soft skills

Saiba o que são soft skills e como desenvolvê-las

Para conquistar e, principalmente, manter um bom emprego, é preciso desenvolver certas habilidades. Aqui, estão incluídas tanto as características técnicas quanto às competências pessoais. Essas duas separações podem ser chamadas de hard skills e soft skills.

Para o bom desempenho, espera-se que o colaborador tenha um equilíbrio entre esses dois formatos de habilidade. Para entender um pouco mais sobre eles – e como desenvolver principalmente as soft skills, escrevemos esse artigo. Confira.

– Veja também: Entenda a importância do desenvolvimento de pessoas nas organizações

soft skills

Qual o significado de skills?

Ao pé da letra, skills realmente significa “habilidades”. Dentro dessa grande categoria de habilidades, esmiuçamos as hard skills e as soft skills – assim como a importância delas para a personalidade de uma pessoa.

Hard skills:

Essas são as competências técnicas e objetivas. Para adquiri-las é necessário um treinamento específico. São necessárias para desenvolver cargos específicos em uma profissão.

Normalmente, em um anúncio de emprego, o que se observa são as exigências por hard skills. São conhecimentos técnicos que o profissional tem ou não. Alguns exemplos são:

  • Conhecimento sobre programas ou softwares específicos – como os “Pacote Adobe” e o “Microsoft Office”, por exemplo;
  • Domínio de idiomas diferentes;
  • Pós-graduação, mestrado ou doutorado em algum assunto específico.
  • Ou seja: são características extremamente objetivas e exclusivas para o cargo em que se deseja trabalhar.

Soft skills:

Completamente diferente das hard skills, as soft skills são atributos e competências pessoais. Ajudam cada pessoa a refinar suas interações com os outros e com o mundo ao seu redor. Não são características técnicas ou específicas.

Não serão “oficialmente” exigidas na hora de uma contratação, por exemplo. Porém, são extremamente valiosas para tornar a vida mais positiva. Por serem capacidades mais subjetivas, são mais difíceis de serem treinadas e medidas.

Alguns exemplos claros e fáceis de ser entendidos de soft skills são:

  • Saber trabalhar bem em equipe;
  • Ter uma boa oratória, postura e falar bem em público;
  • Possuir uma boa comunicação verbal, com assertividade, persuasão, objetividade, carisma e liderança;
  • Ser um bom gestor. Saber lidar com cargos de liderança, compartilhar ensinamentos, engajar e ajudar aos outros;
  • Criatividade e atitude positiva;
  • Ter flexibilidade. Ou seja: saber se adaptar às mudanças;
  • Saber trabalhar sob pressão sem deixar que o estresse tome o controle.

Ou seja: essas são características desejáveis em uma pessoa, mas são extremamente pessoais. Podem, sim, ser desenvolvidas e melhoradas, mas exigem muita vontade e esforço. Porém, as recompensas são válidas.

– Complemente a leitura com: 4 dicas de desenvolvimento pessoal para começar o seu agora

Desenvolvendo as soft skills

Em um contexto geral, é comum dizer que: as hard skills conquistam uma entrevista de emprego; as soft skills garantem essa vaga. O melhor candidato é aquele que unir o maior leque de soft e hard skills.

As soft skills estão relacionadas com hábitos de comportamento. Por isso, para treiná-las, é preciso dedicação contínua. Algumas dicas para desenvolver essas competências, são:

1. Conheça a si mesmo muito bem

Assim, saberá controlar e administrar suas emoções, assim como saberá lidar com o estresse. Caso aconteça algo negativo, saberá como reagir sem exagero – e, mais do que isso, oferecendo soluções plausíveis.

Saiba o que te relaxa e o que te acalma e mantém focado. Transpareça o autoconhecimento por meio de ações e fala – assim, outras pessoas perceberão as vantagens desse autoconhecimento e também trabalharão para chegar nesse ponto. Inspire os outros por meio das tuas atitudes.

2. Gerencie e controle o seu tempo com maestria

Organize o que precisa ser feito por ordem de prioridade. O que pode ajudar nesse processo é fazer uma lista e olhar para ela, assim saberá o que é mais importante. Essa atitude auxilia a diminuir a ansiedade, além de você ter um maior conhecimento sobre quanto tempo demora para realizar cada tarefa. Aproveite para sugerir essa ação para os outros colaboradores também.

3. Feedback e comunicação são muito importantes

Gostou de algo? Fale. Não gostou? Fale também. É claro, de forma construtiva. Incentivar a comunicação e o feedback entre as pessoas – independentemente de serem familiares, colegas de trabalho, amigos, etc, – é de extrema importância para melhorar os relacionamentos e saber o que pode ser melhorado em si mesmo. Use os comentários e críticas para aprimorar as suas habilidades de soft skills.

Você tem feito algo para melhorar as suas soft skills? Quais são seus métodos preferidos? Compartilhe conosco!

CTA Produtividade

banner ebook produtividade


Categorias