aprendizagem nas organizações

A aprendizagem nas organizações: o que é e como implantar

Aprender é necessário para o desenvolvimento de qualquer pessoa. Nas empresas não é diferente. A aprendizagem nas organizações deixou de ser fator facultativo e passou a ter valor essencial para as instituições. Só assim é possível crescer e conquistar seu espaço no mercado.

Hoje, além dos estudos tradicionais, as empresas também assumem um papel importante na educação dos profissionais. Esse modelo híbrido serve principalmente para diminuir a diferença que existe entre o mercado de trabalho e a formação escolar. Ou seja: contar com profissionais muito capazes na teoria, mas com pouca prática de trabalho efetivo.

Investindo nessa forma de aprendizagem, é possível contar com colaboradores mais capacitados e atualizados no mercado. No final, todos saem no lucro.

Leia também: Saiba o que é educação corporativa e entenda sua importância

aprendizagem nas organizações

Como funciona a aprendizagem nas empresas?

A aprendizagem nas organizações é a união de vários conhecimentos formais e informais. Isso porque muito se aprende no ambiente de trabalho. E não estamos falando de aulas, cursos ou treinamentos. A maior parte do aprendizado se dá nas situações cotidianas, informais.

Unindo o acúmulo de experiências, utilizando colegas e líderes como exemplo e trocando informações, muito é assimilado. É dessa forma de requerimento de conhecimento que estamos falando.

Apesar de existirem inúmeras formas de absorver novas informações, as principais formas de implantar a aprendizagem nas organizações são:

1. Por meio das experiências profissionais

Somando experiências positivas e negativas, o profissional tem material para analisar seus erros e pensar melhor nas próximas ações. Assim, também pode criar estratégias para evitar cometer os mesmos erros – e focar em melhores resultados.

2. Assimilando as atitudes e ações dos líderes

Essa forma de aprendizagem nas organizações acontece por meio de exemplos, ensinamentos, experiências e atitudes que os líderes transmitem para os colaboradores. Essas informações e ações podem ser compartilhadas por meio de simples conversas, incentivo à leituras, sugestão de cursos/treinamentos, entre outros. Por isso é tão importante a forma a qual um gestor se comporta na empresa: ele é exemplo para os colaboradores no âmbito pessoal e profissional. Está sempre sendo observado.

3. A cultura organizacional

Ao ser contratado, o colaborador deve estar ciente de qual é a cultura da empresa. Nela, estão inclusas a visão a missão e os valores da instituição. Essas normas devem ser relembradas e colocadas em prática por todos no dia-a-dia da empresa. Assim, se tornarão intrínsecas e estarão presentes nas ações cotidianas ali realizadas. Ou seja: essa forma de aprendizagem se dá por meio da interação com a cultura da empresa.

4. Observando e conhecendo a empresa

Muito se aprende quando se observa com atenção. Aqui, o colaborador deve ter uma visão geral da instituição e conhecê-la a fundo. Para isso não é necessário nenhum treinamento ou curso, mas sim a atenção voltada à companhia. Não se deve olhar cada setor de forma isolada, mas sim a instituição como um todo. Assim, passa a ter a capacidade de enxergar possíveis problemas e oferecer soluções que, até então, não tinham sido encontradas.

5. Aprendendo de forma prática

O aprendizado que acontece no dia-a-dia, com as tarefas a serem realizadas dentro da rotina do colaborador, também geram conhecimento e experiências. Após conhecer sobre a teoria do que deve ser feito, o profissional coloca em prática esse aprendizado. É um desenvolvimento contínuo, afinal, cada dia se adquire mais experiência.

6. Compartilhando com o grupo

Compartilhar informações e experiências com o grupo resultam em aprendizagem. Cada profissional possui suas particularidades e conhecimentos e, quando esses são partilhados com os outros, podem servir como inspiração e/ou demais formas de aprendizado.

Complemente a leitura: Descubra porque empresas que investem em educação corporativa se destacam

Investindo na aprendizagem nas organizações

Uma empresa que não investe na aprendizagem organizacional é deixada para trás. Para implantar de forma definitiva e vitoriosa esse processo contínuo, é preciso que haja um esforço dos gestores. Isso porque, assim como eles são exemplo para os colaboradores, cabe a eles difundir essa importância – e também fazer parte desse processo. Ao liderar por exemplo, terão maior engajamento dos colaboradores.

A sua empresa investe nesse formato de aprendizagem? O que pode ser melhorado? Compartilhe nos comentários a sua opinião sobre o assunto.

CTA Academia 1

academia eadbox


Categorias