalhes e pese os prós e os contras de usar o padrão SCORM:

Vantagens do padrão SCORM

1- Possibilita a integração de objetos de aprendizado de fontes diversas em um ambiente comum.

Essa é a maior vantagem do SCORM que consiste no aproveitamento de cursos de fontes e formatos diversos dentro de um único LMS.

Isso é conseguido através da API geral e um formato de distribuição comuns que o SCORM fornece aos cursos, permitindo que estes registrem e recuperem seus dados de maneira relativamente genérica tornando-os auto-configuráveis e extensíveis.

2- Fornece um modelo de dados comum.

Esse modelo de dados fornece benefícios tanto para os cursos, que podem ser desenvolvidos de maneira independente do LMS a que destinam.

Assim, LMS pode obter dados dos objetos de aprendizado de maneira uniforme.

3- Fornece uma maneira comum de empacotamento de conteúdo.

Isso facilita a distribuição de cursos, já que os dados podem ser empacotados da maneira que for mais conveniente para o seu criador.

Eles são descritos em um manifesto que especifica como deve ser usado e deixa ampla liberdade para os implementadores.

Veja mais: Como o SCORM Pode te Ajudar em seu Projeto EaD?

Desvantagens padrão SCORM

1- O padrão é relativamente imaturo.

Embora já esteja em sua segunda revisão (1.2), as mudanças entre essas revisões mostram que ele ainda não atingiu uma forma estável.

As mudanças projetadas para as próximas revisões e versões também ressaltam essa instabilidade.

Essa instabilidade implica na possibilidade de mudanças drásticas que invalidem o investimento no SCORM em um determinado período.

Essa situação compara-se, em parte, à implementação do padrão XSL que mudou drasticamente entre os rascunhos iniciais e a versão final.

Uma área em que a imaturidade do padrão SCORM é revelada de maneira mais gritante é na parte de navegação entre os módulos.

A versão 1.2 não implementa nenhuma forma de navegação ou tratamento da seqüência de administração de um curso.

2- O padrão é totalmente baseado em um ambiente Web (leia-se navegador).

Essa limitação força uma dependência em certas condições e tecnologias que impedem, de certa forma, a criação de soluções mais sofisticadas.

Um exemplo desse problema é a dependência de uma API baseada em JavaScript.

Isso impede que o padrão seja usado em locais onde essa API não possa existir dessa forma, a não ser que uma integração com um interpretador JavaScript seja desenvolvida.

Além disso, pela própria necessidade de garantir o máximo de compatibilidade entre plataformas, os formatos de arquivos que podem ser usados em um curso ficam restritos ao menor denominador comum (HTML e Flash em geral) e o uso de tecnologias do lado servidor é efetivamente impossível.

3- O padrão coloca um ênfase muito grande no lado cliente dos objetos de aprendizado (pelo próprio modo como foi formulado).

Dois problemas resultam desse fato:

  • O primeiro é a possibilidade de brechas na segurança das aplicações.
  • O segundo é a limitação da integração de recursos do lado servidor já que os objetos de aprendizado devem ser independentes do LMS onde serão usados.

4- O padrão apresenta uma dependência da tecnologia atual que pode desaparecer ou ser substituída nos próximos anos.

Há, inclusive, problemas atuais com a combinação tecnológica usada.

A API precisa se comunicar com o servidor e não existe uma maneira comum de fazer isso.

Tornar-se necessário recorrer a múltiplos mecanismos, o que complica e enfraquece a implementação.

5- A segurança da API só pode ser garantida de maneira limitada já que precisa ser acessada pelo navegador e pode ser manipulada externamente por consequência.

Embora o padrão possua provisões incipientes para atividades e avaliações que requerem registro, o fato de serem primariamente baseadas no lado cliente levanta uma série de questões e problemas quanto à segurança, transporte dos dados e fraudes.

Essas provisões para avaliações são extremamente limitadas.

Não há indicação quanto a serem tratadas em versões próximas do padrão SCORM.

Além disso, a necessidade de usar uma API que é visível pelo navegador, torna o tráfego das informações existentes em uma avaliação muito vulnerável à manipulação.

Embora aparentemente apresente mais desvantagens do que vantagens, a implementação do padrão SCORM possui amplos benefícios para um LMS.

Agora que você viu como usar SCORM, lembre-se que as dificuldades podem ser resolvidas com algumas concessões.

E embora impliquem em limitações na realização de determinados cursos, não tornam o investimento nulo.

Só a primeira vantagem acima já mais do que compensa todo o investimento para muitas empresas.


Categorias