otimizar o processo de recrutamento

7 dicas para otimizar o processo de recrutamento e seleção dentro da sua empresa

Você sabe a importância de otimizar o processo de recrutamento para a sua empresa? É essencial compreender as vantagens de investir em ações que garantem a qualidade e assertividade na seleção de funcionários. Então, entenda melhor como otimizar o processo de recrutamento e passe a contar com equipes com menor rotatividade, maior produtividade, engajamento e motivação.

Primeiramente, é essencial ressaltar que toda empresa possui um processo de seleção e recrutamento. Assim, saber como investir de forma certeira nessa área é uma questão fundamental para instituições que desejam acertar nas suas contratações. Isso porque fazer a contratação de um funcionário vai muito além de observar e analisar aquilo que está escrito em seu currículo. Afinal, de nada adianta selecionar um funcionário que tem o melhor currículo, porém, que não possui o fit cultural da empresa.

– Complemente a leitura: Saiba como fazer a análise do fit cultural de um candidato

Se você deseja economizar tempo e dinheiro, confira nossas dicas para otimizar o processo de recrutamento e seleção e passe a contar com um time ideal para o crescimento da sua empresa.

otimizar o processo de recrutamento

7 dicas para otimizar o processo de recrutamento e seleção

1. Saiba exatamente o que você procura

Só é possível acertar na seleção de um candidato quando você sabe exatamente aquilo que está procurando. Para isso, é fundamental que o recrutador tenha em mãos a descrição exata do cargo, habilidades e competências necessárias para desenvolver aquela função.

Essa definição deve ser feita entre os gestores das áreas em paralelo com o time de gestão de talentos das empresas.

2. Divulgue exatamente o que você vai oferecer

Após saber exatamente qual é o perfil de candidato que você procura, é essencial deixar claro o que você irá oferecer para ele. Ou seja:

  • Qual é o cargo? É sênior, pleno, júnior, nível de assistente?
  • Quais serão as atividades que devem ser realizadas no dia a dia do profissional?
  • Qual é o salário oferecido e os benefícios da contratação? Há auxílios extras, como Vale Alimentação, plano de saúde, investimento em cursos externos entre outros?
  • Qual é a carga horária do trabalho?
  • O profissional vai viajar a trabalho? É preciso que ele tenha essa disponibilidade?
  • É preciso que o candidato tenha proficiência em algum outro idioma?
  • É necessário ter conhecimentos específicos ou experiência em alguma área?  

Essas informações devem estar claras para o recrutador e para os candidatos. Assim, será mais fácil filtrar por aqueles profissionais que estejam realmente de acordo com as necessidades da empresa.

– Você pode se interessar por: Saiba como elaborar uma descrição de cargos

3. Tenha um processo-padrão de recrutamento

Para otimizar o processo de recrutamento e seleção também é importante definir um padrão para essa ação. Ou seja: quais serão as metodologias usadas para efetivar a contratação. Aqui é importante que a empresa defina de antemão as fases e/ou etapas que serão realizadas para a contratação.

Podem ser feitas dinâmicas de grupo, avaliações individuais, testes de habilidade, entrevista entre outros. Esse processo definido vai fazer com que a instituição tenha agilidade e imparcialidade na contratação. Ainda, faz com que seja analisado mais do que o currículo do profissional e acaba sendo o momento para conhecer de maneira efetiva o seu candidato.

4. Busque indicações dentro da sua própria empresa

Antes de partir para a busca externa, uma dica importante para as empresas acertarem no recrutamento é: busque em seus próprios talentos. Eles também devem passar pelo processo-padrão de seleção, definido anteriormente. Porém, por já fazerem parte do seu time, é possível que já tenham o fit cultural da empresa e estejam prontos para mudar de área.

Os profissionais da sua empresa também podem indicar outros candidatos para passarem pelas etapas de recrutamento e seleção. Essa ação faz com que as chances de comprometimento e bom desempenho do candidato aumentem. Isso porque a pessoa da sua equipe não quer “se queimar”. Assim sendo, ela não vai indicar uma pessoa que não seja de confiança ou que não se encaixe com a cultura da empresa. Dessa forma, a indicação será de uma pessoa que tem a ver com a organização e pode ser um acréscimo para o seu time.

Porém, lembramos aqui que todos os candidatos devem passar pelas mesmas etapas de seleção e recrutamento. Sejam colaboradores que desejam tentar um novo cargo, profissionais indicados por conhecidos ou aqueles que chegaram até a sua empresa de maneira orgânica.

5. Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia pode ser uma grande aliada na hora de otimizar o processo de recrutamento e seleção dentro da sua empresa. Assim, algumas ações que podem ser agilizadas e organizadas por meio de ferramentas tecnológicas são:

  • O recebimento dos currículos;
  • Agendamento de entrevistas;
  • Envio de feedback e demais informações sobre as etapas de seleção;
  • Avaliar e anotar informações sobre o desenvolvimento do candidato no processo de recrutamento;
  • Solução de possíveis dúvidas que possam ser enviadas pelos candidatos entre outros.

Entenda e tecnologia como uma ferramenta poderosa para otimizar o processo de recrutamento e seleção.

– Veja também: Recrutamento e seleção de pessoas: melhore a sua hoje através do EAD

6. Divulgue as vagas de maneira correta

Outra ação que é potencializada pela tecnologia é a divulgação das vagas. Utilize as ferramentas e plataformas oferecidas para publicar sobre o processo de recrutamento e seleção. O LinkedIn, por exemplo, é um excelente canal para publicar sobre assuntos profissionais. Por ali, é possível conferir o currículo atualizado dos profissionais, os interesses e se estão em busca de emprego.

O Facebook também pode ser utilizado para a divulgação de vagas. É possível postá-las de maneira pública em sua própria linha do tempo e/ou fazer uma postagem na página da empresa. Também, existe uma infinidade de grupos que podem ser relevantes para a sua organização. Por isso: não deixe de publicar também nesse canal.

7. Tenha um banco de dados atualizados

A tecnologia também funciona como uma excelente aliada nessa etapa. Afinal, auxilia a empresa a contar com um banco de dados digitalizado, atualizado e sempre à disposição.

Aqui, é importante separar um local para o recebimento de currículos e também contar com informações detalhadas sobre os seus colaboradores e suas respectivas evoluções de cargos. Isso vai auxiliar você a otimizar o processo de recrutamento e seleção.

O banco de dados também auxilia a anotar as principais características de cada profissional, seus pontos fortes e fracos e muito mais. Assim, essas habilidades podem ser o fator decisivo na hora de promover ou contratar um novo membro para a sua equipe.

Pronto para otimizar o processo de recrutamento e seleção dentro da sua empresa?

Chegou a hora de colocar em prática essas nossas 7 dicas para melhorar de vez o processo de recrutamento da sua empresa! Conhece outras boas ações que potencializam esse resultado? Então deixe seu comentário!

CTA Ebook turnover

EBOOK-TURNOVER


Categorias